G - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Beatos & Santos > Santos > G

SANTOS

  1. • Gabínio Gabino) (?, ? - ?, ?) - 19/02
  2. • Gabriel - Arcanjo - 29/09 Este Anjo, junto com Gabriel e Rafael, formam um grupo importantíssimo, pois são superiores na hierarquia dos Anjos de Deus. Nesta data os três são homenageados. São Gabriel é aquele que foi encarregado de anunciar as revelações de Deus Pai à Maria, a Anunciação, pois foi ele que anunciou a encarnação do Filho de Deus, bem como o nascimento de João Batista.
  3. • Gabriel da Virgem Dolorosa (ou São Gabriel de Nossa Senhora das Dores) (1838, Itália - 1862, Itália) - 27/02 Nasceu em Assis, Itália, no dia 01 de março de 1838. Eram ao todo treze irmãos. Quando tinha quatro anos sua mãe faleceu, surge um problema, pois seu pai que precisa viajar constantemente, não tem como cuidar do filho e, por este motivo, Gabriel Possenti é enviado para estudar em Espoleto, a instituição que o recebe é o Colégio Jesuíta e lá permanece até os dezoito anos. Em 1856 ingressou na Congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada por Paulo da Cruz (Santo). Em Morrovalle recebe é ordenado padre e passa a se chamar Gabriel da nossa Senhora das Dores ou Gabriel da Virgem Dolorosa. Adota este nome proque ele é um fervoroso devoto da Santíssima Maria e respeitador fiel da sua dor. Vai então completar seus estudos filosóficos em Pievetorina e lá permanece por um ano, por fim dirige-se para a Ilha do grande Sasso. Na Ilha contrai tuberculose e fica de vama. Faleceu na Itália, no ano 1862, tinha apenas 24 anos de idade. Foi Beatifica pelo Papa Pio X, no ano 1908. Foi Canonizado pelo Papa Bento XV, no ano 1926.
  4. • Gabriel de Duisco (1578, Japão - 1597, Japão) - Mártir - 26/01 Nasce no Japão, em 1578. Sua família era nobre e tradicional. Quando jovem torna-se criado do Governador de Meaco, Japão. Fez amizade com os Franciscanos que estavam em Meaco, Japão. Este contato o conduz ao Cristianismo, por essa razão pede para ser batizado e ingressa na Ordem Terceira. É bem recebido no Convento onde daria continuidade a sua formação. Muitos amigos o visitavam no Convento para persuadi-lo a voltar para sua casa e à religião Budista, os próprios pais não concordaram com sua atitude. Foi quando seus pais tentaram conduzi-lo à força para casa, mas Gabriel ajoelhado implora para que o deixasse em paz. Algum tempo depois seus pais observando sua ação em ajuda aos mais pobres e enfermos acabam abençoando a escolha do filho. Foram três anos no convento. Quando da perseguição aos Franciscanos, foi preso, teve sua orelha esquerda amputada, bem como a de seus companheiros e, por fim, foram transferidos, em cortejo público, para Nagasaki. Faleceram em Nagasaki, Japão, martirizados, por crucificação, no dia 05 de fevereiro de 1597. Foi Canonizado pelo Papa Pio IX, no dia 08 de junho de 1862.
  5. • Gabriel Lalemant (?, ? - ?, ?) - Mártir  no Canadá e Estados Unidos juntamente com seus companheiros Santo Antônio Daniel, São Carlos Garnier, Santo Isaac Jogues, São João de Brebéuf, São João de la Land, São Noel Chanabel e São Renato Goupil  - 19/10 Nasceu na França, em data não identificada por nós.Ingressou na Companhia de Jesus. Embarcando em 1625, para o Quebec, no Canadá, como companheiro de João de Brebeuf (Santo). Como os demais foi um grande catequizador, pregador e evangelizador. Seu trabalho naquele país foi duro, pois teve que enfrentar as mais diversas dificuldades de comunicação, violência, superstição, descrença, ganância e até o canibalismo. Foram responsáveis pela conversão de mais de sete mil índios.Gabriel, João de Brebeuf,  Antônio Daniel  e seus companheiros são capturados por nativos, os Iroquois, e levados para a Missão de Santo Inácio, no Canadá. Naquele local passaram a ser agredidos, mutilados, queimados e canibalizados.Faleceu na Missão de Santo Inácio, em Quebec, no Canadá, martirizado no fogo e canibalizado, no ano 1649. Foi Canonizado pelo Papa Pio XI, no ano de 1930.
