M - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Beatos & Santos > Beatas > M

BEATAS - XII

  1. • Madalena Sanga (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com o Beato Antonio  - 10/09
  2. • Madalena do Santíssimo Sacramento (?, ? - ?, ?) - Virgem mártir francesa -  09/07
  3. • Marcela (Espanha, ???? - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu na província de Albarete, Espanha, não conseguimos identificar a data do nascimento. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1934. No local se dedicou a educação. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  4. • Margarida de Lorena (1463, França - 1521, França) - 03/11 Nasceu na cidade de Vaudemonte, na França, no ano de 1463. Seus pais eram nobres e por esta razão foi educada na corte pelo Rei Renato de Avignon. Desde os dez anos de idade já sonhava em levar uma vida de eremita. Mais tarde afirmou para seus familiares que desejava viver num Mosteiro, mas não teve seu pedido atendido. Algum tempo depois ela se casaria com o duque de Alençon. Foi uma vida dura em razão da chamada Guerra dos Cem Anos. Aos trinta e dois anos ficou viúva com três filhos. Passou a se dedicar à educação de seus filhos ainda bem pequenos, vencendo a vontade de parentes que queriam os tirar de sua tutela. Quando os filhos se casaram, já havia se passado vinte e dois anos de viúves decidiu abdicar de seu título e dividiu suas posses entre os três partes, uma parte distribuiu entre os pobres, a segunda destinou para a Igreja e a última manteve para seu próprio sustento. Transformou o Castelo de Esqui em um Mosteiro e passou a morar naquele local. Cuidou de doentes e principalmente de leprosos. Algum tempo depois ingressou na Ordem das Clarissas de Argentan. Faleceu no dia 02 de novembro de 1521, naquele Convento. Foi Beatificada pelo Papa Benedito XV, no dia 20 de março de 1920.
  5. • Margarida Ebner (?, Alemanha - 1351, Alemanha) - 20/06 Nasceu na Alemanha, em data não identificada por nós. Sua família era muito rica  e bastante respeitada em seu país, pois fazia parte da aristocracia alemã. Quando tinha 15 anos de idade ingressou no Mosteiro de Maria Santíssima, em Medingen, este mosteiro pertencia a Ordem Dominicana. Fica bastante enferma a partir de 1314, fato que quase a levou a morte, mas conseguiu se recuperar. Durante a década de 1320 eclode uma guerra em seu país e as religiosas daquele Mosteiro o abandonam por falta de segurança. Margarida retorna à sua família, mas não abandona o hábito e a reclusão, permanece todo o tempo em oração e meditação. Acabada a guerra a maioria das religiosas retornam ao Mosteiro, incluindo Margarida, local onde se colocam em clausura. Teve como diretor espiritual o sacerdote Henrique Susso (Santo). Tinha o dom de fazer profecias, das visões e revelações. Faleceu no dia 20 de junho de 1351, naquele mesmo Mosteiro, local onde também foi sepultada. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, em 1979.
  6. • Maria (?, ? - ?, ?) - Mártir japonês juntamente com o Beato Antônio e a Beato João  - 10/09
  7. Maria (?, ? - ?, ?) - Mártir do Japão juntamente com a Beato Tomás* e o Beato Tiago Ghengoro - 10/09
  8. • Maria Ângela Astorch (1592, Espanha - 1665, Espanha) - 09/12 Nasceu em Barcelona, na Espanha, no dia 01 de setembro de 1592. Ainda criança ficou órfã de pai e mãe, quando foi admitida no Mosteiro das Gareças. Em 1609 emitiu voto de castidade e matrimônio com Nosso Senhor Jesus Cristo. Com 21 anos de idade foi para o Mosteiro de Saragoza, mas agora como mestra das noviças. Naquele local passou a exercer também a ser responsável pela formação de novas professoras. E em 1628, depois de longo e belo trabalho foi eleita abadessa. Era muito dedicada às orações, contemplações e usava a música para ensinar e pregar. Nessa época dedicou-se a escrever, nas horas vagas, produzindo escritos de qualidade. Era devota de São Francisco e Santa Clara, seguindo fielmente as Regras escritas por estes dois Santos. Faleceu no dia 02 de dezembro de 1665, aos 73 anos de idade, ainda exercendo todas as suas funções conventuais. Já nessa época era tida como Santificada. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 29 de maio de 1982.
