N. Sra.da Rev/N. Sra das Oliv - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Família Sagrada > Denominações N.Sra. > Denominações
  1. N. Sra. da Revelação: Ainda não há informações.
  2. N. Sra. da Rosa Mística: Ainda não há informações.
  3. N. Sra. da Salette: Ainda não há informações.
  4. N. Sra. da Saudade: Ainda não há informações.
  5. N. Sra. da Saúde: Patzcuaro, México. Comemoração: 08 de dezembro. Lisboa, Portugal. Comemoração: ?.
  6. N. Sra. da Soledad: Ainda não há informações.
  7. N. Sra. da Solidão: Ainda não há informações.
  8. N. Sra. da Ternura: A mesma que N. Sra. do Aconchego, N. Sra. da Proteção Materna, N. Sra. do Doce Carinho e N. Sra. do Doce Beijo. Também a mesma denominação para N. Sra. Glykofilusa, vide.
  9. N. Sra. da Vida: Ainda não há informações.
  10. N. Sra. da Visitação: Esta festa e denominação é originária da ação de Maria de ir visitar e ajudar sua prima Isabel. Maria já está grávida de Jesus e sua prima Isabel de João Batista, no sexto mês. Sua festa foi instituída em 1389, pelo Papa Urbano VI. A data inicial da festa era o dia 02 de fevereiro, mas mudou para a atual. É ainda hoje muito cultuada pelos portugueses. Trazida pelos portugueses ao Brasil esta devoção se espalhou pelo país. Comemoração: 31 de maio.
  11. N. Sra. da Vitória: Lisboa, Portugal. Comemoração: ?. Bahia, Brasil. Comemoração: 02 de fevereiro.
  12. N. Sra. das Américas: Quando os europeus desembarcaram nas três Américas traziam uma imagem de Nossa Senhora. Por esta razão a Santa Maria ganhou esta denominação. Ela surge em meados do século XV ou início do séc. XVI.
  13. N. Sra. das Angústias: Sua de4voção surge no século XV logo após a expulsão dos mouros, em granada, Espanha. No local a comunidade construiu uma ermida às "Angústias de Nossa Senhora". Comemoração: ?.
  14. N. Sra. das Batalhas: Vide N. Sra. da Covadonga.
  15. N. Sra. das Boas Novas: Esta denominação está ligada às notícias das vitórias da Santa Joana D' Arc, na França. Chateau-I'Eveque, França. Comemoração: ?.
  16. N. Sra. das Brotas: Ainda não há informações.
  17. N. Sra. das Candeias: Para entender esta denominação é preciso entender o significado da palavra candeia. Candeia é uma espécie de lamparina ou vela que é alimentada por óleo. Esta denominação foi iniciada em data ainda não identificada e tem duas origens. A primeira aponta para a apresentação de Jesus ao Templo, quando Maria cumpria todos os ritos da purificação. Naquela época eram usados muitas candeias (também denominadas de luzeiros) e que nesse caso é associada a nossa senhora da Purificação. A segunda está associada à Nossa senhora Candelária, padroeira das Ilhas Canárias. Conta-se que ao ser encontrada a imagem da Santa vários Anjos seguravam candeias que iluminavam o local. Comemoração: 02 de fevereiro * ou 15 de agosto.  
  18. N. Sra. das Dores: Ou da Agonia. Esta devoção começou quando Maria sofreu aos pés de seu Filho crucificado. Depois, no seu cola, antes do sepultamento, chora pelo Filho morto. Essa é uma das denominações e devoção mais antigas. O Papa Pio VII foi quem proclamou e introduziu no calendário litúrgico uma data para a festa de N. Sra. das Dores. Comemoração: 15 setembro.
  19. N. Sra. das Escolas: Canadá. Comemoração: ?. Igreja: sexta-feira da paixão e 15 de setembro.
  20. N. Sra. das Estradas: Ainda não há informações.
  21. N. Sra. das Febres: A saúde é uma das principais fornecedoras de denominação à Nossa Senhora. Esta denominação não tem uma data definida de seu início. Todo ser humano que crê na Mãe Maria em algum momento pediu a sua intercessão junto a seu Filho pela cura de alguma pessoa com ou sem ligação sanguínea. Esta devoção surge para que a Mãe acalme a febre dos enfermos por sua força na intecessão. Comemoração: 13 de junho.
