M - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Beatos & Santos > Santos > M

SANTOS

  1. • Maarsapor (?, ? - ?, ?) - Mártir - 10/10
  2. • Macabeus (?, ? - ?, ?) - 01/08
  3. • Macanisio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 03/09
  4. • Macário (310, ? - 408, Alexandria) - Eremita - 02/01 Nasceu em local não identificado por nós, por volta de 310. Por volta dos quarenta anos de idade faz a opção por viver isolado do mundo e sua agitação. Partiu para o deserto para viver como eremita em oração e dedicação exclusiva a Deus Pai e Deus Filho. No isolamento do deserto viveu por volta 58 anos. Foi um dos maiores seguidores de Santo Antão Abade e de São Pacômio. Faleceu em Alexandria, provavelmente no ano 408.
  5. • Macário (?, ? - ?, ?) - 15/01
  6. • Macário (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/11
  7. • Macário de Gand (séc. XI, Armênia - ?séc. XI, Armênia) - 10/04 Nasceu em Antioquia, na Armênia, no séc. XI. Sua educação foi garantida pelo padrinho de Batismo, o arcebispo de Antioquia até a conclusão dos estudos formando-se em filosofia e teologia. Foi ordenado sacerdote ainda bem jovem, pois havia obtido grandes resultados em seus estudos teológicos e filosóficos.. Pouquíssimo tempo depois substituindo seu tio pela indicação para o cargo de bispo, não conseguimos identificar se seu tio faleceu ou foi transferido, ou ainda, tenha sido promovido. Recebia a todos os fieis que o procuravam, pois era muito humilde e despojado de paramentos luxuosos. Sempre teve a preocupação em pregar a Palavra de Deus Pai e Filho entre os rebanhos mais pobres e necessitados, não se esquecendo em levar conforto aos irmãos leigos enfermos. Macário estava de certo modo descontente com o cargo, pois ele limitava os seus ideais, mas não o desmerecendo, por esta razão renuncia e entrega o cargo a Eleotério. Ele e mais quatro companheiros religiosos partem para a Terra Santa, mas sua permanência na Palestina foi marcada pela violência, pois o grupo foi duramente perseguido e torturado pelos mouros. Logo em seguida foi preso, mas a mão de Deus proporcionou a sua liberdade. Então o grupo retorna para sua terra natal, mas antes passa pela Holanda e Bélgica. Nesta época a peste assolava a região e Macário na sua caminhada de retorno prestava ajuda aos doentes. Faleceu antes de chegar a Antioquia, quando estava atendendo aos doentes, provavelmente no século IX.
  8. • Macário de Jerusalém (séc. III, Região da atual Israel - 335, Jerusalém) - Bispo - 10/03 Nasceu na região que é o atual estado de Israel, no séc. III. Foi bispo e viveu momentos difíceis em razão da perseguição aos Cristãos, de 305 a 311, quando foi suspensa por ordem do imperador Galerio. Macário finalmente pode trabalhar em favor da Fé e solicita aos soberanos a permissão para demolir um capitólio, construído pelos romanos exatamente sobre o local da sepultura de Nosso Senhor Jesus Cristo, quando foi atendido. Neste mesmo local anos depois foi construída a Basílica da Ressurreição. Macário combateu com energia a doutrina ariana. Faleceu em Jerusalém, no dia 10 de março de 335.
  9. • Macartino (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/11
  10. • Macedônio (?, ? - ?, ?) - 24/01
  11. • Madelgésilo (?, ? - ?, ?) - 30/05
  12. • Madrono (?, ? - ?, ?) - 17/05
  13. • Magnerico (?, ? - ?, ?) - Bispo - 25/07
  14. • Mágno (?, ? - 258, Itália) - Mártir - 06* ou 07/08 Nasceu em local e data não identificada por nós. Era diácono e auxiliar do Papa Sixto II, eleito em 257. Nesta época Valeriano praticava uma violenta perseguição aos Católicos e por essa razão as Missas ocorriam as escondidas. Foi durante uma destas Missas, no cemitério da Via Ápia que ele e seus companheiros foram presos e ali mesmo martirizados. Faleceram em Roma, martirizados, no mês de setembro de 258. São eles os mortos: Agapito, Felicíssimo, Janeiro, Magno, Vicente e Estevãos, todos Santos, além do Papa Sisto II, que teve um pontificado de apenas um ano.
  15. • Mágno de Órcades (?, ? - ?, ?) - Mártir - 16/04
  16. • Maimbodo (?, ? - ?, ?) - Mártir - 23/01
  17. • Majólo (?, ? - ?, ?) - Abade - 11/05
  18. • Majórico (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com sua mãe Santa Dionísia - 06/12
  19. • Malaquias (?, ? - ?, ?) - Profeta do Antigo Testamento - 18/12
  20. • Malaquias de Armagh (?, ? - ?, ?) - Bispo - 03/11
  21. • Malco (?, ? - ?, ?) - 21/10
  22. • Malo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 15/11
  23. • Malbúrio (?, ? - ?, ?) - Abade - 21/04
  24. • Mamede (?, ? - ?, ?) - Mártir - 17/08
  25. • Mamerto (?, ? - ?, ?) - Bispo - 11/05
  26. • Manaem (?, ? - ?, ?) - Profeta - 11/05
  27. • Manetto (?, ? - ?, ?) - Fundador da Ordem dos Irmãos Servitas juntamente com São Bonaiuto, São Bonfilio, Santo Ugoccio, São Sotênio e Santo Aleixo Cada um tem data própria de comemoração; a Festa da Ordem é em (18/02) - 28/09?
  28. • Manoel Morales (?, ? - ?, ?) - Mártir no México - 21/05

  29. • Mansueto (?, ? - ?, ?) - 06/09
  30. • Manuel González Garcia (1877, Espanha - 1940, Espanha) - Mártir - ??/?? Nasceu em Sevilha, na Espanha, no ano de 1877. Ingressou na vida religiosa e logo que concluiu os estudos, já como sacerdote, fundou a Obra das Três Marias e dos Discípulos de São João. Esta não foi a única obra que fundou, mas agora como bispo de Málaga, Espanha, organizou e fundou a União Eucarística Reparadora e a Congregação das Irmãs Missionárias Eucarísticas de Nazaré. Também era escritor, com temas como a catequese e a eucaristia. Veio a guerra civil espanhola, quando foi preso por revolucionários, estes também queimaram a sede episcopal, bem como muitas igrejas. Faleceu, assassinado, em Madri, na Espanha, do ano de 1940. Foi Canonizado pelo Papa Francisco, no dia 16 de outubra de 2016.
  31. • Manuel (?, ? - ?, ?) - 01/01
  32. • Manuel (?, ? - ?, ?) - 17/06
  33. Manuel González García (?, Espanha - ?, Espanha) Fundador - Nasceu em local e data não identificada por nós. Foi Bispo de Palência, Espanha. Fundou a União Eucarística Reparadora e também a Congregação das Irmãs Missionárias Eucarísticas de nazaré. Faleceu em data e local não identificados por nós. Canonizado pelo Papa Francisco, no dia 20 de junho de 2016.