  6. • Gabriel Longueville (?, ? - ?, ?) - 18/07
  7. • Gaciano (?, França - séc. IV, França) - Bispo - 18/12 Nasceu provavelmente na França, em data não identificada por nós. Sabe-se que Gaciano foi nomeado bispo de Tours, na França. Seu trabalho foi muito bom e que dignificava as Palavras de Deus Pai e Filho. Durante anos viveu, como bispo, a Fé, pregando, orando, evangelizando. Faleceu na França, naquele cargo provavelmente após a metade do séc. IV.Foi após seu falecimento que sua história começou. Alguns anos depois, por volta de 380, assume o cargo de bispo o vigário Martinho de Tours (Santo). Homem que trabalhou muito pela Fé. Numa certa data Martinho (Santo) foi surpreendido por uma revelação vinda de Deus Pai, o local exato da sepultura de Gaciano. Ele foi até o local e confirmou a revelação Divina, quando comunicou a seus superiores. A partir daquele momento passou-se a venerar São Gaciano.
  8. • Gaetano Emco (Itália, 1791 - ?, 1860) - Sacerdote - ??/?? Nasceu na Itália em data não identificada por nós. Fundador da Congregação dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus e Maria. Faleceu em local não identificado por nós, no ano 1860. Foi Canonizado pelo Papa Bento XVI, no dia 12/10/2008.
  9. • Galacio (ou Galacião) (?, ? - ?, ?) - 05/11
  10. • Galdino (1096, Itália - 1176, Itália) - Galdino - 18/04 Nasceu em Milão, Itália, no ano de 1096. Jovem ainda ingressa num Seminário de Milão e se torna sacerdote. Torna-se auxiliar do arcebispo Oberto de Pirovano. Como auxiliar executou diversas tarefas com eficácia e dedicação. Depois de algum tempo juntos enfrentaram os opositores ao Papa, como era o caso de Vitor IV, que era apoiado pelo imperador Frederico, o Barbaroxa. Esta dupla tinha como objetivo dominar o mundo e para este fim empregavam toda forma de violência. Em 1162 a cidade de Milão é arrasada por esta dupla sanguinária. Oberto e Galdino só não foram mortos porque conseguiram abrigo junto ao Papa Alexandre III, mas eram o alvo principal do imperador. Pouco tempo depois Oberto vem a falecer o Papa nomeia Galdino bispo para continuar a frente das lutas travadas por Oberto, em 1166. Voltando a Milão assume novamente a sua luta e como a cidade fora arrasada muitos eram os pobres e necessitados. É nessa época que uma das maiores virtudes deste homem se destaca, a caridade, não apenas a praticada por ele próprio, mas ao incentivar as pessoas a serem caridosas com seus irmãos. Muitos pobres que estavam presos em razão de dívidas, as mais diversas, eram socorridos por ele, não apenas no que se refere ao conforto espiritual, mas também na quitação da dívida, quando ia negociar diretamente com os agiotas. Doava aos pobres pão e juntos oravam. Era um excelente defensor e atuava diretamente junto às autoridades para defender seu povo. Faleceu Itália, no dia 18 de abril de 1176.
  11. • Galicano (?, ? - ?, ?) - 25/06
  12. • Gall (?, ? - ?, ?) - 01/07
  13. • Galo de Clemont (489, França - 554, França) - Abade - 01/07
  14. • Galo (?, ? - ?, ?) - 16/10
  15. • Gamaliel (?, ? - ?, ?) - 03/08
  16. • Gaspar (?, ? - ?, ?) - Vide "Reis Magos"
  17. • Gaspar de Bene (?, ? - ?, ?) - 14/07
  18. Gaspar Bertoni (1777, ? - 1853, ?) - Sacerdote fundador - 12/06 Nasceu em Verona, na Itália, no ano 1777. Não obtivemos informações sobre sua infância. Em 1800 é ordenado sacerdote, quando fundou diversos oratórios marianos. Os oratórios ajudaram no surgimento de escolas, oficinas de arte (pintura, música...). Foi responsável pela fundação da Congregação dos Sagrados Estigmas de N. Sr. Jesus Cristo, conhecidos como Estigmatinos. Também fundou escolas. Faleceu em Verona, na Itália, no ano 1853. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no ano 1981.