  9. • Maria Ângela Truskowska ou Sofia Camila (1825, Polônia - 1899, Polônia) - 21/10 Nasceu em Kalisz, Polônia, no dia 16 de maio de 1825. Sua família era Cristã e piedosa. Nasceu prematuramente e tinha na saúde o ponto mais fraco. Em 1837 seus pais tiveram que mudar para Varsóvia e Maria Ângela foi inscrita e estudou na Academia de Madame Guérin. Mas aos 16 anos ficou doente, com tuberculose e teve que ir para Suíça para se tratar. Foi nesta época que passou a se dedicar a Deus Pai e Filho. Também estudou com muita dedicação a situação social de sua época. Quando tentou ingressar na Ordem da Visitação acabou sendo impedida, pois seu pai ficara doente e necessitava de auxílio. Viajou com seu pai para Alemanha e em Colônia descobriu que deveria seguir a vida religiosa e, principalmente se dedicar aos pobres. Ingressou então na Sociedade de São Vicente de Paula. Na Congregação dedicava-se à oração, penitência e aos pobres. Aos 29 anos começou a trabalhar com os meninos abandonados, na cidade de Varsóvia, mas também buscava ajudar aos idosos sem moradia. Fundou o Instituto da Senhorita Truskowska, não com este nome, mas este foi o nome dado a ele pela população. Mas para poder mantê-lo teve a ajuda de seu pai e de uma prima, chamada Clotilde. Foi também nesta época que foi admitida como Terciária e adotou o nome de Ângela, era 1855. Fundou a comunidade das Irmãs Felicianas Madre Ângela. Era a superiora da Comunidade. Ficou doente e teve problemas de audição, quando pediu para que outra irmã assumisse sua missão, quando descobriu que tinha câncer. Faleceu no dia 10 de outubro de 1899. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 18 de abril de 1993.
  10. • Maria Ângeles (1905, Espanha - 1936, Espanha) - Mártir - 24/10 Nasceu em Getafe, Espanha, no dia 06 de março de 1905. As irmãs da Ordem Carmelitas Descalças do Mosteiro Guadalajara, Maria Pilar de São Francisco de Borja, Teresa do Menino Jesus e de São João da cruz e Maria Ângeles de São José, são presas durante a guerra civil espanhola (1936/39) por não renegarem a sua Fé em Deus Pai e Filho, além de terem oferecido as suas vidas pela Santa Igreja. Julgadas arbitrariamente são condenadas à morte. Faleceram martirizadas no dia 24 de julho de 1936. Foram Beatificadas pelo Papa João Paulo II, no dia 29 de março de 1987.
  11. • Maria Assunta Pallota (1878, Itália - 1905, China) - 07/04 Nasceu em 07 de novembro de 1954, em Áscoli Piceno, na Itália. Tinha mais quatro irmãos menores. Como sua familia era muito pobre teve que trabalhar bem cedo e não pode por esta razão concluir seus estudos para trabalhar. Quando jovem decide ingressar na casa das Irmãs Missionárias de Maria. Sua admissão ocorreu em 04 de maio de 1898 e quando ordenada viveu em vários locais, como: Roma e Florença. Era uma pessoa muito humilde, humana que se dedicava à oração e ao apoio aos mais pobres. Logo após o martírio de sete irmãs, na China, que pertenciam ao Instituto das Irmãs Franciscanas, Maria Assunta solicita permissão para ir a China e continuar os trabalhos das irmãs assassinadas. Um ano depois ela e mais nove irmãs de Fé embarcam para a China após receber a benção do Papa Pio X. Naquele país iniciam o trabalho de evangelização e atendimento às necessidades terrenas, como atendimento aos pobres, enfermos etc. No ano de 1905 uma grande epidemia de tifo assola aquele país e Maria Assunta é contagiada. Faleceu no dia 07 de abril de 1905, aos 27 anos de idade, na China. Beatificada pelo Papa Pio XII, em 07 de novembro de 1954.
  12. • Maria Conceição (Espanha, 1861 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Carlet, Valência, Espanha, no dia 08/11/1861. Seus pais Vicente e Maria. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1885. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  13. • Maria Crucificada do Amor Divino (1892, Itália - 1973, Itália) - REligiosa - 23/05 Nasceu em Morra Irpino, Avelino, Itália, do dia 23/05/1895. Seu nome de batismo é Maria Gargani. Pertenceu a Copmunidade Mística de Betânia, teve como orientador o Pe. Agostinho de São Marco, o interessante é que este padre era diretor espiritual do Pe. Pio de Pietrelcina (Santo). Ela o conheceu quando visitou o Mosteiro onde vivia o Santo. Logo em seguida ingressa na Ordem dos Franciscanos e adotou o nome Maria Crucificada do Amor Divino. No ano de 1936 passa a se dedicar ao Congregação das Apóstolas do Sagrado Coração, fundado por ela. Faleceu em Nápolis, na Itália, no dia 23 de maio de 1973. Foi Beatificada pelo Papa Francisco, no dia 02/06/2018.
