V - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Beatos & Santos > Santos > V

SANTOS

  1. • Valdeberto (?, ? - ?, ?) - Abade - 02/05
  2. • Valdomiro (?, ? - ?, ?) - 27/02
  3. • Valente (?, ? - ?, ?) - 21/05
  4. • Valentim* (?, ? - ?, ?) - Juntamente com São Valentim de Terni - ??/??
  5. • Valentim (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/01
  6. • Valentim (?, ? - Séc. III, Roma) - Sacerdote e mártis - 14/02 Nasceu em local e data não identificados por nós. Existe uma dúvida se são dois santos com o mesmo nome por parte de muitos pesquisadores ou apenas um, no entanto o Martirológio Romano consta a comemoração no mesmo dia de dois santos com o nome Valentim. Sabe-se muito pouco sobre sua vida, era um sacerdote que vivia em Roma. Faleceu martirizado, na Via Flamínia, em Roma, no séc. III.
  7. • Valentim (?, ? - ?, ?) - Bispo e mártis - 14/02 Nasceu em local e data não identificados por nós. Existe uma dúvida se são dois santos com o mesmo nome por parte de muitos pesquisadores ou apenas um, no entanto o Martirológio Romano consta a comemoração no mesmo dia de dois santos com o nome Valentim. Sabe-se muito pouco sobre sua vida, era um bispo de Terni, atual Itália. Faleceu martirizado, em Roma, no séc. III.
  8. • Valentim Bechio Ochoa (?, ? - ?, ?) - Mártir no Vietnã - 24/11
  9. • Valentim de Terni (?, ? - ?, ?) - Juntamente com São Valentim* - ??/??
  10. • Valenzião (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Pasicrates - 26/04
  11. • Valeriano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com ncompanheiros - 15/12
  12. • Valerico (?, ? - ?, ?) - Bispo - 01/04
  13. • Valério (séc- VI, França - 619, França) - 01/04 Nasceu em Alvérnia, na França, na segunda metade do séc. VI. Fez parte de uma família humilde, por esta razão não teve o estudo adequado. Mais tarde precisando trabalhar foi pastor de rebanhos. Ainda bem jovem Valério solicitou e foi aceito no Mosteiro Beneditino de Issoire. Após algum tempo muda-se para o Mosteiro de São Columbano, em Auxerre dedicando-se á oração e contemplação. Neste local permaneceu até o ano de 594, quando ingressa no Mosteiro de Luxeuil. No ano de 613, parte para Leuconay e durante sua viagem salva a vida de um camponês, que por ser proprietário de terras seria enforcado. Valério se ofereceu no lugar daquele que seria enforcado e disse aos carrascos que o poder da morte pertencia apenas a Deus. O camponês foi liberto bem como Valério. Algum tempo depois de chegar naquela localidade funda um Convento. Foi o dirigente máximo do próprio convento e lá formou muitos novos monges. Faleceu na França, naquele local abençoado por Deus Pai e Filho, no ano 619.
  14. • Valério (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Máximo e São Tibúrcio * - 14/04
  15. • Valério* (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Rufino - 14/06
  16. • Valério de Treviri (Séc-II ou III - Séc-II ou III?) - 29/01 Nasceu em local não identificado por nós, no século II ou III. Não há muito sobre Valério de Treviri, mas é sabido que ele pregou na antiga Roma e que através de seus pedidos muitos milagres foram registrados. Foi Bispo de Treviri. Em sonho foi informado que chegara a hora de ir para o reino do Céu. Faleceu em local não identificado por nós, no dia 29 de janeiro, no séc. II ou III.
  17. • Valério (?, Espanha - VII, Espanha) - Monge ermitão - 25/02 Nasceu em Astorga, Leão, Espanha, em data não identificada por nós. Frequentou boas escolas, por essa razão teve boa formação. Passou a viver como ermitão em sua terra natal. Mais tarde mudou-se para Ponferrada, num velho mosteiro de São Pedro de Montes, Espanha. Naquele local passou a viver em uma pequena ermida. Apesar do isolamento muitos o procuravam para pedir orientações, ajuda espiritual e conselhos. Escreveu vários testos com qualidade. Faleceu em Ponferrada, Espanha, no séc. VII.
  18. • Valfredo (?, ? - ?, ?) - Abade - 15/02
  19. • Valteno (?, ? - ?, ?) - Abade - 03/08
  20. • Valter de I'Esterp (?, ? - ?, ?) - Abade - 11/05
  21. • Válter Pontoise (?, ? - ?, ?) - Abade - 08/04
  22. • Vandregesélio (?, ? - ?, ?) - Abade - 22/07
  23. • Vaningo (?, ? - ?, ?) - 09/01
  24. • Venâncio (?, ? - ?, ?) - 13/10

  25. • Venâncio Fortunato (?, ? - 600, ?) - Bispo - 14/12 Nasceu em Treviso, atual Itália, em data não identificada por nós. Seu nome de batismo era Venâncio Honório Clemente Fortunato. Teve bons estudos em Ravena, atual Itália, em academia fundada por Teodorico (Santo). Gostava de escrever e era grande poeta. Fortunato tinha problema de visão e fez uma promessa de visitar a tumba de São Martinho de Tours, sua visão melhorou então a cumpriu. Mudou-se para Poitiers, na França, onde viveu como bispo. Faleceu em Poitiers, na França, no ano 600.
