Medicinais ou Curativos - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Sacramentos

Penitência ou Confissão ou Reconciliação

  • Somos pecadores, falíveis e fracos, por essa razão é necessário a Penitência, a Confissão e a Reconciliação. Essas três denominações na realidade são uma só, pois são integradas.

  • Observar a Penitência (Virtude Cristã que conduz ao arrependimento pelos nossos pecados) é o ato de aceitar a nossa falibilidade, fraqueza e respeito às Leis de Deus Pai e Filho.

  • A Confissão (ato de admitir diante de Deus Pai e Filho seus erro e pecados) é exatamente o o arrependimento inerente à Penitência.

  • Por fim, a Reconciliação (é o ato de reconciliar-se; ato de reatar um relacionamento; confissão religiosa; arrependimento por meio da Penitência, Confissão e da Reconciliação) é o ato de aceitar que Deus Pai e Filho pode nos ajudar, mas principalmente nos orientar para a salvação e a vida eterna.


É o momento que permite ao ser humano pedir perdão dos seus pecados e faltas a Deus e Ele com o seu grande amor pela sua criação concede o perdão.
A Penitência ou Confissão, instituída por Jesus Cristo, tem a função de perdoar os pecados dos mortais cometidos depois do Batismo e desta maneira conquistar a nossa reconciliação com Ele.
Antes de confessar fazer um bom exame de consciência, arrepender-se dos pecados e propor-se a nunca mais pecar. No momento da Confissão relatar todos os pecados e, por fim, o cumprimento da penitência dada pelo Padre.
Na Confissão é necessário relatar todos  os pecados considerados mortais, em confissões individuais, na presença de um Padre confessor.
A Confissão deve ser feita com certa periodicidade para mais facilmente obter o perdão, a bênção e graça de Deus.  


Ordem Sacerdotal


  • O ser humano ao fazer sua opção pelo Sacramento Ordem Sacerdotal está por sua vez aceitando todas as normas, Dogmas e Regras da Igreja, e sabe que terá a missão de levar a Palavra de Deus, evangelizar, realizar cerimônias...

  • Em outras palavras, essa pessoa estará a serviço da comunidade Cristã e também daquela que está perdida, como disse Jesus: "Eu não vim para salvar os sãos, mas aqueles que estão doentes", o Sacerdote, Bispo, Arcebispo, Monsenhor, Cardeal e o Papa, humildemente e disposto a ensinar.

  • Os Mistérios de Deus Pai e Filho são muitos e a revelação cabe a esses seres humanos divulgar e explicá-los. É uma vida dedicada à vida de seus semelhantes, servindo e não sendo servido, amando e compartilhando.


A Ordem Sacerdotal possibilita exercer os Ministérios Sagrados que estão presentes nos cultos a Deus. Esta pessoa que recebe esta graça poderá exercer as funções de:
1. Papa
2. Arcebispo
3. Bispo
4. Monsenhor
5. Sacerdote
6. Diácono: Função Sacerdotal hierarquicamente abaixo do Padre.



Voltar para o conteúdo