  14. • Maria Crucificada Satellico - Isabel Maria (1706, Itália - 1745, ??) - 21/11 Nasceu em Veneza, Itália, em 1706. Seu nome de Batismo era Isabel Maria. Foi educada pelo pai e por um tio que era sacerdote. Desde jovem era dedicada às orações e nas Missas gostava de cantar. Ingressou no Convento das Irmãs Clarissas de Ostra Vetere onde se tornou regente de canto. Adotou o nome de Maria Crucificada. No Convento praticava penitências austeras e também se dedicava à contemplação, tudo por sua devoção à Nossa Senhora e Jesus Cristo. Foi eleita abadessa e mais uma vez se destacou. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 10 de outubro de 1993.
  15. • Maria da Assunção (Espanha, 1859 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Ulldecona, Tarragona, Espanha, no dia 12/07/1859. Seus pais Pedro e Isabel. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1885. No local foi Superiora local. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  16. • Maria da Paz (Espanha, 1885 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Turis, Valência, Espanha, no dia 12/08/1885. Seus pais Pedro e Maria. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1911. No local foi enfermeira e cozinheira. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  17. • Maria de Jesus (1560, Espanha - 1640, Espanha) - 11/09 Nasceu em Tartanedo, Espanha, no dia 18 de agosto de 1560. Foi Batizada como Maria López de Rivas. Ficou órfã de pai quando tinha apenas quatro anos de idade e quando tinha oito anos de idade, perdeu a mãe. Apesar dessa situação recebeu excelente educação quando foi morar com seus avós paternos. Também foi educada por um tio paterno. Sentindo sua vocação, em 1577, ingressou no Mosteiro das Carmelitas Descalças, de Toledo, o mesmo Mosteiro fundado por Santa Teresa. Anos mais tarde por ser muito dedicada à oração, penitência, Fé e as irmãs foi mestra das noviças e eleita priora do mosteiro. Faleceu em Toledo, Espanha, no Mosteiro, no dia 13 de setembro de 1640. Foi Beatificada pelo Papa Paulo VI, no dia 14 de setembro de 1976.
  18. • Maria de Jesus Trichet (?, ? - ?, ?) - Virgem e fundadora -  28/04
  19. Maria de Jesus Santocanale (1852, Itália - 1923, Itália) - ??/?? Nasceu em Palermo, na Itália, no dia 02 de outubro de 1852. ..... Faleceu nem ???, no dia 27 de janeiro de 1923. Foi Beatificada pelo Papa Francisco, no dia 12 de junho de 2016.
  20. • Maria do Calvário (Espanha, 1873 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela e Maria do Sagrado Coração -20/11 Nasceu em Carlet, Valência, Espanha, no dia 11/04/1871. Seus pais Agostinho e Josefa. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1892. No local foi Cozinheira. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Carlet, Valência, na Espanha, no dia 27/09/1936.
  21. • Maria de Santo Henrique (?, ? - ?, ?) - Virgem mártir francesa -  09/07
  22. • Maria do Divino Coração (1863, Alemanha - 1899, Alemanha) - 08/06 Nasceu em Münster, na Alemanha. Tem seu ingresso no Convento das Irmãs do Bom Pastor, em 1888. Neste Convento dedicou-se ao apostulado de jovens do sexo feminino abandonadas e marginalizadas. Em 1894 foi transferida para Portugal como superiora do Convento da sua Ordem, na cidade do Porto. Nesta época tinha apenas 31 anos. Trabalhou muito para recuperar o Convento que passava por sérias dificuldades. Faleceu no ano de 1899, na véspera da Consagração mundial do Sagrado Coração  de Jesus, pelo Papa Leão XIII. Foi Beatificada pelo Papa Paulo VI, no ano 1975.
  23. • Maria do Montserrat (Espanha, 1860 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Molina de Rey, Barcelona, Espanha, no dia 02/11/1860. Seus pais João e Maria. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1882, onde foi eleita Superiora Geral. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  24. • Maria do Rosário (Espanha, 1855 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Sueca, Valência, Espanha, no dia 25/11/1855. Seus pais Mariano e Leandra. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1893. No local foi cozinheira. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  25. • Maria do Refugio Aguilar y Torres (1866, México - 1937, México) - Viúva e fundadora - ??/?? Nasceu em San Miguel de Allende, no México, no ano 1866. Era viúva quando fundou a Congregação das Irmãs Mercedárias do Santíssimo Sacramento.  Faleceu na Cidade do México, no ano 1937. Foi Beatificada pelo Papa Francisco, em ??/??.