  26. • Venceslau (907, Boêmia, atual República Tcheca - 929, Boêmia) - Mártir - 28/09 Nasceu na Boêmia, atual República Tcheca, no ano 907. Foi educado pela avó, paterna, Ludmila na Fé Cristã, pois sua mãe o desprezava. Quando o rei Wratislau ficou muito doente, chamou o filho Venceslau e o transformou em herdeiro direto do trono. Sua esposa Draomira queria ser ela a monarca ou no pior das hipóteses o seu outro filho é que deveria ser o herdeiro. Sua mãe então passou a tramar contra a vida do próprio filho, mas na frente dele nada demonstrava. Revoltada tramou e executou a tomada do poder a força, destituindo o filho. No poder ordenou uma perseguição violenta contra os Cristãos, mas sua atitude não agradou ao povo que obrigou aos líderes das províncias agirem. Estes numa ação conjunta retomaram o poder e o entregaram a seu verdadeiro herdeiro. Draomira prometeu vingança. Venceslau ordena o fim da perseguição aos Cristãos. Draomira então contratou assassinos para matarem Ludmila. A senhora nada pode fazer para impedir a vontade da megera. Foi assassinada enquanto rezava, os assassinos pegaram o véu que cobria a cabeça de Ludmila e com ele foi enforcada. Enquanto isso, mais precavido, Venceslau prestava assistência aos pobres, necessitados, doentes, abandonados, órfãos, muitas vezes pessoalmente. Esta sua atitude enfurecia cada vez mais sua mãe e sua ganância. Estas ações pessoais do rei lhe trouxeram respeito e popularidade, pois assistia às Missas junto com ele. O duque de Radislau era um forte opositor de Venceslau e aliado de sua mãe. Orientado provavelmente por ela organizou uma ação militar, mas quando Venceslau soube de imediato procurou o duque e lhe propos uma luta entre os dois, evitando desta forma a morte de inocente. No momento da luta, quando ainda estavam se preparando Radislau, sobre seu cavalo atacou com sua lança Venceslau e o feriu mortalmente. Naquele mesmo instante dois Anjos do Senhor impediram o prosseguimento do ataque. Assustado Radislau caiu de seu cavalo. No chão percebeu que acabara de cometer um grande erro. Começou a se levantar e pedindo perdão, prometeu fidelidade ao rei. Logo após, os Anjos curam o rei Venceslau. Draomira e seu filho Boleslau ficaram furiosos, pois a intervenção divina atrapalhou seus planos diabólicos. Os dois tramaram então outra ação, pois o duque se convertera. No dia 28 de setembro de 929 Venceslau promoveu uma festa pelo Batizado de seu sobrinho. Durante a festa retirou-se e dirigindo a Capela foi rezar e sem sua segurança. Draomira chama o filho Boleslau e indica que o filho estava só rezando. Boleslau não pensou, pegou um punhal e sorrateiramente foi até a Capela. Venceslau estava ajoelhado orando em frente do altar-mor. Faleceu na Boêmia, martirizado, apunhalado pelas costas pelo próprio irmão, no dia 28 de setembro de 929. Mãe e filho não puderam assumir o trono, pois ela faleceu tragicamente dias depois e Boleslau foi preso e condenado pelo imperador Oton I.
  27. • Venério (?, ? - ?, ?) - Bispo - 04/05
  28. • Verano (?, ? - ?, ?) - 11/11
  29. • Veremundo (?, ? - ?, ?) - Abade - 08/03
  30. Viator
    (Séc. IV, ? - ?391, Egito) - Bispo , Seguidor de São
    Justo de Lion (Lião)
    Nasceu em local não identificado por nós, no início do séc. IV. Sabe-se que foi um grande amigo de São Justo de Lion, que foge para o Egito, como amigo Viator, também santo, segue o para o Egito No Egito passaram a viver no isolamento como penitência pela morte daquele ser humano. Faleceu no Egito, por volta do ano 391. A população de Lion descobriu seu paradeiro e o motivo da fuga e trouxeram de volta os seus restos mortais.
  31. • Vicelino (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/12

  1. • Vicente (?, ? - 258, Itália) - Mártir - 07/08 Nasceu em local e data não identificada por nós. Era diácono e auxiliar do Papa Sixto II, eleito em 257. Nesta época Valeriano praticava uma violenta perseguição aos Católicos e por essa razão as Missas ocorriam as escondidas. Foi durante uma destas Missas, no cemitério da Via Ápia que ele e seus companheiros foram presos e ali mesmo martirizados. Faleceram em Roma, martirizados, no mês de setembro de 258. São eles os mortos: Agapito, Felicíssimo, Janeiro, Magno, Vicente e Estevãos, todos Santos, além do Papa Sisto II, que teve um pontificado de apenas um ano.