  34. • Manuel Le Van Phung (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  35. • Maomolino (?, ? - ?, ?) - Bispo - 16/10
  36. • Mapálico (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 17/04
  37. • Marão (?, ? - ?, ?) - Abade - 14/02
  38. • Marão (?, ? - ?, ?) - Mártir - 15/04
  39. • Marçal (?, ? - ?, ?) - 30/06
  40. • Marçal (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Januário e São Fausto - 13/10

  1. • Marcelino (séc. III, ? - 303/4*, Roma) - Papa e mártir - 02/06 Nasceu em local não identificado por nós, no século III. Marcelino era sacerdote e atuava em Roma, sua fama era muito grande e era respeitado por todos. Atua ao lado de Pedro, sacerdote exorcista, não se trata do Apóstolo São Pedro. Os dois tinham um trabalho muito bom e converteram muitos pagãos. Acontece que naquela época o imperador Diocleciano estava em plena perseguição aos Cristãos e para conseguir seu intento incentivava a denúncia. Foi exatamente uma denúncia que provocou a prisão dois sacerdotes e enquanto aguardavam julgamento, no cárcere, conheceram Artêmio, pessoa que ocupava a função de responsável pela prisão. Eles puderam observar que Artêmio estava muito abatido e inconformado, então perguntaram a um dos guardas o que ocorria e ele disse que a filha de Artêmio estava muito enferma, à beira da morte e que, apesar de ter ao seu lado os melhores médicos, nenhum conseguia curá-la. Os dois concluíram que a jovem estava possessa. Foi quando explicaram para o guarda a Fé em Jesus Cristo, sua Paixão e morte. O guarda levou as informações ao líder da prisão, mas ele após procurar Marcelino e Pedro, preferiu não dar ouvidos às explicações dos dois sacerdotes. Naquela mesma noite Artêmio ficaria surpreso ao presenciar um milagre em sua prisão. Durante a noite, um Anjo do Senhor, libertou Pedro quebrando as correntes que o prendiam e abriu as grades das celas e conduziu Pedro até a casa da jovem. Chegando à casa em companhia de Artêmio. Este apresentou a Pedro sua esposa e os dois passaram a ouvi-lo, atentamente conheceram a palavra de Nosso Senhor Jesus Cristo, fato que os levaram à conversão. Então Pedro foi até a jovem e a libertou, proporcionando a sua cura.Artêmio então, agradecido e convertido, ordena que os dois sejam libertados, porém esta atitude provocou a ira de seus superiores e do imperador. Nova ordem de prisão é dada e poucos dias depois os dois são presos e julgados. O julgamento, como sempre, era forjado, e os dois condenados. A ordem de prisão também era para Artêmio e sua família, mas estes foram protegidos e escondidos pelos Cristãos. O casal passou a evangelizar e converter. A perseguição foi tão intensa que pouco tempo depois também foram presos, condenados e mortos. Artêmio foi decapitado e sua esposa e filha enterradas vivas. O prefeito ordena que os dois sacerdotes fossem decapitados fora da cidade, pois temia uma reação popular. Faleceram em Roma, decapitados em uma floresta, no dia 02 de junho de 304. A população escondeu seus corpos em uma gruta, local que mais tarde foi descoberto e construída uma basílica em homenagem aos dois e ele recebeu o nome de Basílica de São Marcelino e São Pedro.
  2. • Marcelino (?, ? - 290, Roma) - Mártir juntamente com São Marcos - 18/06 Nasceu em local e data não identificados por nós. Pouquíssima, ou melhor, quase nenhuma, sobre estes Santos, Marcos e Marcelino. Faleceu em Roma, martirizado, provavelmente no ano 290. Sua tumba está na Igreja de Santa Balbina.
  3. • Marcelino Champagnat (1789, França - 1840, França) - Fundador - 06/06 Nasceu na França, no dia 20 de maio de 1789. Sua família era muito religiosa, uma desta demos tração de Fé era a rotina de orar o Rosário todos os dias e a leitura sobre a vida dos Santos e Santas, por parte de sua mãe. Também vivia em sua casa uma tia que havia sido expulsa do Convento quando da Revolução Francesa, momento que muitos Cristãos foram perseguidos. Neste ambiente cresceu Marcelino e em 1805 ingressou no Seminário Menor de Virriéres. Foi ordenado padre em 1816 e para agradecer a Nossa Senhora Santíssima foi para Fourviéres. Fundou um instituto no dia 02 de janeiro de 1817 e a casa foi dedicada a Nossa Senhora de L'Hermitage. Faleceu na Alemanha, no dia 06 de junho de 1840. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no dia 19 de abril de 1999.
  4. • Marcelino de Cartago (?, ? - 413, África) - Mártir - 06/04 Nasceu em local e data não identificado por nós. Marcelino era um funcionário do Império Romano e ocupava dois cargos importantes. O primeiro cargo era o de tabelião e o segundo de tribuno, os dois cargos eram ocupados em Cartago, região compreendida pela atual Tunísia. Por sua função Marcelino era uma espécie de intermediário entre o povo e o governo romano. Quando Diocleciano ordena a queima dos livros sagrados os Cristãos passaram a ser vítimas dos dois lados, aquele que entregava os livros era visto como traidor do Cristianismo e aquele que se recusava era perseguido pelos políticos. Era muito religioso e tinha grande amizade com o bispo Agostinho (Santo). No ano de 411 Marcelino se opõe aos hereges donatistas, por esta razão foi preso e condenado à morte. Faleceu na África, no ano 413. Sua morte foi uma armação daqueles que ele fazia oposição. Quase um anos depois de seu martírio as autoridades romanas perceberam que houve um grande erro e o próprio imperador romano Honório reconhece o erro judicial.
  5. • Marcelino de Embrum (?, ? - ?, ?) - 20/04 ou 06/04
  6. • Marcelmo (?, ? - ?, ?) - 14/07
  7. • Marcelo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 27/08
  8. • Marcelo I (? - 309, Roma) - Papa mártir - 16/01 Nasceu em local e data não identificado por nós. Não há muitas informações sobre este Santo, caso a obtenhamos iremos atualizar esta página. Marcelo é um dos religiosos encarregados pela reorganização da Igreja após a terrível perseguição promovida por Diocleciano, mas seu trabalho foi interrompido por outra perseguição, agora por parte de Maxêcencio, quando foi exilado e obrigado a trabalhar em sua Igreja como escravo, pois o local foi transformado em uma estribaria. Faleceu em Roma, martirizado, em função das torturas e maus tratos, no ano 309.
  9. • Marcelo Acemeta (?, ? - ?, ?) - Abade - 29/12
  10. • Marcelo Centurião (?, ? - ?, ?) - 30/10
  11. • Marcelo de Apaméia (?, ? - ?, ?) - Bispo mártir - 14/08
  12. • Marcelo de Paris (?, ? - ?, ?) - Bispo - 01/11
  13. • Marcial (?, Espanha - 303/304?, Espanha) - Mártir juntamente com a Santa Engrácia e mais 17 companheiros, são eles: Fausto, Januário, Apodêmio, Cassiano, Luperco, Félix, Urbano, Ciciliano, Evêncio, Primitivo, Maturino, Júlio, Quintiliano, Públio, Frontón, Obtato e Sucesso - 16/04 Nasceu na Espanha e em data não identificados por nós. Marcial foi uma das vítimas da perseguição aos Cristãos por Diocleciano, quando acompanhava Engrácia (Santa), mais 17 cavaleiros, todos foram presos, torturados e condenados à morte. Em conjunto os seus companheiros seguem os passos de Engrácia e renegam os deuses pagãos de Diocleciano e confirmam a Fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Faleceu em Saragossa, na Espanha, martirizado, em 303 ou 304.
  14. • Marcial (Marçal) de Limoges (?, França - séc. III, França) - Bispo - 30/06 Nasceu na França, em data não identificada por nós. Marcial Viveu na Região de Limoges, na França, durante o século III. Conta a história que junto com seus dois Sacerdotes Alpiniano e Austricliniano (ambos Santos) pregaram por toda aquela região. Durante suas atividades eram registrados diversos milagres. Faleceu em Limoges, na França, no século III.
  15. • Marciano José (?, ? - ?, ?) - Mártir da Espanha - 09/10
  16. • Marciano (?, ? - , ?) - 10/01
  17. • Marciano (?, ? - , ?) - 20/04
  18. • Marciano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Nicandro * - 17/06
  19. • Marciano (?, ? - , ?) - 02/11
  20. • Márcio (?, ? - ?, ?) - Abade - 13/04
  21. • Marcos (?, ? - 290?, Roma) - Mártir juntamente com São Marcelino - 18/06 Nasceu em local e data não identificados por nós. Pouquíssima, ou melhor, quase nenhuma, sobre estes Santos, Marcos e Marcelino. Faleceu em Roma, martirizado, provavelmente no ano 290. Sua tumba está na Igreja de Santa Balbina.