  26. • Maria do Sagrado Coração (Espanha, 1873 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Mislata, Valência, Espanha, no dia 15/10/1873. Seus pais Emanuel e Teresa. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1896. No local foi Superiora local em Carlet, Espanha. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmã de fé, em Carlet, na Espanha, no dia 27/09/1936.
  27. • Maria do Socorro (Espanha, 1885 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em San Martin de Provenzals, Barcelona, Espanha, no dia 13/03/1885. Seus pais Jesus e Salvadora, orfã de mãe. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1907. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  28. • Maria do Sufrágio (Espanha, 1888 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Altea, Alicante, na Espanha, no dia 09/02/1888. Filha do casal Gaspar e Rosária. Estudou em casa por conta de seus pais. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1922. Foi Superiora local, Mestra das noviças e Vigária Geral. Com a Guerra Civil Espanhola veio a perseguição contra os religiosos. Faleceu martirizada, em Valência, Espanha, no dia 20/11/1936.
  29. • Maria Dolores (Espanha, 1899 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição, Maria Graça Paula de Santo Antônio, Coração de Jesus, Maria do Socorro, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Barcelona, Espanha, no dia 17/02/1899. Seus pais Gerardo e Caridade, sua mãe faceceu quando tinha pouca idade. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1918. No local se dedicou à educação. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  30. • Maria Encarnação (Guatemala, 1820 - Equador - 1886) - Exilada - 03/12 Nasceu na Guatemala, no dia 26 de outubro de 1820. Sua família era cristã e a educou na Fé. Foi Batizada com o nome de Vicenta. Aos 15 anos de idade ingressou na Casa das Senhoras Piedosas, na Guatemala. Casa fundada pelo padre  Pedro de Betancour (Beato), que fazia parte dos padres Bletemitas. Quando ingressou adotou o nome de maria Encarnação do Sagrado Coração. Alguns anos depois mudou-se para o Convento das Catalanas, onde logo foi eleita superiora. Foi responsável pela fundação de Conventos e Igrejas. Tinha como missão ajudar os mais necessitados, principalmente preocupada com a educação das crianças e da juventude. Fundou casa na Colômbia e Equador. Por seu trabalho com a população carente, principalmente no que se refere à educação, passou a ser perseguida pelo governo daquele país. Por esta razão foi exilada, quando retornou para o Equador. Faleceu no exílio, no Equador, no dia 24 de agosto de 1886. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 04 de maio de 1997.
  31. • Maria Eugênia Millaret (1817, França - 1898, França) - Fundadora - 10/03 Nasceu em Metz, na França, no ano de 1817. Bem jovem viveu todas as possibilidades do sofrimento, o primeiro foi ver seu pai falir; logo depois dois de seus irmãos falecem prematuramente; sua mãe contrai cólera e vem a falecer louca. Sem os seus pais para ampará-la sofreu muito. Na sua adolescência. Em Notre-Dame, na França ingressou na vida religiosa. Foi a fundadora da Congregação de Nossa Senhora da Assunção, em 1836 juntamente com o padre Combalot. Faleceu na França, no ano 1898. Foi Beatificada pelo Papa Paulo VI, no dia 09 de fevereiro de 1975.
  32. • Maria Felícia de Jesus Sacramentado (conhecida como Chiquitunga) (1925, Paraguai - ?, ?) - Religiosa - 1959/Paraguai) Nasceu Villarica do Espírito Santo, no Paraguai, em 12 de janeiro de 1925. Seu nome de batismo era Maria Felícia Guggiari Echeverreía. Ingressou na Ação Católica de Villarica, era 1941. Um de seus trabalhos foi dar aula de Catecismo, mas servir a Deus é prestar assistência a todos que necessitavam e Maria era dedicada, auxiliava a todos que necessitavam. Devota da Mãe de Deus, rezava o Rosério diariamente. Em 1955 ingressou no Mosteiro das Carmelitas Descalças, em Assunção, onde recebeu o hábito religioso. Faleceu de causas naturais, no ano 1959. Foi Beatificada pelo Papa Francisco, no dia 23 de junho de 2018.