  2. • Vicente* (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Ramiro e companheiros - 11/09
  3. • Vicente* (?, ? - ?, ?) - Mártir em Ávila juntamente com Santa Sabina e Santa Cristela - 27/10
  4. • Vicente da Cruz (?, ? - ?, ?) - Mártir no Japão - 28/09
  5. • Vicente da Espanha (?, Espanha - ?, Espanha) - 22/01
  6. • Vicente de Agen (?, ? - ?, ?) - Mártir - 09/07
  7. • Vicente de Lerins (?, França/Bélgica - 450, França/Bélgica) - 24/05 Nasceu provavelmente na França ou Bélgica, em data não identificada por nós. Algumas poucas informações indicam que ele era soldado romano antes de se tornar padre. Sabe-se que ele viveu e foi ordenado padre no Mosteiro de Lerins, no séc. V. Este Mosteiro ficava num território que pertencia a França, mas que hoje faz parte do território da Bélgica. Foi um excelente teólogo, escritor e teve um papel importantíssimo na reforma do Mosteiro, organizada por ele próprio. Em 434 apresenta sua obra "Commnitoriun", a mais famosa dentre todas. Aprofundou-se nos estudos da Bíblia e tornou-se um profundo conhecedor e interprete da Sagrada Escritura. Na sua principal obra é dirigida aos hereges, uma forma de adverti-los. Por esta tornou-se muito respeitado. Faleceu na França  ou na Bélgica, no Mosteiro onde sempre viveu, no ano 450.
  8. • Vicente de Paulo (1581, França - 1660, França) - 27/09 Nasceu Pouy, na França, no dia 24 de abril de 1581. Nasceu numa família humilde e por esta razão teve que trabalhar bem cedo. Tomando conta de porcos. Ainda bem jovem ingressou na vida religiosa. Durante seus estudos, mantido por um advogado, dava aulas particulares para poder se manter. Quando tinha 19 anos de idade foi ordenado sacerdote. Pouco tempo depois, durante uma viagem marítiva, foi preso pelos mulçumanos, conduzido à África, onde ficou preso, como escravo, durante dois anos. Durante este tempo acabou convertendo vários mulçumanos inclusive seu "dono", por esta razão foi colocado em liberdade. Em liberdade, retorna a sua terra natal. Caridoso, fazia as suas pregações junto aos pobres, doentes e necessitados, passou a ser capelão da rainha Margarida de Valois e ainda prestou assistência ao rei Luis XIII, quando este morreu fez questão que Vicente estivesse a seu lado e o preparasse para sua passagem. A pedido do rei foi integrante do conselho de regência de seu filho, Luis XIV, ainda menor. Recebia durante as coletas nas Missas muito dinheiro, seu destino, os pobres, necessitados, no entanto não favoreceu familiares também pobres. Fundou e organizou várias instituições com a missão de prestar assistência aos pobres e necessitados e em companhia da irmã Luiza Marillac (Santo), fundou a "Congregação Irmãs da Caridade", em 1633. Faleceu em Paris, França, no dia 27 de setembro de 1660. Foi Canonizado pelo Papa Clemente X, no ano 1737
  9. • Vicente de Saragoça (Valério) (Séc. III, Espanha - 304, Espanha) - Mártir e bispo de Saragoça - 22/01 Nasceu em Huesca, Aragão, na Espanha, no séc. III. Foi orientado por Valério (santo) e bispo de Saragoça, Espanha. Viveu em uma época de grande perseguição por parte de Diocleciano e Maximino. Foi preso e torturado de diversas maneiras, passou fome, tudo para que ele assumisse os deuses pagãos, como não o fez foi condenado à morte. Faleceu martirizado, em Valência, na Espanha, no dia 22 de janeiro de 304.