  22. • Marcos I (?, ? - ?, ?) - Papa - 07/10
  23. • Marcos Chong Ui-bae (?, ? - ?, ?) - Mártir da Coréia - 20/09
  24. • Marcos de Aretusa (?, ? - ?, ?) - 29/03
  25. • Marcos de Aretusa (?, ? - ?, ?) - Bispo - 29/03
  26. • Marcos Evangelista (séc. I, ? - 86, Egito) - Mártir - 25/04 Nasceu em local não identificado por nós, provavelmente no início do séc. I. Sabe-se que marcos era Judeu e filho de Maria de Jerusalém. segundo a tradição Católica foi Batizado pelas mãos de Pedro (Santo e Apóstolo de Jesus). Ainda criança pode presentear em sua casa as reuniões dos Apóstolos com Nosso Senhor Jesus Cristo e de outros Cristãos. Foi exatamente na sua casa o local da realização da Última Ceia e o momento da instituição da Eucaristia. Na sua casa também foi o local onde os Apóstolos recebem a visita de Jesus, como Espírito Santo após sua Morte e Ressurreição. Foi um dos discípulos de São Pedro e também assistente de São Paulo e São Barnabé. Mais tarde acompanha São Pedro até Roma. Em outra época São Paulo preso pela segunda vez escreveu para Timóteo solicitando a ajuda de uma pessoa e Marcos novamente vai a Roma. Ele também é o autor do segundo Evangelho, pois além de conviver com os Apóstolos conheceu pessoalmente Jesus Cristo. Viajou após a morte de São Pedro e São Paulo para o Chipre, Ásia Menor e Egito. Faleceu em Alexandria, martirizado, no dia da Páscoa, , durante uma Missa e no momento da Celebração do Santo Sacrifício, no ano 86 d.C. Seus restos mortais foram alguns anos depois transladados para Veneza, na Itália.
  27. • Marcos Ki-Tien-Siang (?, ? - ?, ?) - Mártir Da China - 09/07
  28. • Marcos Krisini (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Estevão Pongrac e São Melquior Grodzieki - 07/09
  29. • Marcos Túlio Marezzo Rappo (?, ? - ?, ?) - 01/07
  30. • Marculfo (?, ? - ?, ?) - Abade - 01/05
  31. • Margarido Flores Garcia (?, ? - ?, ?) - Mártir do México - 21/05
  32. • Mari (?, ? - ?, ?)- Bispo - 05/08
  33. • Mariano* (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Tiago - 30/04
  34. • Mariano (?, ? - séc.VIII, Constantinopla) - Mártir juntamente com São Juliano e Oito Companheiros - 09/08 Nasceu  em Roma, em data não identificado por nós. Sabe-se que estes Santos, Marino e Astério, foram perseguidos por grupos de hereges iconoclastas iniciada por Leão Isáurico, ou ainda, Leão II. Foram presos e severamente torturados. Durante a tortura os hereges exigiam que eles renegassem o uso de imagens nas Igrejas, mas sabedores que estas tinham um papel importantíssimo para a conversão e divulgação das passagens da Bíblia e da vida de Santos e Santas, pois a maioria da população, mesmo as mais abastadas eram analfabetos. Como não conseguiram persuadi-los com a violência física da tortura, os condenaram á morte. Faleceram em Constantinopla, martirizados, provavelmente decapitados, no século VIII.
  35. • Mariano (Séc. VII ou VIII - 743, Espanha) - Mártir juntamente São Vítor* e Santo Alexandre  - 17/10 Nasceu na Espanha, no século VII ou VIII. Não obtivemos informações sobre sua vida, apenas que trabalhavam com o bispo de Baeza, Espanha, Vítor. Foi preso juntamente com seus companheiros Vitor e Alexandre. Faleceu por decapitação, em Baeza, Espanha, no dia 17 de outubro de 743.
  36. • Marino (?, Roma - 262, Palestina) - Mártir juntamente com Santo Astério - 03/03 Nasceu em Roma, em data não identificada por nós. Os poucos relatos que chegaram aos nossos dias contam que Astério era um senador romano e que foi transferido para a Palestina com o objetivo de auxiliar na administração do império, sempre justo e humano. Logo após assistir ao martírio de Marino (Santo). Quando este já estava morto recolheu seus restos mortais e garantiu um sepultamento digno de um Cristão. Isso bastou para que também fosse condenado e martirizado, por também ter admitido ser fiel a Cristo. Faleceu na Palestina, martirizado em praça pública, no ano de 262.
  37. • Marino (?, ? - ?, ?) - 08/08  
  38. • Marino (?, ? - ?, ?) - 04/09  
  39. • Mário (?, ? - ?, ?) - Abade - 27/01
  40. • Mário* (? séc.III, ? - séc. III, Roma) - Mártir juntamente com o Santo Audifax, Santa Marta e Santo Ábaco - 19/01 Nasceu  em local não identificado por nós, durante o séc. III.  A tradição conta que Mário, Marta, Audifax e Ábaco estavam em peregrinação partindo da Pérsia para Roma com a intenção de venerar os túmulos dos Apóstolos Pedro e Paulo. Já em Roma, nos arredores da cidade, se dispuseram a ajudar um sacerdote, chamado Valentin, que enterrava os corpos de duzentos e sessenta mártires que haviam sidos decapitados. Como de hábito responsáveis pelos assassinatos abandonaram os corpos ao lado da estrada para servirem de exemplo. Quando enterravam os corpos foram flagrados e presos. Todos os cinco foram mortos, não apenas por enterrar os mortos, mas principalmente por não aceitarem a prestar homenagem a um deus pagão. Faleceu em Roma, no séc. III.

  1. • Marquelmo (?, ? - ?, ?) - Mártir - 14/07
  2. • Martinho (?, ? - ?, ?) - 24/10
  3. • Martinho (?, ? - ?, ?) -Eremita - 03/08
  4. • Martinho de Braga (ou de Dumio, ou ainda, Dumiense) (?, Hungria - 580, ?Espanha) - Arcebispo - 20/03 Nasceu em região que nos nossos dias é parte da Hungria, em data não identificada por nós. Sobre sua infância nada obtivemos. Foi monge na Terra Santa por algum tempo e mais tarde transferiu-se para a Península Ibérica. Foi ordenado bispo de Braga e de toda a Espanha. Dedicava-se à evangelização oral e escrita. Por sinal, Martinho, que era um grande escritor e erudito, deixou grandes obras. Faleceu provavelmente na Espanha, mas esta informação não pode ser confirmada, no ano de 580.
  5. • Martinho de Lima (ou de Porres) (?, Peru - 1639 - Peru) - Religioso - 03/11 Nasceu na Espanha, em data não identificada por nós. Seu pai era um nobre espanhol e sua mãe uma panamenha de origem africana. Ingressou como oblato em um Convento Dominicano, na cidade de Lima, no Peru, aos 15 anos de idade. Algum tempo depois professou sua Fé como irmão leigo. Naquele local dedicou-se a todo tipo de trabalho necessário para a manutenção do Convento, de faxineiro, porteiro até enfermeiro. Como enfermeiro tinha grande capacidade para tratá-los, promovendo desta maneira a sua cura. No entanto todo doente tratado por ele tinha na sua Alma a Palavra de Deus proferida pelo religioso Martinho. Durante seu momento de descanso o dedicava às orações, jejum, autoflagelação e severas penitências. Recebeu a graça de Deus da cura e do milagre através de sua intercessão. Foram muitos os milagres. Este dom começou a perturbar o sossego do Convento, pois eram muitos os fieis que o procuravam. Por esta razão o bispo o proibiu de interceder junto ao Pai para obter milagres, mas durante uma caminhada pelo centro de Lima, presenciou a queda de um pedreiro de um andaime bem alto. Martinho solicitou ao ferido que o aguardasse naquela posição que ele logo voltaria. Dirigiu-se rapidamente à casa do bispo e pediu-lhe autorização para pedir ao Pai uma ajuda para aquele pobre homem. De imediato o bispo autorizou. Aconteceu que o homem ficou parado no ar até a chegada de Martinho que com calma o fez chegar ao chão lentamente e sem se ferir. Faleceu em Lima, no Peru, no ano 1639.
  6. • Martinho de Santa Cruz (?, ? - ?, ?) - 12/01
  7. • Martinho de São Nicolau (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Mechior de Santo Agostinho - 11/12
  8. • Martinho de Tours (?, França - 397, França) - Bispo - 11/11 Nasceu provavelmente na França, em data não identificado por nós. Seu pai, um oficial romano, que serviu em Panônia, atual Hungria. Pode ter nascido nesse país, mas outros historiadores apontam a Itália. Como o pai ingressou cedo nas forças romanas, mas logo descobriu sua verdadeira vocação, foram dois anos trabalhando no exército após ter sido Batizado e convertido. Resolveu abandonar tudo e seguir para uma vida de isolamento, para que pudesse seguir os caminhos da Fé solicitou a Hilário de Poitiers (Santo) e esse aceitou ser seu orientador espiritual. Alguns anos de pois foi eleito bispo de Tours, na França. Nesse cargo fundou o Mosteiro de Marmoutier. O local foi muito procurado pela sua organização e pelas ações missionárias. Até um futuro Santo foi formado naquele Mosteiro, como Patrício (Santo) que foi responsável pela evangelização na Irlanda. Faleceu na França, no cargo de bispo em 397. Era tão respeitado que após sua morte vários povoados e igrejas o adotaram como patrono.