  33. • Maria Francisca (de Jesus) Rubatto (1844, Itália - 1904, Uruguai) - 06/08 Nasceu em Carmanhola, Itália, no dia 14 de fevereiro de 1844. Seu nome de Batismo era Ana Maria Rubatto. Sua família era humilde e Cristã. Ainda criança faz voto de castidade, fato que levou a recusa de um casamento quando jovem. Numa certa data quando tinha 19 anos de idade faleceram alguns irmãos e pouco depois fica órfã de pai e mãe. Nesta época vai morar com a irmã mais velha em Turum. Em Turim começa trabalhar em favor da caridade, quando uma rica senhora vê a dedicação da jovem e a adota, quando ela é encarregada de ser sua conselheira na administração de seu patrimônio. Quando esta senhora faleceu voltou a morar com a irmã. Continuou a sua dedicação à caridade e era seu costume ir até o balneário de Loano, local que ajudava aos pescadores doentes, pobres e das crianças abandonadas. Seu trabalho foi tão bom que juntou a ela um grupo de senhoras e que passaram a participar da ação de caridade. Admiradora de São Francisco de Assis, solicita ajuda do padre Angélico, para seguir os passos daquele Santo. Em 1885 ingressou em um Convento da Ordem de São Francisco de Assis. Fundou a Ordem Irmãs Terciárias Capuchinhas de Loano, que mais tarde passaria a se chamar Irmãs Capuchinhas de Madre Rubatto. Esta Ordem tinha como missão dar apoio e assistência aos enfermos, atendendo em domicílio e, principalmente evangelizar. Em 1886 adota o nome Maria Francisca de Jesus, quando foi eleita a primeira madre do Instituto. Seguiu viagem para o Uruguai para inaugurar a sua casa de número 20, quando na cidade de Montevidéu ficou doente, mas mesmo assim inaugurou a nova casa. Faleceu naquela cidade em 06 de agosto de 1904. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, em 1993.
  34. • Maria Francisca Schervier (1819, França - 1876, França) - 15/12 Nasceu em Aquisgrán, no dia 03 de janeiro de 1819. Sua família era rica e nobre, era afiliada do imperador Francisco II, da França. Sua mãe faleceu quando ainda ela era bem jovem. Nessa mesma época resolveu e passou a ajudar aos pobres, órfãos e necessitados. A estes dedicava parte do seu dia ensinando o Catecismo. Sua atitude não era aprovada pela burguesia, por essa razão era perseguida e até ofendida, mas recebeu todo apoio que precisava do pároco local. Passou a viver em retiro em Liegi. No dia 03 de outubro de 1846, junto com mais cinco companheiras, fundou um grupo de ajuda aos necessitados. Este grupo foi importantíssimo no apoio e combate a epidemia de cólera que assolou a região. Para que fosse aprovado pelo Papa, escreveu as Regras, toda orientada nas escritas por São Francisco de Assis. mas elas só foram aprovadas em 1908, pelo Papa Pio X. Denominaram de Instituto das Irmãs dos Pobres de São Francisco de Assis. Este instituto organizou e fundou hospitais, asilos, creches etc. Tudo com o apoio de Maria Francisca. Era uma pessoa muito ocupada, mas achava tempo para fazer suas orações, meditações, jejuns e penitências. Era devota da Santíssima Mão. Faleceu no Mosteiro que fundara, no ano de 1876. A cidade de Aquisgrán parou para acompanhar seu funeral. Foi Beatificada pelo Papa Paulo VI, no dia 28 de abril de 1974.
  35. • Maria Gabriella da Unidade (?, ? - ?, ?) - ??/??
  36. • Maria Gabriella Sagheddu (1914, Itália - 1939, Itália) - 22/04 Nasceu na Sardenha, Itália em 1914. Seus pais eram pastores. Segundo relatos era uma criança e adolescente teimosa, rebelde, crítica etc. No entanto tinha grandes virtudes, como: senso do dever, sabia obedecer. Aos dezoito anos de idade muda por completo o seu comportamento, passou a ser uma pessoa dócil, reservada, caridosa, dedicada à reflexão e a oração. Foi nessa época que ela ingressou na Ação Católica. Apenas aos vinte e um anos de idade resolveu ingressar definitivamente na vida religiosa, quando solicitou e foi aceita no Mosteiro de Grottaferrata. Viveu por três ano em Claustro. Definia que um bom Cristão tinha que viver em sacrifício do próprio "eu". Durante sua vida exerceu todo tipo de trabalho, dos mais humildes aos mais cansativos. Tinha como meta a Eucaristia, a oração e a Fé. Respeitava todas as irmãs de Fé, fosse ela uma noviça ou uma superiora. Faleceu no dia 23 de abril de 1939, naquele Mosteiro. Seu corpo foi encontrado intacto e está repousando na Capela do Mosteiro Vitorchiano. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 25 de janeiro de 1987.