  10. • Vicente do Yen (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  11. • Vicente Doung (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  12. • Vicente Ferrer (1350, Espanha - 1419, França) - 05/04 Nasceu em Valência, na Espanha, no ano 1350. Quando criança conviveu com padres Dominicanos que pertenciam a um Convento próximo a sua casa. Quando completou dezesseis anos pede para ingressar na Ordem dos Pregadores e foi aceito. Seus estudos iniciaram naquele local, depois em Lérida, Barcelona e Tolosa, onde concluiu doutorado em filosofia e teologia. Em 1378 é ordenado padre. Neste mesmo ano inicia a peregrinação em seus país e depois pela Europa. Nesta época o Velho Continente estava em uma fase difícil de sua história, pois ocorria a guerra dos cem anos. A crise era tão séria que a eleição do Papa Urbano VI, um italiano, provocou uma reação dos políticos franceses que não o aceitavam como Papa, por esta razão eles elegeram um francês para o cargo e a Igreja passa a ter naquele momento dois Papas. O Papa eleito pelos franceses, Clemente VII, passa a residir em Avinhon, na França. Este duplo comando durou trinta e nove anos, era o cisma da Igreja. Vicente ficara muito conhecido e apoiou a eleição do Papa francês. Quando conheceu o cardeal Pedro de Luna este não concordava com a legitimidade da eleição de Clemente VII, mas acabara convencido por Vicente. Mais tarde Pedro é eleito Papa e passaria a se chamar Bento XIII quando Vicente é nomeado confessor do Papa. No entanto nunca abandou o Papa de Roma, pois sua luta era a união da Igreja. A fome, miséria, doenças e a exploração marcavam o povo Europeu e foi por eles que Vicente se dedicou. As mortes provocadas pelas batalhas, a peste negra matando e não podendo ser combatida, fez de Vicente um pregador que trabalhava com a palavra contra o caos. Seu trabalho durante a peregrinação dando assistência material, física e espiritual aconteceu na Espanha, França, Itália, Suíça, Bélgica, Inglaterra, Irlanda etc. Nestas suas passagens defendia com fervor a união da Igreja, o fim da guerra e da matança, e pedia a todos orar, fazer penitência e principalmente, se arrepender. Muita gente vinha ouvi-lo a ponto das grandes catedrais se tornarem espaços pequenos. Passou então a fazer seus Sermões nas praças públicas, pois desta maneira poderia a sua palavra chegar a um número maior de devotos. Nestes Sermões muitas graças e prodígios ocorriam, fator que provocava a cada sermão a chegada de mais pessoas. Quando os dois Papas renunciam simultaneamente para a retomada da união da Igreja, Vicente retira seu apóia ao Papa Bento VII e passa a apoiar a eleição de um novo e único Papa. Martinho V é o Papa eleito. A união da Igreja é restaurada e um único Papa a comanda. Faleceu em Vannes, na França, no dia 05 de abril de 1419. Foi Canonizado pelo Papa Calisto III, no ano 1458.
  13. • Vicente Le Oung Liem (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  14. • Vicente Maldegário (?, ? - ?, ?) - Esposo e depois abade - 14/07
  15. • Vicente Maria Strambi (?, ?Itália - 1824, Itália) - Bispo - 24/09* ou 01/01(?) Nasceu provavelmente na Itália, em data não identificada por nós. Já sacerdote, em 1768 ingressou na Congregação Passionista. Esta Congregação tinha sido fundada a pouco tempo por Paulo da Cruz (Santo). Coube a Vicente organizar a biografia de Paulo. Era adepto da pregação popular, muitas vezes em praça pública, fato que lhe trouxe fama e respeito. Este fato foi o principal fator para que se tornasse bispo. Foi eleito bispo de Macerata, Itália e mais tarde, foi transferido para Tolentino, Itália, no mesmo cargo. Quando Napoleão Bonaparte invadiu a Itália recusou com veemência prestar juramente ao invasor. Por esta razão foi exilado durante sete anos. Renunciou ao cargo de bispo e foi para Roma onde desejava passar seus últimos dias e continuar pregando. Em Roma foi nomeado conselheiro e diretor espiritual do Papa Leão XII. Numa certa data o Papa ficou muito doente, com risco de morte. Vicente fez um pedido a Deus e ofereceu a Ele a sua vida em troca a do Papa. Sem nenhuma explicação o Papa recuperou sua saúde. Faleceu em Roma, na Itália, tão logo o Papa ter se recuperado, no ano 1824.