  9. • Martinho Huin (?, ? - ?, ?) - Mártir da Coréia - 20/09
  10. • Martinho Loynaz da Assunção (1567, Espanha - 1597, Japão) - Mártir - 05 ou 06/02 Nasceu em Vergara, Região de Guipuscoa, na Espanha, no ano 1567. Formou-se em filosofia e letras durante a formação religiosa que concluiu em 1586. Foi em 1592 enviado ao México, depois Filipinas , China e finalmente o Japão, era 1596. Foi morar em Nagasaki e depois em Osaka. Foi preso juntamente com mais cinco companheiros durante a perseguição aos religiosas católicos. Na prisão foi torturado para negar a sua Fé, mas como se recusava teve amputado seu nariz e as orelhas. Condenados á morte, foram levados em desfile para Nagasaki, passando por várias cidades e vilas. Naquela cidade já estavam aguardando a morte vinte e quatro leigos católicos. Faleceu em Nagasaki, no Japão, martirizado, por crucificação, no dia 05 de fevereiro de 1597. Foi Canonizado pelo Papa Pio IX, no ano 1862.
  11. • Martinho I (590, Itália - 655, Rússia) - Papa mártir - 13/04 Nasceu em Todi, na Toscana, na Itália, no ano 590. Infelizmente nada conseguimos sobre sua infância e ingresso na vida religiosa. Martinho era padre em Roma, local que desenvolvia um bom trabalho. Naquela época, ano 649, o Papa Teodoro veio a falecer, quando Martinho foi eleito Papa. A época exigia alguém que tivesse mãos fortes para governar a Igreja, pois havia muito problemas e combateu os hereges. O imperador Constante II havia publicado, em 648, documento apoiando os hereges. Martinho I convocou logo que assumiu um dos maiores Concílios já realizado pela Igreja. Durante esse evento foi aprovado a condenação de todas as teses defendidas pelos hereges. Constante II ficou muito irado e desejoso de vingança, por essa razão ordenou a prisão de Martinho I e astutamente planejou sua morte. Martinho estava rezando uma Missa e no momento da Eucaristia, ao entregar a Santa Comunhão, a um escudeiro do rei, quando esse sacou de seu punhal para matá-lo, milagrosamente ficou cego. O escudeiro se arrependeu e passou a ser um aliado do Papa, aconteceu que Olímpio, o escudeiro, veio a falecer pouco tempo depois vítima da peste. Mais uma vez Constante II ordenou a prisão do Papa, mas para julgá-lo o transferiu para Bósforo, o local é um estreito que separa a Europa da Ásia, nas proximidades de Istambul, Turquia. Foram quinze meses de viagem, tortura e agressão. Ao chegar à localidade foi colocado em exposição pública totalmente despido para que fosse humilhado, ofendido e desmerecido. Logo em seguida foi transferido para um calabouço, abandonado, sem alimentação adequada e sem a mínima higiene. Foi finalmente levado a julgamento, com o resultado predefinido, foi condenado ao exílio na Criméia, região ao sul da Rússia. Foi transferido em março de 655 em uma viagem que durou dois meses, mais uma vez agredido, ofendido, torturado... No exílio não era alimentado adequadamente e essa ordem partira do imperador que desejava a sua morte e eximir-se da culpa pela morte do Papa. Faleceu na Rússia, de fome, no dia 16 de setembro de 655.
  12. • Martinho Ta Duc Thinh (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  13. • Martinho Tho (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  14. • Martinho Wu Xuesheng (?, ? - ?, ?) - Mártir da China - 09/07
  15. • Martiniano (séc.IV, Palestina - 400, Grécia) - Eremita - 13/02 Nasceu em Cesaréia, na Palestina, no séc. IV. Desde pequeno era dedicado a Deus e Seus Ensinamentos. Aos dezoito anos ingressou numa Comunidades de Eremitas. Era uma pessoa muito inteligente, de comunicação fácil e sábia, por esta razão seu nome passa a ser conhecido em toda a região, em conseqüência desta "fama" é procurado por muitas pessoas em busca de orientação espiritual, conselhos, expulsão de maus espíritos e a cura de doenças. Um dia é procurado por uma jovem cortesã, de nome Cloé, Uma jovem riquíssima que levava uma vida nada recomendável e altamente ambiciosa. Sua descrença no mundo de Deus era tão grande que fez uma aposta com as pessoas de seu convívio e que compartilhavam ao seu lado daquele tipo de vida que tiraria o monge Martiniano do caminho Divino. Com muita astúcia trocou suas roupas luxuosas por farrapos e se dirigiu ao local onde o monge atendia. Chegando lá fingindo humildade, cansaço e estar com fome, pede abrigo. Martiniano a acomoda em sua casa e passa a usar os aposentos dos fundos. Era seu costume rezar todos os dias, para só então iniciar seu descanso. Como Cloé ocupava a casa, ao acordar inicia seu intento, a de desencaminhar Martiniano, por esta razão veste uma roupa bastante sensual e de maneira provocante aguarda a chegada do monge a seus aposentos. Quando Martiniano acorda logo se lembra da hóspede e vai verificar se ela está bem. Quando adentra o quarto é surpreendido pela jovem que de todas as formas ardis e ousadas tenta seduzi-lo. Martiniano então, de maneira convincente demonstra à jovem cortesã que aquela vida não era digna e consegue convertê-la. Cloé arrependida decide viver num convento, mais precisamente no Convento de Santa Paula, na cidade de Belém, local onde viveu o resto de seus dias deixando de lado a sua riquesa. Martiniano conseguira vencer a tentação decide mudar-se daquele local para uma ilha em isolamento. Acontece que em certa data um navio que navegava próximo a ilha naufraga. Uma jovem passageira, de nome Fotinia, consegue se salvar e lhe pede abrigo. Para não ser tentado o monge acolhe a jovem e parte a nado para o distante continente. Segundo a tradição Católica, Deus o conduz à terra firme fazendo uso de dois golfinhos com a função de levá-lo são e salvo ao continente. Após este ocorrido decide tornar-se um andarilho e desta maneira evitar novas tentações. Como andarilho pregava, aconselhava, curava e orientava todos que o procuravam espiritualmente. Sua caminhada o conduz para Atenas, na Grécia, e durante a caminhada pára numa Igreja da Cidade, solicita os Sacramentos e logo em seguida faleceu. Faleceu na Grécia, no ano 400.
  16. • Martiniano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Processo - 02/07
  17. • Martiniano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com companheiros - 16/10
  18. • Martírio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Sissínio * e Santo Alexandre - 29/05
  19. • Marutas (?, ? - ?, ?) - Bispo - 04/12
  20. • Masona (?séc. VI, Espanha - 606, Espanha) - 01/11 Nasceu em Mérida, Espanha, provavelmente em meados do séc. VI. Sabe-se que era ariano e que se converteu ao Catolicismo quando passou a viver em um Mosteiro. No Mosteiro foi nomeado Bispo. Soube trabalhar em prol da Fé, mesmo enfrentando os arianos e pagãos, não em briga ou luta, mas conciliando e convertendo. Participou como assistente do Concílio de Toledo (589). Construiu igrejas, mosteiros e um hospital. Faleceu no Mosteiro, na Espanha, no ano 606.
  21. • Materno de Colônia (séc. IV, ?Palestina - séc. IV, Alemanha) - 14/09 Nasceu provavelmente na Palestina, no séc. IV. Partiu da Palestina até chegar em Trevire, na Alemanha, local onde foi criada a primeira sede episcopal Cristã da Alemanha. Foi então eleito bispo de Colônia, quando atuou como grande pacificador, da Alemanha até o norte da África. Amigo do imperador Constantino intermediou várias negociações entre a Igreja e o imperador, bem como conflitos internos entre religiosos. Tinha em Trevire a fama de ser Santificado, por esta razão além de ser muito respeitado era extremamente admirado. Faleceu na Alemanha, no séc. IV. A população após prestar a última homenagem o sepultou na Catedral de Trevire.