  37. Maria Gargani (1892, Itália - 1973, Itália) - Religiosa - 24/05 Nasceu em Morra Irpino, província de Avelino, na Itália, no dia 23 de dezembro de 1892. Uma religiosa dedicada aos menos favorecidos, situação que a conduziu para o Mosteiro Capuchinho na Comunidade de Consagradas. Naquele local foi orienbtada pelo padre Agostinho de São Marcos, que também era orientador do então padre Pio de Pietrelcina (Santo). Conheceu o padre Pio apenas em 1915 quando este visitou o Mosteiro quando o padre Pio a oprientou. Tempos depois ela procura o padre Pio porque tinha a intenção novo instituto. Muitasa comunidades não eram atentidas com um padre permanente. Padre Pio, com sua capacidade de prever acontecimentos dá total apoio. Já em 1934 vai morar em um antigo Convento, em Apupula e em 1936 a Congregação das Apóstolas do Sagrado Coração é oficialmente reconhecido pelas Igreja. Recebe o nome religioso de Maria Crucificada do Amor Divino. Em 1946 a Congregação para Nápolis. A partir daquela data a Congregação se espalhou pela Europa e África. Faleceu de causas naturais, em Nápolis, Itália, no dia 23 de maio de 1973. Beatificada pelo Papa Francisco, no dia 02 de junho de 2018.
  38. • Maria Graça Paula de Santo Antônio (Espanha, 1869 - Espanha, 1936) - Virgem e mártir juntamente com as Beatas Ângela* de São José, Maria do Sufrágio, Maria de Montserrat, Teresa de São José, Isabel, Maria da Assunção, Maria Conceição,  Coração de Jesus, Maria do Socorro, Maria Dolores, Inácia, Maria do Rosário, Maria da Paz, Marcela, Maria do Sagrado Coração e Maria do Calvário -20/11 Nasceu em Valência, Espanha, no dia 01/06/1869. Seus pais Vicente e Leonarda. Ingressou na Congregação da Doutrina Cristã em 1900. Com a Guerra Civil Espanhola teve início a perseguição, prisão e morte de religiosos. Faleceu martirizada juntamente com suas irmãs de fé, em Valência, na Espanha, no dia 20/11/1936.
  39. • Maria Josefa Naval Girbés (1820, Espanha - 1893) - Evangelizadora leiga - 24/02 Nasceu em Agemesi, na Espanha, no dia 11 de dezembro de 1820. Filha de camponeses cristãos desenvolveu a fé em Maria Josefa. Quando completou dezoito anos professou voto de castidade privada, ou seja, não se trata de um voto religioso em uma Ordem. Passou então a dedicar-se aos mais necessitados e à evangelização. Foi catequista para jovens, mas também se preocupava com a formação moral e espiritual destes para que não se perdessem. Sempre destacou a importância da participação do leigo na evangelização, condição confirmada apenas no Vaticano II, Concílio realizado pelo Papa João XXIII e o Papa Paulo VI. Faleceu em Agemesi, na Espanha, no dia 24 de fevereiro de 1893. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 25 de setembro de 1988.
  40. • Maria Madalena Mantinengo (1687, Itália - 1737, Itália) - 27/07 Nasceu na Brescia, Itália, no dia 04 de outubro de 1687. Era filha de condes e pais ricos, quando foi Batizada com o nome de Margarida. Ficou órfã de mãe quando tinha um ano de idade, por esta razão foi educada por sua madrinha e por uma empregada da casa. Esta empregada era Católica e a educou para a Fé Cristã. Aos 10 anos de idade já falava o latim. Aos 13 anos de idade faz voto de castidade. Terminou seus estudos naquela cidade. Teve que lutar contra a vontade de seu pai. Mais tarde ingressou na Ordem das Capuchinhas, em 1705, no Mosteiro de Santa Maria das Neves, quando mudou seu nome para Maria Madalena. Passou a viver como uma Franciscana em clausura durante 32 anos de sua vida. Ajudou na manutenção do convento, dedicava-se à oração e meditação, foi eleita mestra das noviças e por fim vice-abadessa. Maria Madalena Mantinengo teve em certa data o surgimento das estigmas de Cristo em seu corpo. Em vários momentos entrava em êxtase e durante estes momentos era visitada por Santos e Santas. Realizou profecias e durante as suas intercessões muitos milagres foram registrados. Escreveu sua própria biografia. Faleceu naquele Mosteiro em 27 de Julho de 1737. Foi Beatificada pelo Papa Leão XIII, em 1900.