  16. • Vicente Nguyen The Diem (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  17. • Vicente Pallotti (1795, Itália - 1850, Itália) - Sacerdote - 22/01 Nasceu em Roma, no ano 1795. Sua família era de classe média. Sua mãe, uma pessoa generosa e atenta aos mais necessitados foi sua referência no trato com os mais pobres, sendo generoso e bondoso. Foi bom estudante e dedicado na sua formação intelectual e principalmente religiosa. Sua dedicação ao Espírito Santo era  marcante e bonita. Sua generosidade preocupava a família em diversas oportunidades, pois muitas vezes, no inverno, retornava para a sua casa sem os sapatos e o casaco, mas ele não se importava em passar frio por alguns instantes desde que alguém não passasse frio por vários dias. mais tarde, por força de sua devoção a São Francisco de Assis, desejou se tornar Capuchinho, mas como sua saúde era relativamente frágil não houve possibilidade. mas seu sonho não acabou, entrou para um seminário e em 1818 foi Consagrado Sacerdote pela Diocese de Roma, local que ocupou cargos importantes. Era uma pessoa estudiosa, muito bem informada e culta, por esta razão obteve o doutorado em Filosofia e Teologia. Estas não foram as razões de sua santificação, pois apesar de ser um doutor, sua generosidade, humildade e bondade não foram alteradas e sua atenção era quase que total aos pobres. Sua participação em atividades sociais não se restringiam a um acompanhamento à distância, mas presencial. Para Vicente não bastava a uma pessoa o batismo, fosse ela leiga ou religiosa, era preciso que elas tivessem o compromisso de participar da pregação pela Fé e a Igreja Católica. para concretizar este ideal, Vicente cria duas Congregações objetivando que elas passassem a coordenar e orientar na formação de leigos para a pregação. As Congregação dos Padres Palotinos e a Congregação das Irmãs Palotinas, ficaram responsáveis pela formação dos leigos que passaram a freqüentar uma outra entidade criada por Vivente, em 1835, a Sociedade do Apostulado Católico. Faleceu em Roma, Itália, em janeiro de 1850. Sua morte se deu por causa de um hábito que originou-se em sua infância, doar seus agasalhos. Esta época do ano na Europa é inverno, Vicente vendo um pobre passar frio doou seu casaco e por esta razão ficou muito doente. As duas Congregações foram aprovadas pelo Vaticano depois de sua morte, em 1904 e originando o pedido de sua Canonização. Foi Beatificado pelo Papa Pio XI, em data não identificada por nós. Foi Canonizado pelo Papa João XXIII, no ano 1963.
  18. • Vicente Romano (1775, Itália - 1831, Itália) - Sacerdote - 29/11 ou 20/12 Nasceu Torre del Greco, na Itália, no dia 03 de junho de 1751. Ingressou na vida religiosa na Ordem Diocesana e ordenado em 1775. Trabalhou pela formação religiosa e a educação de crianças e jovens de maneira incansável. Aconteceu mais uma erupção do Vulcão Vesúvio, era o dia 15 de junho de 1794, fato que exigiu muito trabalho por parte do sacerdote, que não apenas rezava, mas colocou as suas mãos para o socorro de vítimas e depois na reconstrução de Torre del Greco, na Itália. Faleceu em Nápolis, Itália, no dia 20 de dezembro de 1831. Foi Beatificado pelo Papa Paulo VI (Santo), no dia 17 de novembro de 1963. Foi Canonizado pelo Papa Francisco, no dia 14 de outubro de 2018.
  19. • Vicente Shiwozuka da Cruz (?, Japão - 1637, Japão) - Mártir no Japão juntamente com seus 15 Companheiros - 28/09 Nasceu na Espanha, em data não identificada por nós. Sacerdote Dominicano que seguiu em missão para o Japão. Naquele país, em 1636 foi preso juntamente com seus 15 companheiros. Alguns deles: São Guilhermo Courtet, São Lázaro de Kioto, São Lorenzo Ruiz, São Miguel de Aozaraza e São Vicente Shiwozuka da Cruz. Faleceu martirizado, pendurado amarrado pelos pés, no dia 18 de outubro de 1637. Foi Beatificado pelo Papa João Paulo II, em Manila, Filipinas, no dia 18 de fevereiro de 1981. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, em Roma, no dia 18 de outubro de 1987.
  20. • Vicente Stambi (1745, Itália - 1824, Itália) - 25* ou 27/09 Nasceu em Civitacchia, Lácio, Itália, no ano 1745. Jovem ingressou na Congregação dos Passionitas no ano 1769. Como missionário viajou por toda Itália central pregando e ouvindo as pessoas. É eleito pelo Papa para pregar em Roma e região em razão de sua oratória. No ano de 1801 foi eleito Bispo de Macerata e Tolentino, ambos na Itália. Por defender o Papa foi afastado de sua diocese por seis anos. Retornou à sua comunidade e cargo apenas em 1814. Em 1823 renunciou a ele. Faleceu na Itália, no ano de 1824. Foi Canonizado pelo Papa Pio XII, no ano de 1950.