  22. • Mateus (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Gusmeu - 11/09
  23. • Mateus Alonso de Leciniana (?, ? - ?, ?) - Mártir no Vietnã - 24/11
  24. • Mateus Correa Magalhães (?, ? - ?, ?) - Mártir do México - 21/05
  25. • Mateus Evangelista (ou Apóstolo) (?, Palestina - séc. I, ?Etiópia) - Apóstolo mártir - 21/09 Nasceu em Carfanaum e tinha o apelido de Levi, em data não identificada por nós. Era cobrador de impostos e quando estava sentado recebendo os impostos, Jesus passa ao lado dele, o vê e diz: "Segue-me!" De imediato ele se levanta e passa a seguir Jesus. Em comemoração oferece em sua casa um banquete quando Jesus passa por uma indagação de alguns convidados que dizem: "Como pode sentar-se com publicanos e pecadores". Jesus responde: "Não são os que tem saúde que precisam de médico, e sim os doentes... Com certeza eu não vim chamar os justos, mas os pecadores." Após a morte de Jesus, São Mateus foi para a Arábia, onde pregou e converteu muita gente. Em seguida foi para a Pérsia, sua pregação naquele país incomodou os sacerdotes pagãos e provocou uma violenta perseguição. Conta a tradição que ele teria sido preso e na prisão teve seus olhos arrancados, mas Deus não deixou um de seus Apóstolos desprotegido. Enviou um Anjo que o curou, fazendo com que voltasse a enxergar e foi liberto. Responsável pela escrita do primeiro dos quatro Evangelho. Aconteceu que o príncipe herdeiro, que estava enfermo, veio a falecer. Mateus foi chamado ao palácio e levado ao corpo do jovem. Junto ao corpo começou a orar e o jovem príncipe ressuscitou. Todos que presenciaram a cena ficaram espantados e até com medo. Este acontecimento facilitou a sua pregação e a efervescência Cristã tomou conta da região. Ainda segundo a tradição, o rei Hirtaco, sobrinho do rei Egipo, queria se casar com uma jovem, mas esta recusou seu pedido. Então o rei Hirtaco procurou Mateus para que ele intercedesse junto a Deus Pai e Filho e a jovem. Mateus se recusou, pois a jovem havia feito uma profissão de Fé a Deus Pai e Filho. o rei irado ordenou a morte de Mateus. Faleceu provavelmente na Etiópia, martirizado quando rezava a Santa Missa, no século I.
  26. • Mateus Koyoie (?, ? - ?, ?) - Mártir do Japão - 28/09
  27. • Mateus Le Van Gam (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  28. Mateus Moreira (?, ? - ?, ?) - Mártir brasileiro juntamente com o Padre *André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro e 27 companheiros - 03/10 Nasceu em local e data não identificados por nós. Consta que durante a invasão holandesa ao Rio Grande do Norte, que eram calvinistas, assassinaram todos aqueles que eram cristãos católicos. Faleceram, martirizados, em Cunchaú e Uruaçú, RN - Brasil, no 16 de julho e outros em 03 de outubro de 1645. Canonizados pelo Papa Francisco, em 15 de outubro de 2017.
  29. • Mateus  Nguyen Van Phuong (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã
  30. • Matias (?, ?Palestina - séc. I, ?Etiópia) - Apóstolo - 14/04 ou 14/05 Nasceu provavelmente na Palestina, em data não identificada por nós. Matias foi o eleito pelos Apóstolos para substituir Judas Iscariotes após o traidor ter se enforcado e a morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. O que se sabe é que Matias já acompanhava Jesus em suas pregações, provavelmente presenciou muitos milagres e esteve presente durante a ressurreição. Foi eleito pelos Apóstolos após lançarem a sorte, pois havia outro indicado, chamado José. Matias evangelizou  na Palestina, Judéia, Capadócia e Etiópia. Durante a sua peregrinação foi duramente perseguido e depois martirizado. Faleceu provavelmente, segundo estudos mais recentes, em Colchis, região costeira do Mar Negro, na Ibéria apedrejado e depois decapitado, no século I.
  31. • Matias Fan-te (1855, China - 1900, China) - Mártir - 06/07 Nasceu na China, no ano 1855. Ingressou no Seminário da Terceira Ordem Franciscana, pois era grande devoto daquele Santo e principalmente pelo seu voto de pobreza. Foi muito dedicado e era um ótimo evangelizador. Quando começou a perseguição aos Cristãos foi preso e condenado. Faleceu na China, martirizado, juntamente com seus irmãos de Fé, no ano 1900.
  32. • Matias Feng De (?, ? - ?, ?) - Mártir da China - 09/07 .
  33. • Matias de Meaco (?, Japão - 1597, Japão) - Mártir - 24/02 Nasceu no Japão, em data por nos ignorada. Sabe-se que ele foi um grande colaborador dos padres Franciscanos que trabalhavam na pregação, evangelização e nos cuidados quanto a saúde da população mais carente. Quando foram presos estavam em oração. Um dos guardas que os prenderam para conferir se todos estavam presentes faz uma chamada individualizada e deram por falta de uma pessoa chamada Matias, naquele mesmo momento Matias de Meaco se apresentou como Cristão e que ele substituiria seu irmão de Fé. Foi uma atitude espontânea, mas o soldado lhe responde que ele não era o condenado e que não poderia ser preso. Matias insistiu e garantiu ser amigo e irmão de Fé dos Franciscanos. Neste momento o guarda aceita sua argumentação e o integra ao grupo de presos. Como todos os prisioneiros teve sua orelha esquerda decepada. Conduzidos em cortejo para Nagasaki para cumprimento da condenação. Faleceram em Nagasaki, Japão, martirizados, por crucificação, no dia 05 de fevereiro de 1597.
  34. • Maturino (?, Espanha - 303/304?, Espanha) - Mártir juntamente com a Santa Engrácia e mais 17 companheiros, são eles: Fausto, Januário, Apodêmio, Cassiano, Luperco, Marcial, Urbano, Ciciliano, Evêncio, Primitivo, Félix, Júlio, Quintiliano, Públio, Frontón, Obtato e Sucesso - 16/04 Nasceu na Espanha e em data não identificados por nós. Apodêmio foi uma das vítimas da perseguição aos Cristãos por Diocleciano, quando acompanhava Engrácia (Santa), mais 17 cavaleiros, todos foram presos, torturados e condenados à morte. Em conjunto os seus companheiros seguem os passos de Engrácia e renegam os deuses pagãos de Diocleciano e confirmam a Fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Faleceu em Saragossa, na Espanha, martirizado, em 303 ou 304.
  35. • Maturino (?, ? - ?, ?) - 01/11
  36. • Maudez (?, ? - ?, ?) - Abade - 18/11
  37. • Mauel Nguyen Van Trieu (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã
  38. • Maugoldo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 27/04
  39. • Maurélio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/05
  40. • Maurício (?, ? - ?, ?) - 10/07
  41. • Maurício (séc. III, Egito - séc. III, região da atual Suíça) - Mártir juntamente com seus Companheiros (da Legião Tebana) - 22/09
  42. Nasceu provavelmente no Egito, durante o séc. III.
  43. Maurício era comandante de uma tropa Cristã. Quando Diocleciano tomou posse como imperador, nomeou Maximiniano governador do ocidente e deu-lhe a missão de combater os exércitos gálios, atual França. Para reforçar sua tropas o imperador convocou o batalhão comandado por Maurício, mesmo sabendo que eram Cristãos. As tropas de Maurício foram combater numa região, onde atualmente é a Suíça. Foram várias as batalhas e sempre vitoriosas.
  44. Numa certa data, quando ouve uma pequena pausa nas batalhas de três dias as tropas de Maurício se deslocaram para Octodorum, Suíça, para descansar. Aconteceu que o imperador determinou que estes três dias seriam dedicados aos deuses pagãos, por isso determinou que seria feito uma grande festa. Maurício e seus soldados se recusaram prestar homenagens aos deuses pagãos. Esta atitude deixou o imperador irritado e como não conseguiu convencer a tropa e Maurício ordenou que seus exércitos marchassem contra eles e matassem a todos.