  19. • Gaspar de Búfalo (1786, Itália - 1837, Itália) - Também denominado "São Gaspar dell Búfalo" - 12/06 Nasceu em Roma, Itália, no dia 06 de janeiro de 1786. Seu trabalho de evangelização foi iniciado de forma oculta entre os camponeses e carroceiros. Em 1815, Gaspar, fundou sua primeira Congregação, denominada de Congregação dos Missionários do Preciosíssimo Sangue e em 1834 o Instituto das Irmãs Adoradoras do preciosíssimo Sangue. Faleceu em Roma, em 28 de dezembro de 1837. Foi Beatificado em 1904. Foi Canonizado pelo Papa Pio XII, no ano 1954.
  20. • Gastão (?, ? - ?, ?) - Bispo - 06/02
  21. • Gastão (?, ? - ?, ?) - 08/04

  1. • Gaudêncio (?, ? - ?, ?) - 22/01
  2. • Gaudêncio (?,? - ?,?) - 30/08
  3. • Gaugerico (?, ? - ?, ?) - Bispo - 11/08
  4. • Gautério (?, ? - ?, ?) - Abade - 09/04
  5. • Gelásio I (?, ? - 426, Roma) - Papa - 21/11 Nasceu em local e data não identificado por nós. Dedicou-se à Fé e aos mais necessitados. Distribuiu todos os seus bens aos pobres e por esta razão quando faleceu levava uma vida de pura pobreza. Foi um Papa que não mediu esforços para trazer para a Igreja todos aqueles que a procuravam. Faleceu em Roma, no dia 496,
  6. • Genádio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 25/05
  7. • Genciano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Vitórico e São Fusciano - 11/12
  8. • Ganésio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 25/08
  9. • Ganésio de Clemont (?, ? - ?, ?) - Bispo - 03/06
  10. • Ganésio o Comediante (?, ? - ?, ?) - Mártir - 25/08
  11. • Gangolfo (?, ? - ?, ?) - 11/05
  12. • Genuíno (?, ? - ?, ?) - 05/02
  13. • Genulfo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 17/01
  14. • Geraldo de Brogne (?, ? - ?, ?) - Abade - 03/10
  15. • Geraldo de Claraval (?, ? - ?, ?) - 13/06
  16. • Geraldo de Galinaro (?, ? - ?, ?) - Canonizado juntamente com seus companheiros - 11/08
  17. • Geraldo de Maio (?, ? - ?, ?) - Abade - 13/03
  18. • Geraldo de Sauve-Majeure (?, ? - ?, ?) - Abade - 05/04
  19. • Geraldo Majela (1726, Itália - 1755, Itália) - Religioso - 11/10 ou 16/10* Nasceu em Muro, Itália, no dia 06 de abril de 1726. Seu pai era alfaiate, que mantinha a família com certa dificuldade. Geraldo era o caçula. Quando tinha 12 anos de idade seu pai ficou severamente enfermo e faleceu. Então decidiu se tornar aprendiz de alfaiate. Aos 14 anos de idade, em 1740, tentou ingressar na Ordem dos Capuchinhos, no entanto não foi aceito, pois era muito magro e fraco. No ano seguinte passou a trabalhar como alfaiate do bispo de Lacedônia, Itália. Aconteceu que o bispo veio a falecer em 1745, quando Geraldo tenta na sua cidade natal estabelecer-se como alfaiate. Numa certa data pode assistir a pregação de religiosos da Congregação do Santíssimo Redentor, fundada por Afonso de Ligório (Santo), aproximadamente a quinze anos. Solicitou e foi aceito na Congregação, onde foi ordenado padre. No ano de 1754 a região conhecida como Lacedônia foi assolada por uma violenta epidemia. Geraldo passou a atender os doentes, mas em vez de apenas prestar assistência aos enfermos, intercedia junto ao Pai e obtinha curas milagrosas. Como os milagres eram presenciados por outras