  21. • Vicente Tuong (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  22. • Victor (?, ? - ?, ?) - 22/01
  23. • Victrício (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/08
  24. • Vidal (?, ? - ?, ?) - 09/01
  25. • Vidal* (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santa Agrícola - 04/11
  26. • Vigílio (?, ? - ?, ?) - Bispo e mártir - 26/06
  27. • Vigor (?, ? - ?, ?) - Bispo - 01/11
  28. • Vigueberto (?, ? - ?, ?) - Abade - 13/08
  29. • Vilaldo da Dinamarca (?, ? - ?, ?) - Mártir em Gorcum - 09/07
  30. • Vilegiso (?, ? - ?, ?) - 23/02
  31. • Vilfredo de Iorque (Iork) (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/10
  32. • Vilfrido, o moço (?, ? - ?, ?) - 29/04
  33. • Viliado (?, ? - ?, ?) - Abade - 08/11
  34. • Vilibaldo (700, Inglaterra - 790, Alemanha) - Bispo - 07/06 ou 07/07* Nasceu em Wessel, na Inglaterra, no dia 22 de outubro de 700. Seu pai era o rei Ricardo I. Tinha dois irmãos Vunibaldo e Valburga (Santos). Foi entregue aos monges Beneditinos da Abadia de Waltham, que ficaram responsáveis pela educação acadêmica e religiosa. Mais tarde sensibilizado pelos trabalhos dos monges ingressou na Orcem. No entanto, em 720, decide sair da Abadia e deixa a Inglaterra, interrompendo sua formação, sem mesmo ter sido ordenado padre. Saiu em peregrinação em companhia de seu pai e o irmãos para Jerusalém, mas em 722, na Itália, a viagem foi interrompida, pois seu pai passou mal e logo em seguida faleceu. Os irmãos Vilibaldo e Vunibaldo decidem permanecer em Roma. Após dois anos decide continuar a sua peregrinação pela Palestina, região que na época era dominada pelo árabes, fato que o levou a prisão em várias oportunidades. Para cinco anos depois retornar para a Itália, mais precisamente para Roma. Em Roma quando teve oportunidade de se encontrar com o Papa Gregório II é enviado por este para o Mosteiro de Montecassino. Mosteiro que estava em ruínas e fora reerguido, mas não tinha um número suficiente de monges para mantê-lo. Vilibaldo reestrutura o local e proporciona a admissão de novos monges e retomando as Regras de São Benedito. Foi o próprio papa quem o consagrou sacerdote, mas não recebeu uma ordenação definitiva. Foi neste local que durante dez anos formou muitos sacerdotes Beneditinos. Volta a Roma para um encontro com o Papa Gregório III, pois o Papa Gregório II havia falecido pouco tempo antes. Este solicita a Vilibaldo que vá para a Alemanha. Durante a sua viagem passou e parou em diversas regiões da Europa, locais onde não perdia a oportunidade de evangelizar. Mas antes que pudesse chegar a seu destino, seu tio, o arcebispo da Alemanha, solicitou a sua presença e auxílio, imediatamente se dirigiu para aquela região. Em 740 Vilibaldo recebeu a ordenação sacerdotal, quando foi consagrado bispo de Eichestat, pelo próprio tio. Não se fechou em gabinetes, pois achava que a missão de um religioso deveria ser através do contato direto com seu rebanho, ou seja, frente a frente com o povo, sabendo ouvir, pregar, orientar e evangelizar.
  35. Faleceu no Mosteiro que dirigia, em Eichestat, na Alemanha, no ano 790. Foi Canonizado pelo Papa Clemente VII, no ano 1526.
  36. • Vilibrordo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/11
  37. • Vilmaro (?, ? - ?, ?) - Abade - 20/07
  38. • Vindiciano (?, ? - ?, ?) - Bispo - 11/03
  39. • Vinoco (?, ? - ?, ?) - Abade - 06/11
  40. • Virgílio de Arles (?, ? - ?, ?) - 05/03
  41. • Virgílio de Salzburgo (séc- VIII, Irlanda - 784, Alemanha) - Bispo - 27/11 Nasceu na Irlanda, no início do século VIII. Ingressou cedo na vida religiosa e estudou muito para se formar e especializou-se em matemática e geometria, quando ganhou o apelido de "Geómetra", tamanho era o seu conhecimento. Alguns anos depois Virgílio já era eleito abade do Mosteiro de Aghaboe. Permaneceu algum tempo no cargo, mas em 743 partiu em missão para o continente europeu. Chegou a Caríntia, na Alemanha. Em 745 foi evangelizar na Baviera, Alemanha, quando foi designado pelo duque Odilon como abade da Abadia de São Pedro de São Pedro de Salisburgo, mas poucos anos depois o bispo João veio a falecer e Virgílio foi indicado para o cargo. Mesmo sendo bispo e de grande cultura era uma pessoa humilde. No cargo assumiu um trabalho envolvendo outras diocese, como a de Caríntia, Estíria e Panônia. Faleceu em Salisburgo, na Alemanha, no dia 27 de novembro de 784.
  42. • Viro (?, ? - ?, ?) - Bispo - 08/05
  43. • Vistano (?, ? - ?, ?) - 01/06
  44. • Vital* (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com o Santa Valéria - 28/04
  45. • Vital (?, Itália - séc- II, Itália) Mártir juntamente com seus irmãos e mãe (todos Santos) - 10/07 Nasceu na Itália, em data não identificada por nós. Filho de Felicidade, Cristã e devota de Nosso Senhor Jesus Cristo. Roma passava por uma fase de perseguição violenta aos Cristãos, época que o governante era Marco Aurélio. Quando presa, já condenada à morte exortou ao martírio seus sete filhos e cada um aceitou ser martirizado ao lado da mãe. Faleceram na atual Itália, martirizados, por decapitação, no séc. II.