  45. Inferiorizados a tropa de Maurício foi brutalmente assassinada.
  46. Faleceram em região da atual Suíça, martirizados, no séc. III.
  47. • Maurício de Carnoët (?, ? - ?, ?) - Abade - 13/10  
  48. • Maurílio de Angers (?, ? - ?, ?) - Bispo - 13/09
  49. • Maurino de Colona (?, ? - ?, ?) - Abade - 10/06
  50. • Mauro da Gália (?, ? - ?, ?) - 27/01
  51. • Mauro de  Casena (?, ? - ?, ?) - 20/01
  52. • Mauro de Troye (?, ? - ?, ?) - 21/09
  53. • Maurúncio (?, ? - ?, ?) - Abade - 05/05

  1. • Maxêncio (?, ? - ?, ?) - Abade - 26/06
  2. • Maximiliano (?, ? - ?, ?) - 22/02
  3. • Maximiliano (?, ? - ?, ?) - Mártir - 12/03
  4. • Maximiliano de Lorch (?, ? - ?, ?) - Bispo mártir - 12/10
  5. • Maximiliano Maria Kolbi (1894, Polônia - 1941, Polônia) - Sacerdote mártir - 14/08 Nasceu em Kolbe, na Polônia, no dia 08 de janeiro de 1894. Seu nome de Batismo era Raimundo. Seu pai era um operário e sua família tinha poucas condições financeiras, no entanto muito religiosa. Ingressou no Seminário Franciscano da Ordem dos Frades Menores Conventuais, nesta época tinha apenas 13 anos de idade. Seus estudos seguiram com qualidade e por esta razão se destacou. Fundou nesta mesma época o apostulado Mariano "Milícia da Imaculada". Vai para Roma onde concluiu seus estudos, e em 1918 é ordenado sacerdote e passou a se chamar Maximiliano Maria. Retornou para a Polônia quando foi designado professor no Seminário Franciscano de Cracóvia. Em 1922 monta uma tipografia Católica para publicar uma revista Mariana para adultos, uma para crianças em latim para sacerdotes e um diário semanal. Todas elas tinham grande tiragem. Outra ação foi a fundação de uma emissora de rádio Católica, nesta época vai ao Japão para ampliar a devoção à Maria Santíssima. Em 1938 tem que retornar ao seu país para cuidar do Seminário e em função do início da Segunda Grande Guerra seu trabalho é aumentado. Em 1939 a Polônia é invadida pelos nazistas. Durante a guerra o padre Maximiliano é preso duas vezes pelos invasores criminosos. Nesta última prisão foi enviado para um campo de concentração de Auschwitz. Em agosto de 1941 houve uma fuga no campo de concentração e os alemães como punição, uma simples desculpa para assassinar, ordena a execução de dez prisioneiros. Um dos presos chamado Francisco Gajowniczek se desesperou chorando berrava que tinha esposa e filhos. Padre Maximiliano pede ao comandante nazista para ir no lugar daquele prisioneiro. O comandante concordando mandou que todos fossem colocados em uma pequena cela subterrânea, nus e sem alimentação. Dos dez três sobreviveram passado duas semanas, entre eles o padre Maximiniano. Como medida máxima o comandante assassino ordena a aplicação de uma injeção com veneno letal nos três. Faleceu naquele campo de concentração, na Polônia, martirizado, quando seu corpo foi cremado, prática comum dos nazistas, no dia 14 de agosto de 1941. Foi Beatificado pelo Papa Paulo VI, no ano 1971. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no dia 10 de outubro de 1982.
  6. • Maximino de Aix (?, ? - ?, ?) - 08/06
  7. • Maximino de Trèves (?, ? - 349, França) - 29/05 Nasceu em local e data não identificado por nós. Era bispo de Trèves quando passa a ser perseguido por ser um grande opositor ao arianismo. Depois quando acolheu corajosamente Atanásio (Santo) bispo da Alexandria, que fora exilado pelo imperador e enviado para Trèves. Muitos problemas apareceram com este ato de acolhimento, mas ele os superou com força e principalmente muita Fé. Faleceu em Trèves, na França, no ano 349.
  8. • Máximo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Tibúrcio * e São Valério - 14/04
  9. • Máximo (?, ? - ?, ?) - Mártir - 30/04
  10. • Máximo (?, ? - ?, ?) - Mártir - 13/06
  11. • Máximo (?, ? - 483, Cartago) - Mártir juntamente com o Abade São Liberato, e mais, São Bonifácio, São Rogatus, São Sétimo (Septimus) e São Servo (Servus) - 17/08 Nasceu em local e data não identificados por nós. Naquela época Liberato era Abade de um Mosteiro próximo a Capsa, no Norte da África. Quando Cartago, atual Tunísia, foi tomada pelos Vândalos. Bonifácio foi uma das vítimas desta invasão juntamente com Abade São Liberato, e mais, São Máximo, São Rogatus, São Sétimo (Septimus) e São Servo (Servus). Faleceu em Cartago, atual Tunísia, martirizado, no ano 483.
  12. • Máximo Confessor (580, Constantinopla - 662, Mar Negro) - Mártir - 13/08 Nasceu em Constantinopla, atual Istambul, no ano de 580. Sobre sua infância nada temos, apenas que nasceu uma família nobre e rica. Era chamado de "O Teólogo", tão grande era a sua fama em Constantinopla durante o século VII. Suas obras desagradavam a algumas autoridades por defender a doutrina Cristã. Foi secretário do imperador Heráclio I até 613. Ingressou na vida religiosa em Crisópolis, Skutori, atual Turquia. No Mosteiro foi inicialmente Monge e depois Abade. Em 626 foge para o norte da África em razão da invasão persa. Defendeu em várias oportunidades o Papa Honório, indo contra as exigências do imperador Constantino II, que favorecia as ideias monotelitas. Foi chamado a Roma em 649 quando pode participar do Concílio Lateranense, convocado pelo Papa Martinho I. Sua participação foi intensa e de qualidade quando defendeu a dupla vontade de Cristo. Essa atitude proporcionou sua prisão e a do Papa. Ambos foram torturados por ordem do imperador Constantino II e em seguida exilou o Papa Martinho I. Máximo foi transferido para Constantinopla e mantido preso entre 653 e 655. na prisão foi torturado para aceitar a doutrina da única vontade de Cristo. Como negou aceitar a imposição, foi exilado para Perberis, onde viveu por seis anos. No ano 661 foi novamente trazido a Constantinopla para ser submetido a interrogatórios, tortura e cárcere. Seus torturadores diante da sua persistência em defender os ideais cristãos foi condenado a mutilação da língua e da mão ou braço direito, existe contradições quanto a essa informação. Foi então novamente exilado para as proximidades do Mar Negro e lá pemaneceu. Faleceu no exílio em Skhemaris, localidade próxima ao Mar Negro, martirizado, no ano 662.
  13. • Máximo de Jerusalém (Séc. III, Palestina - IV, Palestina) - Bispo - 05/05 Nasceu na Palestina, no século III. Assume o lugar de São Macário na igreja e como bispo de Jerusalém, era 311. Foi preso e torturado com violência a ponto de arrancarem um de seus olhos e queimarem seus pés com ferro em brasa. É então condenado a trabalhar em minas. O trabalho forçado e a má alimentação ficou doente. Mais tarde trabalhou com afinco durante o Concílio de Nicéia (325). Ao lado de Santo Anastácio lutou contra o arianismo. Foi bispo durante 20 anos a igreja de Jerusalém. Faleceu em Jerusalém, na Palestina, no séc. IV.
  14. • Máximo de Riez (?, ? - ?, ?) - Bispo - 27/11
  15. • Máximo de Treveris (?, ? - ?, ?) - Bispo - 29/05
  16. • Máximo de Turim (Turm) (Séc. IV, Itália - 423, Itália) - Fundador - 25/06 Nasceu na região de Piemonte, na Itália, após a metade do século IV. Pouquíssimo se sabe sobre sua vida. É considerado o fundador da diocese de Turim, na Itália, quando foi nomeado bispo. Foi discípulo de São Eusébio de Vercelli e de Santo Ambrósio de Milão. Um grande escritor, por essa razão, deixou escrito diversos Sermões e Homilias. Devoto de São João Batista, Máximo procurava agir como ele. Faleceu em Turim, na Itália, no ano 423.