pessoas, o número de convertidos aumentou, tanto por parate dos doentes, bem como daqueles que os acompanhavam. Ainda em 1754, Geraldo foi violentamente caluniado por uma jovem. Geraldo preferiu o silêncio, por esta razão Afonso (Santo) o proibiu de comungar e o isolou do povo. Logo em seguida Afonso (Santo) o transferiu para Caposela. Mesmo na nova moradia o religioso Geraldo, mesmo sofrendo aceitou a proibição da Comunhão. Nesta época Geraldo entregou-se a severas mortificações. Período que escreveu muito. A jovem arrependida procurou o sacerdote Afonso (Santo) e se retratou. De imediato Afonso (Santo) retirou a punição. Geraldo de imediato e de forma até incontida foi receber a Sagrada Comunhão. Depois disso foi várias vezes até Nápoles, e retornou a Caposela, neste último local exerceu a função de porteiro, quando aproveitava para atender aos pobres. Passou a ser conhecido como "Pai dos Pobres". Geraldo foi acometido por uma enfermidade que o deixou de cama. Seus irmãos de Fé não o deixavam só e sempre que preciso lhe ministrava remédios. Faleceu na Congregação, na Itália, no ano 16 de outubro de 1755. Foi Beatificado pelo Papa Leão XIII, no ano de 1903. Foi Canonizado pelo Papa Pio X, no dia 11 de dezembro de 1904.
  20. • Gerardo de Csanad (?, ? - ?, ?) - Bispo mártir - 24/09
  21. • Gerardo de Toul (?, ? - ?, ?) - Bispo - 23/04
  22. • Gerardo Sagredo (980, Itália - 1046, Hungria) - Mártir - 24/09 Nasceu em Veneza, na Itália, no ano de 980. Ingressou na Ordem Beneditina, logo em seguida foi para Hungria para ser orientador espiritual e professor do rei Estevão I (Santo). O convite de Estevão I ocorreu logo após seu retorno de uma viagem pela Terra Santa. Gerardo foi nomeado responsável pela evangelização do povo pagão e afastado do Cristianismo. Gerardo era adepto da oração contemplativa, penitência e exercícios espirituais. Foi nomeado pelo rei bispo de Chonad, quando do falecimento de seu antecessor. No cargo conseguiu acabar com a idolatria aos deuses pagãos. Prestava pessoalmente assistência aos doentes pobres. No entanto o rei Estevão I contraiu uma grave enfermidade e veio a falecer. Seu sucessor passou a perseguir os Cristãos para que pudesse retomar a devoção aos deuses pagãos e a idolatria. O duque de vata numa ação contra os Cristãos, ordenou a seus soldados que atacassem os Cristãos, foi quando Gerardo foi atingido pela lança de um soldado. Foi ferido gravemente, mas permaneceu grande defensor da fé cristã. Faleceu na Hungria, em consequência daquele ferimento, no dia 24 de setembro de 1046.
  23. • Gerardo Tintori (?, ? - ?, ?) - 06/06
  24. • Gerasmo (IV, Ásia Menor - séc. IV, Ásia Menor) - Abade e confessor - 05/03 Nasceu em Lícia, na Ásia Menor, no séc. IV. Era abade e confessor que vivia como anacoreta no deserto nas proximidades do Mar Morto. Não vivia só, mas com discípulos, um leão e um jumento. Nas grutas ou pequenas cabanas rústicas rezavam, ouviam confissões, recitavam os Salmos e até jejuavam. Faleceu como anacoreta nas proximidades do Mar Morto, na Ásia Menor, no séc. IV. Contam os discípulos que após sua morte o leão e o jumento passaram a viver sobre seu túmulo onde vieram a falecer por falta de alimento.