  46. • Vital de Assis (?, ? - ?, ?) - Eremita - 31/05
  47. • Vitalício (?, ? - ?, ?) - 04/09
  48. • Vitalino (?, ? - ?, ?) - Papa - 27/01
  49. • Vitalino (?, ? - ?, ?) - 16/07
  1. • Vito (séc- III, Itália - 300, Itália) - Mártir juntamente com São Mosdesto e São Crescêncio - 15/06 Nasceu na Sicília, Itália, no século III. Seus pais eram ricos, nobres e pagãos. Fica órfão da mãe ainda bem pequeno, quando seu pai contrata uma ama e foi ela que o iniciou para vida Cristã. Logo depois contratou um professor para instruí-lo e este também era Cristão de nome Modesto. Por volta dos doze anos é Batizado em segredo. Ao saber que seu filho havia sido Batizado  tenta convencê-lo à abandonar sua Fé, mas sem resultado. Então decidiu entregar seu próprio filho ao governador Valeriano. Este ordenou sua prisão e determinou uma série de torturas para fazer com que ele demovesse sua Fé a Cristo. Modesto e Crescencia arquitetam uma fuga e com a ajuda de um Anjo conseguem resgatar o jovem. Fogem para Nápolis, mas foram reconhecidos e os obrigou a viver em mudança constante. É neste período que Vito tem fortalecido sua Santidade e em certa data ele ressuscitou um menino ao interceder em nome de Jesus Cristo. Este garoto havia sido morto por um cão raivoso. Nesta fuga constante Vito cresce e se torna adulto. Quando o filho do imperador Diocleciano ficou muito doente ordena que trouxessem Vito até ele vivo. O imperador solicita a Vito que cure seu filho e quando ora a Jesus tem seu pedido atendido. O filho do imperador é curado, mas seu pagamento foi a prisão e exigiu que Vito renegasse a sua Fé, mas com grande fervor sempre confirmou sua crença em Jesus Cristo, passou por grande tortura. Foi então condenado a morte. Faleceu na Itália, martirizado, no dia 15 de junho de 304.
  2. • Vítor (?, ? - ?, ?) - 25/02
  3. • Vítor* (Séc. VII ou VIII - 743, Espanha) - Mártir juntamente Santo Alexandre e São Mariano  - 17/10 Nasceu na Espanha, no século VII ou VIII. Não obtivemos informações sobre sua vida anterior à nomeação de bispo de Baeza, Espanha. Sua eleição como bispo foi feita pelo povo de sua comunidade. Foi preso juntamente com seus companheiros Alexandre e Mariano. Faleceu por decapitação, em Baeza, Espanha, no dia 17 de outubro de 743.
  4. • Vítor I (155, Tunísia - 199*/200, Roma) - Papa 28/07 Nasceu na Tunísia, África, no ano 155. Sabe-se muito pouco sobre sua vida antes do papado. No ano 189 foi eleito Papa, sucessor do papa Eleutério. fez um pontificado voltado a fé e por essa razão era rígido no combate a todos que negavam a divindade de Jesus. Foi responsável por estabelecer a data da Páscoa em um domingo, o primeiro a escrever documentos em latim. Seu papado durou aproximadamente dez anos, a incerteza ocorre por não se ter certeza da data de sua morte. Faleceu em Roma, no ano 199* ou 200.
  5. • Vitor de Braga (?, Portugal - séc- IV, Portugal) - Mártir - 12/04 Nasceu em Portugal, em data não identificada por nós. Muito jovem Vitor foi preso por ser Cristão, foi torturado, chicoteado, espancado e até cortado por espadas incandescentes. A violência contra Vitor foi muito grande, mas em momento algum renegou seu Deus e a sua Fé. Como não conseguiram dissuadi-lo foi ordenada a sua decapitação. Faleceu em Portugal, no século IV.
  6. • Vitor de Marselha (?, ? - ?, ?) - Mártir - 21/07
  7. • Vitor Eremita (?, ? - ?, ?) - 26/02
  8. • Vitor, o Mouro (séc- III, Mauritânia - 303, Milão) - Mártir - 08/05 Nasceu na Mauritânia, África, na segunda metade do séc. III. Desde criança já era Cristão. Já adulto ingressou no exército do imperador Maximiano para sufocar uma rebelião na região da Gália, atual França. O destacamento que fazia parte chegou a Itália e se alojou em Milão para que oferecessem sacrifícios aos ídolos pagãos do império. Maximiano exigia de todos a adoração aos deuses pagãos e aquele que se recusasse seria preso e morto. Vitor é um dos que se recusam a ajoelhar-se diante de um deus falso. Então foi preso e levado a um tribunal, no local não cedeu às pressões e não renegou a Fé em Deus Pai e Filho, mas prometeu lealdade ao imperador no que se referia a atuação militar. O tribunal decide por sua prisão e, já encarcerado, começou a tortura e o martírio. A primeira sentença era de que ele não fosse alimentado por seis dias e nem mesmo água deveria ser lhe oferecido. Após estes dias foi açoitado e levado arrastado até o hipódromo do circo. No local foi interrogado pelo próprio imperador, mas não renegou a sua Fé. Foi levado de volta ao cárcere e lá foi severamente agredido. Para torturá-lo ainda mais despejaram chumbo derretido sobre as feridas. para a surpresa de seus agressores ele saiu ileso da tortura. Numa certa data, quando seus carcereiros estavam distraídos, aproveitou para fugir e foi se hospedar em uma estrebaria localizada nas proximidades de um teatro. No entanto ele foi descoberto. Foi levado então para uma floresta próxima e lá foi decapitado. Faleceu em Milão, Itália, no dia 08 de maio de 303. Seu corpo foi abandonado no local e ali permaneceu por aproximadamente sete dias. Na semana seguinte, o bispo Materno (Santo) encontra seu corpo, para sua surpresa, ainda intacto e vigiado por dois animais. No local foi construída uma Igreja em sua homenagem.