  41. • Maria Pilar (1877, Espanha - 1936, Espanha) - Mártir - 24/07 Nasceu em Tarazona, Espanha, no dia 30 de dezembro de 1877. As irmãs da Ordem Carmelitas Descalças do Mosteiro Guadalajara, Maria Pilar de São Francisco de Borja, Teresa do Menino Jesus e de São João da Cruz e Maria Ângeles de São José, são presas durante a guerra civil espanhola (1936/39) por não renegarem a sua Fé em Deus Pai e Filho, além de terem oferecido as suas vidas pela Santa Igreja. Julgadas arbitrariamente são condenadas à morte. Faleceram martirizadas no dia 24 de julho de 1936. Foram Beatificadas pelo Papa João Paulo II, no dia 29 de março de 1987.
  42. • Maria Restituta (Resoluta) Kafka (1894, República Checa - 1943, República Checa) Mártir - 30/10 Nasceu em Berno, na atual República Checa, no dia 01 de maio de 1894. Sua família precisou mudar para a capital Viena, fato que ocorreu em 1896. Seu nome de nascimento era Helena. Estudou em Viena e se formou enfermeira. Tentou ingressar na vida religiosa, mas seus pais não permitiram. Porém quando completou 20 anos de idade ingressou na Congregação das Franciscanas da Caridade Cristã. Sua família vendo a insistência da filha acabou aceitando e abençoando. Adotou o nome de Maria Restituta, mas acabou conhecida como Irmã Resoluta. Era uma excelente enfermeira, tanto no trabalho de atendimento dos enfermos, bem como no trabalho na sala de cirurgia, do Hospital Modling, em Viena. Se trabalho prosperou e rendeu frutos. Era respeitada entre os doentes, médicos e enfermeiros, a ponto de muitos médicos pedirem conselhos a Irmã resoluta. Em 1938, com a invasão nazista a perseguição aos judeus foi violenta e sangrenta. A Irmã Maria logo se opôs às atrocidades praticadas pelos comandados de Hitler. Durante uma invasão ao hospital onde trabalhava os nazistas ordenaram a retirada de todos os crucifixos e imagens de Santos daquele loca. Maria Resoluta a cada crucifixo retirado se colocava de braços abertos e olhando para o céu em puro repúdio a atitude dos soldados de Hitler. Em 1942 foi presa e na prisão pregou com muita Fé e vontade, bem como auxiliou no tratamento de muitos presos que eram torturados e agredidos. Cico meses depois foi condenada sumariamente á morte. Faleceu decapitada no dia 30 de março de 1943. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, em 1998.
  43. • Maria Sacrária de São Luiz Gonzaga (?, ? - ?, ?) - Mártir - 15/08
  44. • Maria Teresa
  45. Dupouy Bordes

  46. (1873, França - 1953, Espanha) - Fundadora - ??/?? Nasceu em Saint Pierre d’Irube, na França, no ano 1873. Irmã da Sociedade do Sagrado Coração de Jesus, foi fundadora da Congregação das Missionárias dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria.  Faleceu em San Sebastián, Espanha, no ano 1953. Foi Beatificada pelo Papa Francisco, em ??/??.
  47. • Maria Teresa (1881, Espanha - 1936, Espanha)  - 05/06 Nasceu em Lilo, Toledo, Espanha, no dia 08 de janeiro de 1881. Não nos foi possível conseguir informações sobre sua infância. Foi a primeira mulher a se formar no curso de farmácia na Espanha. Ingressou no Carmelo de Santa Ana e São José de Madri no ano de 1915. Durante sua formação se notabilizou pela dedicação, amor ao próximo e Fé. Tinha a Eucaristia como seu maior ideal. Foi eleita priora do Carmelo, quando exerceu grande trabalho. Faleceu Martirizada, na Espanha, na manhã do dia 15 de agosto de 1936.