     
  17. • Máximo Takeya (?, Japão - 1597, Japão) - Mártir - 15/02 Sobre nasceu no Japão, em data não identificada por nós. Seu pai Cosme Takeya, também foi um mártir. Quando sua família mudou-se para Meaco puderam conhecer os Franciscanos que vieram das Filipinas. No momento que os conheceu eles já estavam construindo igrejas, hospitais, abrigos e conventos, além de fazer a pregação e a conversão daquele povo. Seu pai era um grande colaborador e interprete e por suas ações é acolhido na Ordem Terceira Franciscana Secular juntamente com sua família, esposa e filho. Sua formação é confiada aos religiosos, pois era desejo deste e do próprio pai, se tornar um sacerdote. Quando o governo local inicia a perseguição aos religiosos e ordena a prisão destes e de seus seguidores, é preso, como os demais teve a sua orelha esquerda arrancada ao fio da espada e levado em cortejo para Nagasaki. Vendo seu pai preso Máximo proclama-se Cristão e que queria ser levado junto com o pai. Um guarda lhe desfere um violento golpe na cabeça provocando seu desmaio. Enquanto Máximo é conduzido para a sua casa e tratado, seu pai é crucificado em Nagasaki, no dia 05 de fevereiro de 1597. Faleceu em Nagasaki, no Japão, em razão do golpe que provavelmente causou-lhe traumatismo craniano, no ano 1597. Canonizado pelo Papa Pio IX, no dia 08 de junho de 1862.
  18. • Medardo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 08/06 Nasceu em Salency, na França, no século V. Ingressou no Mosteiro de Sanit-Quentin, na França. Aos trinta e três anos de idade foi ordenado sacerdote. Foi muito aplicado nos estudos. No ano 530 foi nomeado bispo de Vermandois, na França. Não parou seu trabalho até a morte. Faleceu na França, no século V.
  19. • Mederico (?, ? - ?, ?) - Abade - 29/08
  20. • Medico (?, ? - ?, ?) - 26/06
  21. • Meinolfo (?, ? - ?, ?) - 05/10
  22. • Meinrado (?, ? - ?, ?) - 21/01
  23. • Mel (?, ? - ?, ?) - Bispo - 06/02
  24. • Melaino (?, ? - ?, ?) - Bispo - 06/11
  25. • Melânio (?, ? - ?, ?) - 22/10
  26. • Melchior (?, ? - ?,?) - "Reis Magos"
  27. • Melchior de Santo Agostinho (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Martinho de São Nicolau - 11/12
  28. • Melchior Garcia Sampedro Suarez (?, ? - ?, ?) - Mártir no Vietnã - 24/11
  29. • Melécio (?, ? - ?, ?) - 12/02
  30. • Meleusipo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Eleusipo e Santo Espeusipo - 17/01
  31. • Melitão (?, ? - ?, ?) - 01/04
  32. • Melito (?, ? - ?, ?) - 24/04
  33. • Melório (?, ? - ?, ?) - Mártir - 01/10
  34. • Melquíades (?, ? - ?, ?) - Papa mártir - 10/12
  35. • Melquíades (séc. III, África - 314, Itália) - Papa e Mártir - 10/12 Nasceu na Itália, na primeira metade do século III. Naquela época a perseguição aos Cristãos estava no seu extremo, mas também foi quando o imperador Constantino reconheceu e autorizou a prática do Catolicismo em todo império romano. O período de pontificado de Melquíades foi de quatro anos 310/14, mas de muito sofrimento e luta, combatendo os perseguidores através da pregação e muita Fé. Foi por esta razão que ele foi considerado mártir. Faleceu em Roma, Itália, no ano 314.
  36. • Melquior Grodzieki (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Estevão Pongrac e São Marcos Krisini - 07/09
  37. • Melquisedec (?, ? - ?, ?) - Sacerdote do Antigo Testamento - 26/08
  38. • Mena (?, ? - ?, ?) - Mártir 25/08
  39. • Mena* (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Hermógenes e Santo Êugrafo - 10/12
  40. • Mena (?, ? - ?, ?) - Bispo - 11/11
  41. • Mengoldo (?, ? - ?, ?) - Mártir - 08/02
  42. • Mercurial (?, ? - ?, ?) - Bispo - 30/04
  43. • Mercúrio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 25/11
  44. • Meriadoco (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/06
  45. • Merino (?, ? - ?, ?) - Abade - 15/09
  46. • Mesmino (?,  França - séc. IV, França) - 15/12 Nasceu na França, em data não identificada por nós. Ingressou na vida religiosa com muita Fé e vontade de vencer no amos de Cristo. Era excelente pregador e tinha como meta fundar um Mosteiro. Algum tempo depois, num terreno doado pelo então rei Clóvis, construiu e fundou o Mosteiro de Micy, nas proximidades de Orléans. Pouquíssimo tempo depois é eleito abade, o primeiro daquele local Santo, pois tempos mais tarde seriam moradores e discípulos de Bartolomeu Calásio (Santo) e Avito (Santo). Faleceu no Mosteiro que fundou, em Orléans, na França,  durante o século V.
  47. • Mesrop (?, ? - ?, ?) - Bispo - 19/02

  1. • Metódio (815, Grécia - 885, Roma) - Monge - Copatrono da Europa - 14/02 Nasceu na Grécia, no ano 815. Em uma família de sete irmãos. Seu pai, um juiz renomado e rico. Seu nome de nascimento era Miguel, sendo o mais velho dos irmãos. Apenas ele e seu irmão mais novo seguiram os caminhos da Fé. Como ele seu irmão tinha outro nome de nascimento que era Constantino. Metódio é nomeado governador da província da Macedônia Inferior, ainda bastante jovem. Com trinta e cinco anos, então prefeito de Constantinopla, resolve abandonar a carreira política e ingressar em uma ordem religiosa como monge e decide adotar o nome religioso de Metódio. Quando seu pai falece seu irmão Constantino é levado para estudar em Constantinopla, antiga capital do Império Bizantino, por um amigo da família. quando algum tempo depois decide ir morar num mosteiro em isolamento e escolhe a região de Bosforo, quando adota o nome Cirilo. Sua passagem pelo mosteiro foi muito rápida, pois apenas seis meses depois fora descoberto e designado professor de filosofia. Em 861, Cirilo segue a pedido do imperador Miguel III, para se juntar a seu irmão Metódio e atender ao rei da Morávia. Naquele país havia uma grande dificuldade quanto à língua, pois a maioria dos missionários não falavam a língua eslava. Era desejo do rei que seu povo pudesse aprender corretamente todas as letras da Religião Católica, por esta razão os dois irmãos foram para Querson aprender hebraico e samaritano. Durante os estudos seu irmão Cirilo encontra um corpo boiando no mar e que ao resgatá-lo descobriu se tratar do Papa Clemente I. Este Papa havia sido exilado de Roma e atirado ao mar. Cirilo providenciou seu sepultamento e mais tarde guardou as suas relíquias em uma urna. Os irmãos criaram um alfabeto chamado cirílico, traduziram a Bíblia, os Livros Sagrados e os  Missais para esse dialeto, também alfabetizaram padre missionários, que mais tarde iniciaram a evangelização e celebrar missas em eslavo, além de promoverem a alfabetização. A tradução dos documentos religiosos proporcionou ao povo eslavo a possibilidade de entender e participar das reuniões rezando e cantando em sua língua natal. Como os ritos Católicos, na época, eram realizados em grego ou mais comumente em latim, houve grandes conflitos no meio eclesiástico. A maioria dos sacerdotes não concordavam com a tradução destes documentos para outra língua e o fato chegou a Roma. Em conseqüência os dois irmãos foram convocados pelo Papa a comparecerem à Sede da Igreja em Roma. Quando foram recebidos pelo Papa Adriano II fizeram a entrega das relíquias do Papa Clemente I, logo em seguida houve um grande debate e ao final conquistaram o apoio do Papa, pois suas argumentações eram de alto nível e de conteúdo dignificante para a evangelização. O Sumo Pontífice além de aprovar as traduções, fez questão de abençoar aqueles livros e desta maneira encerrar o conflito de opiniões entre seu rebanho. Devido a longa viagem, seu irmão Cirilo, que já estava doente, teve sua saúde agravada e depois de cinqüenta dias na cama veio a falecer, era o dia 14 de  fevereiro de 868/9?. O Papa Adriano II faz questão de celebrar os rituais fúnebres de Cirilo em eslavo e determinou seu sepultamento na Igreja de São Clemente. Após as celebrações fúnebres Metódio retorna à missão e continua o trabalho realizado por ele e seu irmão. Em 885 retorna a Roma, para mais uma vez defender as publicações traduzidas. Durante a longa viagem ficou doente e após algum tempo em Roma. Faleceu em Roma, no ano 885. Ambos foram declarados ao lado de São Bento patronos da Europa, pelo Papa João Paulo II, no ano 1980.