  9. • Vitoriano (?, ? - ?, ?) - Abade - 12/01
  10. • Vitoriano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 23/03
  11. • Vitoriano (?, ? - ?, ?) - 15/04
  12. • Vitoriano de Asán (478, Itália - 568, Itália) - Anacoreta - 28/09 Nasceu na Itália, no ano 478. Abandonou a família aos vinte anos de idade para viver como anacoreta. Passou a viver entre o norte da Itália e no sul da França. Quando passou a viver no povoado de  Molinos, nos Pirineus de Huesca passou a ser procurado por todo tipo de pessoas, até mesmo reis e nobres, quando orientava, ouvia e pregava. Faleceu na Espanha, no ano de 568.
  13. • Vitoriano Pio (?, ? - ?, ?) - Mártir da Espanha - 09/10
  14. • Vitórico (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Fusciano e São Genciano - 11/12
  15. • Vitorino (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 25/02
  16. • Vitorino (?, ? - ?, ?) - Eremita - 08/06
  17. • Vitorino (?, ? - ?, ?) - Bispo e mártir - 02/11
  18. • Vitório
    (?, ? - ?, ?) - 01/09
  19. • Vitrício (?, ? - ?, ?) - 07/08
  20. • Vivaldo de São Geminiano (?1250, Itália - 1320, Itália) - 02/05 Nasceu na Província de Sena, na Itália, provavelmente em 1250. Era filho de nobres recebendo toda a educação Cristã. Conheceu o Padre Bartolo (Beato) e tornou-se seu seguidor e discípulo. Juntos realizaram ações de caridade e solidariedade voltadas aos pobres, doentes e necessitados. Quando tinha 52 anos de idade, Bartolo foi acometido pela Lepra, era 1280, por esta razão foi obrigado a se isolar e abandonar a sua paróquia, quando interna-se num leprosário de Cellole, localidade próxima de São Geminiano, momento que Vivaldo decide acompanhar seu mestre e tornou-se um colaborador nos cuidados de eu mestre e de outros acometidos por esta enfermidade. Vivaldo acompanhou seu mestre durante 20 anos até que ele faleceu em 1300. Vivaldo decide isolar-se num eremitério em Boscotondo de Camporena, Itália. Viveu em contemplação, oração e Fé até a sua morte. Faleceu na região da atual Itália, aos 70 anos de idade, no ano 1320. Foi Beatificado pelo Papa Pio X, no dia 13 de fevereiro de 1908.
  21. • Vladimiro de Kiev (?, ? - ?, ?) - 15/07
  22. • Vodo (?, ? - ?, ?) - 05/02
  23. • Volfango (?, ? - ?, ?) - Bispo - 31/10
  24. • Volfrão (?, ? - ?, ?) - Arcebispo - 20/03
  25. • Volstano (1008, Inglaterra - 1095, Inglaterra) - Bispo - 19/01 Nasceu em Warwick, na Inglaterra, no ano 1008. Após a morte dos pais resolveu ingressar na vida religiosa e foi anos mais tarde ordenado sacerdote pelo bispo de Worcester, na Inglaterra, Britégio. Em 1062 tornou-se bispo de Worcester. Apesar do cargo continuou a atender todos os necessitados que o procuravam e também partia a seu encontro. O mesmo fazia em favor de seus irmãos de fé, os monges que por algum motivo precisassem de ajuda. Estar ao lado do povo era sua meta e por ele era muito respeitado. Fez muitos batizados, socorreu e converteu. Faleceu na Inglaterra, no ano de 1095.
  26. • Volstano (?, ? - ?, ?) - 30/05
  27. • Volusiano (?, ? - ?, ?) - Bispo - 18/01
  28. • Vulflágio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/06
  29. • Vulsino (?, ? - ?, ?) - Bispo - 08/01
  30. • Vunibaldo (?, ? - ?, ?) - Abade - 18/12
Voltar para o conteúdo