  48. • Maria Teresa de Jesus (1797, Alemanha - 1879, Mônaco) - 09/05 Nasceuno periferia de Regensburg-Stardtamhof, na Alemanha, no dia 20 de junho de 1797. Sua família era muito religiosa e era da classe média da época. Carolina, seu nome de Batismo, foi educada pelo pais para a humildade e Fé Cristã. É encaminhada para estudar na Escola das Irmãs de Notre Dame. Acontece que Napoleão Bonaparte impede que as instituições religiosas continuem ensinando e educando, inclusive na Alemanha. Foi quando o bispo daquela localidade decidiu que a formação continuaria, mas agora ministrada pelas próprias alunas, para esta função escolheu as três melhores e as formou professoras. Carolina era uma delas. Estas alunas se tornaram professoras primárias e portanto alfabetizadoras de crianças e jovens. Carolina exerceu o papel de professora até o ano de 1833 quando as normas de Napoleão deixaram de existir. Ingressa na vida religiosa e mais tarde sempre preocupada com a educação, sob orientação do bispo local, realizaou um sonho, a fundação da Congregação das Irmãs Escolares de Nossa Senhora, em Neunburg vorm Wald, na Baviera, Alemanha, quando também é eleita superiora. Sua congregação atendia todos, mas era voltada para a educação das crianças e jovens das mais pobres e daquelas abandonadas ou órfãs. Em 1835 resolve trocar de nome quando é consagrada a vida monástica pelo bispo de sua região, então adota o nome Maria Teresa de Jesus. A popularidade de sua casa é tão grande que ela, com o auxílio do imperador Ludovico I da Baviera, passa a manter uma nova casa em Mônaco, para onde se muda. No ano de 1847, convidada por missionários americanos, formou um grupo, com mais cinco religiosas e partem para os Estados Unidos. Naquele país fundou um orfanato, em Baltimore, fundou escolas em Pittsburg e Philadelphia, estas eram destinadas ao atendimento de filhos de alemães imigrantes. Enquanto isso, na Europa sua congregação se espalha por toda Alemanha, chega a Hungria e Inglaterra. Por esta razão em 1859 é nomeada pelo Papa superiora geral e vitalícia de sua Congregação. Três anos depois retorna para Mônaco. Faleceu no dia 09 de maio de 1879, em Mônaco. Foi Beatificada pelo Papa João Paulo II, em 1985.
  49. • Maria Vaz (?, Japão - 1627, Japão) - Mártir - Esposa de Gaspar Vaz - 09/10 ou 10/09 Nasceu em data não identificada por nós, no Japão. Nada sabemos sobre sua infância. Casou-se cedo com Gaspar Vaz, como era de costume no Japão. Sua casa ficou conhecida como a casa do acolhimento, pois eles recebiam todos religiosos que necessitavam de uma alimentação, repouso, alojamento e até mesmo esconderijo. Sua casa também era aberta para as reuniões dos fieis e cerimônias religiosos. O que o casal de alma pura e dedicado a pregação e conversão era que um integrante do grupo os traísse e os denunciaria. Foi o que aconteceu, o casal foi denunciado às autoridades que de imediato ordenaram a prisão de Gaspar e Maria, além dos sacerdotes e fieis que naquele momento estavam em sua casa. Foram conduzidos à prisão e como era de hábito as autoridades tentaram através da violência que o casal renegasse o verdadeiro Deus. Como eles, nem os demais presos, não o fizeram, foram todos condenados à morte. Faleceram na chamada Colina Santa, Gaspar amarrado a um tronco, foi queimado vivo, e Maria decapitada. Foram Beatificados pelo Papa Pio IX, no dia 07 de julho de 1867.
  50. • Maria Vitória de Fornari-Strata (1562, Itália - 1617, Itália) - 15/12 Nasceu em Gênova, Itália, no ano de 1562. Seus pais tiveram nove filhos e ela era a sétima. Como era o costume da época, foi indicada para se casar com Ângelo Strata, casamento que aconteceu quando ela tinha 17 anos de idade. O casal teve seis filhos. Numa certa data, com o falecimento do marido, entrou numa grava crise emocional e angustiada quis até morrer. Passada a crise decidiu fazer três votos: o primeiro, de castidade; o segundo, nunca mais usar roupas caras e jóias; e, por fim, o terceiro, nunca mais freqüentar festas mundanas. Tempos mais tarde, em companhia de Vicentina Lomellini, fundaram a Ordem das Irmãs de Anunciação Celeste. Solicitou a seu orientador espiritual, o jesuíta Bernardino Zanoni, que redigisse as Regras da Ordem, seguindo as criadas por São Francisco de Assis. Faleceu naquele Mosteiro, no dia 15 de dezembro de 1617. Segundo consta apareceu para uma devota pouco tempo depois. Foi Beatificada pelo Papa Leão XII, em 1828.
  51. • Mônica Pichery (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com as Beatas Carla Lucas, Felicidade Pricet e Vitória Costeau  - 18/01

Voltar para o conteúdo