Ministeriais - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Sacramentos

Matrimônio

  • O Sacramento do Matrimônio é fundado na aceitação de Deus Pai e Filho, antecedido pelo Batizado, Confirmação e a Eucaristia. Ato permitido a qualquer ser humano que tenha a vida laica. Para os religiosos não é permitido o casamento por uma opção pessoal denominado de Celibato.

  • Nos nossos dias o respeito a esse Sacramento é muito pequeno e o pior, argumentos egoístas e mesquinhos afirmam que ao se separar estão buscando a felicidade pessoal, mas sem pensar nos filhos. Apenas a Igreja poderá desfazer o Matrimônio, para isso existe um Tribunal Eclesiástico que julgará e decidirá pela anulação, mas nunca por motivos fúteis como acontece com a lei humana.

  • Um Sacramento que não é seguido e respeitado pelas autoridades cíveis quando aceitam o desquite e o divórcio, por políticos que criam leis que afrontam as Leis de Deus.

  • Quando um casal decide aceitar o Matrimônio Cristão está também aceitando suas regras e normas, por isso é muito importante que haja um bom preparo antes de sua realização e concretização.


  • É o sacramento do amor, sendo que Deus se faz presente no amor do casal quando os torna um só corpo. Durante o Sacramento do Matrimônio Deus confirma a bênção que fez nascer o amor de um homem a uma mulher e vice-versa. Este amor é o respeito, a partilha, a compaixão, a dedicação, a sinceridade no relacionamento diário do casal.

  • È por este motivo que ao assumir diante do Altar de Deus e ao futuro(a) esposo(a), através da maior capacidade humana, a palavra, a vida conjunta até que a morte os separe deve ser seguida com força e perseverança. Resistir às tentações do pensamento, da beleza, da atenção e da luxúria será a única forma de respeitar à bênção dada por Deus. Quem trai não respeita a Deus, o(a) parceiro(a) e contribui com a degradação da família.

  • O Matrimônio é o Sacramento instituído por Jesus Cristo que estabelece a união indissolúvel entre homem e mulher, dando a sua bênção e o Santificando. Em outras palavras é a formação de uma família.

  • Quando Cristo falou e abençoou o Matrimônio nos deixou uma mensagem muito importante, a de que o casamento não é apenas o contato carnal, a reprodução, mas o amor e o respeito a todos aqueles que compõem a sua família, como o(a) cônjuge, filhos, enteados etc.

  • A fidelidade é a chave para que um casamento não seja destruído. Resistir às tentações do corpo é a maior qualidade de um ser humano, pois aquele(a) que trai é egoísta, mesquinho(a), mentiroso(a) e não tem nenhum respeito à sua palavra, aquela dada num Altar.

  • A educação de um filho(a) só será plena se seu exemplo for o melhor.


Ordem Sacerdotal


  • O ser humano ao fazer sua opção pelo Sacramento Ordem Sacerdotal está por sua vez aceitando todas as normas, Dogmas e Regras da Igreja, e sabe que terá a missão de levar a Palavra de Deus, evangelizar, realizar cerimônias...

  • Em outras palavras, essa pessoa estará a serviço da comunidade Cristã e também daquela que está perdida, como disse Jesus: "Eu não vim para salvar os sãos, mas aqueles que estão doentes", o Sacerdote, Bispo, Arcebispo, Monsenhor, Cardeal e o Papa, humildemente e disposto a ensinar.

  • Os Mistérios de Deus Pai e Filho são muitos e a revelação cabe a esses seres humanos divulgar e explicá-los. É uma vida dedicada à vida de seus semelhantes, servindo e não sendo servido, amando e compartilhando.


A Ordem Sacerdotal possibilita exercer os Ministérios Sagrados que estão presentes nos cultos a Deus. Esta pessoa que recebe esta graça poderá exercer as funções de:
1. Papa
2. Arcebispo
3. Bispo
4. Monsenhor
5. Sacerdote
6. Diácono: Função Sacerdotal hierarquicamente abaixo do Padre.



Voltar para o conteúdo