  2. • Metódio de(do) Olimpo (?, ? - ?, ?) - Bispo mártir - 18/09
  3. • Metódio I de Constantinopla (789, Sicília - 847, Constantinopla) - Bispo - 14/06 Nasceu em Siracusa, na Sicília, Itália, no ano 789. Estudou no Mosteiro na Ilha de Chios. Foi então para Constantinopla, atual Istambul. Em 815 é enviado a Roma como representante do patriarca Nicéforo. Em 821 retornou a Constantinopla quando é preso e açoitado. Ficou encarcerado por sete anos. É colocado em liberdade pela imperatriz Teodora e é elevado a condição de patriarca de Constantinopla. Foi grande escritor e autor de vários livros. Faleceu em Constantinopla, no ano 847.
  4. • Metrófanes (?, ? - ?, ?) - Bispo - 04/06
  5. • Meveno (?, ? - ?, ?) - 21/06
  6. • Miguel - Arcanjo - 29/09 Este Anjo, junto com Gabriel e Rafael, formam um grupo importantíssimo, pois são superiores na hierarquia dos Anjos de Deus. Nesta data os três são em conjunto homenageados. São Miguel é considerado o Príncipe dos Anjos, guardião e guerreiro. Sempre está defendendo o trono de Deus Pai e Filho, o povo de Deus e grande guerreiro e combatente contra as forças do mal, mais precisamente do inferno.
  7. • Miguel de Aozaraza (?, Japão? - 1637, Japão) - Mártir no Japão juntamente com seus 15  Companheiros - 28/09 Nasceu na Espanha, em data não identificada por nós. Sacerdote Dominicano que seguiu em missão para o Japão. Naquele país, em 1636 foi preso juntamente com seus 15 companheiros. Alguns deles: São Guilhermo Courtet, São Lázaro de Kioto, São Lorenzo Ruiz, São Miguel de Aozaraza e São Vicente Shiwozuka da Cruz. Faleceu martirizado, pendurado amarrado pelos pés, no dia 18 de outubro de 1637. Foi Beatificado pelo Papa João Paulo II, em Manila, Filipinas, no dia 18 de fevereiro de 1981. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, em Roma, no dia 18 de outubro de 1987.
  8. • Miguel de Chernigov (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com o Santo Teodoro Chernigov - 21/09
  9. • Miguel De la Mora De la Mora (?, ? - ?, ?) - Mártir do México - 21/05
  10. • Miguel de Tounerre (?, França - ?, França) - Monge - 71/04 Nasceu na França, em data não identificada por nós. Foi um abade bem rigoroso e essa sua postura levou-o a abandonar o Mosteiro onde era Abade para passar a viver como ermitão na Floresta de Collan, na França. Faleceu na França, em data não identificada por nós.
  11. • Miguel dos Santos (1591, Espanha - 1625, Espanha) - 10/04 Nasceu em Vich, Barcelona, Espanha, no ano 1591. Tentou ingressar na vida religiosa como ermitão, mas não era aceito por ter pouca idade. Quando completou doze anos de idade ingressou no Trinitários Calçados de Barcelona. Passou por vários conventos até chegar a Salamanca, Espanha quando iniciou os estudos de Teologia. Destacou e surpreendeu a todos, professores e alunos com sua inteligência, informação e os acontecimentos místicos ocorridos na sala de aula. Durante uma aula levitou. Era comum este acontecimento ocorrer durante as suas orações diante do Altar, do Santíssimo, quando alguém falava ou explicava o amor de Deus. Anos depois, já concluído o curso, é nomeado Superior de Valladolid, era 1622. Faleceu em Valladolid, na Espanha, de causas naturais, no ano 1625.
  12. • Miguel Febres Cordeiro (1854, Equador - 1910 - Europa) - Religioso - seu corpo foi transladado para o Equador - 09/02 Nasceu no Equador, no ano 1854. Seu pai era um professor universitário. Em 1868 ingressou na Congregação dos Irmãos de La Salle, contrariando a vontade de sua família. Conclui seus estudos em Quito e dedica-se a ensinar. Destacou-se como educador de jovens, além de se destacar como escritor, gramático, em geografia, história, literatura e religião. É mais tarde eleito para a Academia Equatoriana de Letras. Por toda a sua vida carregou a fama de ser abençoado com a santidade. Viaja para trabalhar em Paris, Bélgica e Espanha, onde vem a falecer. Faleceu provavelmente na Europa, no dia 09 de fevereiro de 1910. Seu corpo é transladado para o Equador. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no dia 21 de outubro de 1984.
  13. • Miguel Garicoits (?, ? - ?, ?) - 14/05
  14. • Miguel Kosaki de Isco (?, Japão - 1597, Japão) - Mártir - 08/03 Nasceu em Isco, no Japão, em data não identificada por nós. Miguel era catequista em Meaco juntamente com seu filho Tomás. Quando da perseguição aos religiosos Católicos os dois foram presos e condenados a crucificação. Eles tiveram a orelha esquerda decepadas e conduzidos para Nagasaki em cortejo público. Faleceram em Nagasaki, no Japão, em 05 de fevereiro de 1597. Foi Canonizado pelo Papa Pio IX, no dia 08 de junho de 1862.
  15. • Miguel Kurobioye (?, ? - ?, ?) - Mártir do Japão - 28/09
  16. • Miguel Ngugyen (?, ? - ?, ?) - Mártir do Vietnã - 24/11
  17. • Miguel o Bispo (?, ? - ?, ?) - 23/05
  18. • Millán de la Cogolla (?, Espanha - 574, Espanha) - ?/?
  19. • Miles (?, ? - ?, ?) - 22/04
  20. • Miquéias (?, ? - ?, ?) - Profeta do Antigo Testamento - 15/01 ou 21/12
  21. • Mirão (?, ? - ?, ?) - Mártir - 17/08
  22. • Miro (?, ? - ?, ?) - 08/08
  23. • Misael (?, ? - ?, ?) - Mártir do Antigo Testamento juntamente com Santo Ananias e Santo Azarias - 17/12
  24. • Místico (?, ? - 250, França) - Juntamente com seus companheiros São Dionísio e  Santo Eleutério- 18/04 Nasceu local e data não identificados por nós. Eleutério fazia parte da comunidade fundada pelo Bispo Dionísio, de Paris, França. Foi preso e encarcerado com seus companheiros Dionísio (Bispo) e Místico (ambos Santos) e condenados à morte. Faleceu em Paris, França, martirizado, por decapitação, e jogados no Rio Sena, no ano 250.
  25. • Mocemoco (?, ? - ?, ?) - Abade - 13/03
  26. • Modano (?, ? - ?, ?) - Abade - 04/02
  27. • Modestino de Jesus e Maria (?, ? - ?, ?) - Religioso - 24/07
  28. • Modesto (?, ? - ?, ?) - 12/01
  29. • Modesto Andlaeur (?, ? - ?, ?) - Mártir na China - 09/07
  30. • Mogda (?, ? - ?, ?) - Abade - 19/08
  31. • Moisés (?, ? - ?, ?) - 07/02
  32. • Moisés (?, ? - ?, ?) - 04/09
  33. • Moisés (?, ? - ?, ?) - Mártir - 25/09
  34. • Moisés o Etíope (?, ? - ?, ?) - 28/08
  35. • Molingo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 17/06
  36. • Moloco (?, ? - ?, ?) - Bispo - 25/06
  37. • Monodoco (?, ? - ?, ?) - 13/02
  38. • Montano * (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Lúcio e companheiros - 24/02
  39. • Morando (?, ? - ?, ?) - 03/06
  40. • Muciano Maria Wiaux (?, ? - ?, ?) - Religioso - 30/01
  41. • Múcio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 13/05
  42. • Murdaco (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/08

Voltar para o conteúdo