  22. N. Sra. das Graças: Conta a história que no ano 1480, as margens do Rio Davena, Bolonha, Itália, dois pastores de 12 anos tem a graça de presenciarem a aparição de Nossa Senhora. As crianças, Donato Nutitni e Cornélia Vangelistei recebem a seguinte orientação da Virgem Mãe para que ambos se consagrassem e dedicassem à vida religiosa. As crianças cumpriram a solicitação e entraram para um Mosteiro. No local foi construída uma igreja e a imagem foi confeccionada de acordo com a descrição das duas crianças. Este Santuário é muito procurado por devotos marianos. A mesma que N. Sra. da Medalha Milagrosa. Paris, França. Comemoração: 08 de julho - 27 de novembro.
  23. N. Sra. das Ilhas: Ainda não temos informações.
  24. N. Sra. das Lágrimas: Esta devoção reporta à Paixão de Jesus Cristo, quando Maria aos pés da cruz vê seu Filho amado terminar seus dias como homem de carne e osso. Naquele momento a Mãe de Deus chora e derrama as suas lágrimas por um filho que seguia seu destino. Maria já sabia que por ser Mãe do Filho de Deus também teria que assumir o papel de Mãe da humanidade. Como sempre foi uma mulher agraciada seguiu com devoção os desígnios de Deus. O caminho do Calvário foi doloroso para Maria que via seu filho, que fora injustamente condenado, carregar a cruz e ser açoitado. Como Mãe da humanidade apareceu em diversos momentos chorando pelos desmandos do ser humano momento que pede a conversão da humanidade. Comemoração: ?.
  25. N. Sra. das Lágrimas de Siracusa: Sicília, Itália. Comemoração: ?.
  26. N. Sra. das Mãos: Ainda não temos informações.
  27. N. Sra. das Mercedes: Ainda não temos informações.
  28. N. Sra. das Mercês: Na Espanha, do século XII, o comerciante Pedro Nolasco,  durante uma de suas viagem comerciais presenciou a venda de diversos católicos como escravos. Como fiel devota e Cristão, Nolasco pegou todos os seus bens e em nome de Nossa Senhora comprou a liberdade de todos cristãos escravizados. A partir daquele momento passou a trabalhar pelo cuidado aos cristãos perseguidos e desprotegidos. Alguns anos depois, com o apoio do rei e das autoridades religiosas proporcionou a ele a abertura de um hospital, casas de apoio aos desvalidos, perseguidos e aos libertados da escravidão. Esse apoio facilitou a ele buscar recursos junto a sociedade para manter estas instituições. Para administrar esse trabalho fundou a Ordem  da Virgem Maria das Mercês. A Ordem cresceu e chegou ao Brasil no século XVIII, onde contrariando interesses da realeza e de proprietários rurais, lutou pela libertação dos escravos. É preciso lembrar que a palavra mercê significa: benignidade, acolhimento, misericórdia, graça, indulto, favor, indulgência etc. Comemoração: 17 de agosto ou 24 de setembro.
  29. N. Sra. das Necessidades: Nossa Senhora é venerada com esta denominação provavelmente a partir do século XVII e surgiu em Portugal. A invocação de Nossa Senhora quando há necessidade é muito mais antiga, pois ela é a intecessora. Segundo apurado esta tradição surgiu em Soalheira, Portugal em razão das grandes necessidades. Pouco tempo depois espalhou por todo o país. Comemoração: setembro.
  30. N. Sra. das Neves: Tudo começou quando no ano 352/63. Conta-nos a tradição que um casal rico de Roma queria fazer uma grande doação, mas não sabia a maneira ou a quem. Quando o casal dormia o esposo teve um sonho e nele apareceu a Santa Mãe do Céu que lhe propunha a construção de uma igreja e ainda identificou o local: a igreja deveria ser construída no local onde ele encontrasse neve e logo que acordasse pela manhã deveria procurá-lo. Acontece que era verão. O Sr. ao acordar saiu em procura deste local e o descobriu o local no monte Esquilino, em Roma, na atual Itália, era o dia 05 de agosto. Imediatamente ordenou a construção da igreja. Por ser construída em local onde havia neve em pleno verão a denominação se propagou como N. Sra. das Neves. Basílica de Santa Maria Maior Itália. Comemoração: 05 de agosto.
  31. N. Sra. das Ovelhas: Albert, França. Peregrinação 15 de agosto e 08 de setembro. A mesma que Santa Maria Maior.
  32. N. Sra. das Oliveiras: Murat, França. Peregrinação: 02 de fevereiro, 15 de agosto e no 1º domingo de setembro.
Voltar para o conteúdo