  1. • Gereão (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 10/10
  2. • Gereberno (?, ? - séc. VII, França) - Mártir juntamente com Santa Dimpna - 15/05 Nasceu em local e data não identificados por nós. Sabe-se que a Santa Dimpna ao ser perseguida e assediada por seu pai, pois estava demente, foi socorrida por São Gereberno, mestre espiritual de, que a conduziu em fuga para Antuérpia, na França. Na França seguiram até o oratório de São Martinho. Ela faleceu, martirizada pelo próprio pai, aos quatorze anos de idade, em Antuérpia, na França, no século VII. Gereberno também foi preso. Faleceu martirizado pela guarda do rei, pai de Dimpna, em Antuérpia, na França, no século VII.
  3. • Gergório Nanzianzeno (?, ? - ?, ?) - Bispo Dr. da Igreja - 02/01
  4. • Gerico (?, ? - ?, ?) - Bispo - 19/09
  5. • Gerlaco (?, ? - ?, ?) - 05/01
  6. • Gerlando (?, ? - ?, ?) - Bispo - 25/02
  7. • Germânico (?, ? - ?, ?) - Mártir - 19/01
  8. • Germano (?, ? - ?, ?) - Abade juntamente com São Sérgio * (Abade) - 28/06
  9. • Germano (?, Itália - 541,  Itália) - Bispo 30/10 ou 16/05 Nasceu na Itália, em data ignorada por nós. Era um religioso dedicado e responsável. Quando em 541 foi eleito bispo de Cápua, passou a se dedicar com maior desenvoltura, pois cuidava agora de uma área maior e com um número também maior de fieis. Era muito respeitado em sua região. Conheceu Bento (Santo) e tornou-se seu amigo. Faleceu em Cápua, Itália, no ano 541, como bispo.
  10. • Germano(ro) (?, ? - ?, ?) - Abade - 24/09
  11. • Germano de Auxerre (?, ? - ?, ?) - Bispo - 03/08
  12. • Germano de Capua (?, ? - ?, ?) - Bispo - 30/10
  13. • Germano de Constantinopla (635, Constantinopla - 732, Constantinopla) - Bispo - 12/05 Nasceu em Constantinopla, atual cidade de Instambul, na atual Turquia, no ano 635. Nasceu em uma família bem estabelecida. Ingressou em data não identificada na vida religiosa, pois desde criança tinha um grande apega às Sagradas Escrituras. No ano 711 assume como Bispo de Cízico, Helesponto (atual Dardanelos), Turquia. Foi um grande combatente da heresia iconoclasta e o monoteísmo. A heresia iconoclasta defendia a destruição de todas imagens de Jesus Cristo e dos Santos. defendia em documentos que não se adorava a imagem, mas sim que através delas falava-se com Deus, Jesus, Nossa Senhora e todos os Santos e Santas. Teve o apoio de Papa Leão III e de João Damasceno (Santo e Doutor da Igreja). Produziu belos sermões sobre Nossa Senhora e também grande defensor da mediação por parte da Santa. Doente, retira-se para a propriedade familiar próxima a Constantinopla. Faleceu em Platanión, Constantinopla, no ano 732.
  14. • Germano de Granfel (?, ? - ?, ?) - Mártir - 21/02
  15. • Germano de Paris (496, França - 576, França) - Bispo - 28/05 Nasceu em Autun, na França, no ano 496. Quando sua mãe ficou grávida tentou realizar um aborto, pois ela não tinha intenção de ter um filho(a), no entanto não o conseguiu. Quando criança sua vida fica por um fio quando sua mão novamente tenta assassiná-lo com veneno, mais uma vez não consegue. Esse desrespeito à vida já existia naquela época, quando mulheres desumanas e insensatas se acham no direito de tirar uma vida, em outras palavras, matar. Sua família era muito rica, segundo a tradição Católica. Depois deste incidente passou a ser educado por um primo, bem mais velho, que era ermitão, de nome Escapilão. Durante este período aprendeu sobre a vida de Jesus Cristo e a amá-lo, foram quinze anos de vida como ermitão. Mais tarde este mesmo primo o conduziu aos estudos em Avalon. Em 531, foi convidado pelo bispo de Autun para trabalhar como seu auxiliar e aproximadamente três anos depois foi ordenado sacerdote. Depois que o bispo faleceu foi indicado para o cargo de diretor do Mosteiro de São Sinforiano. O Mosteiro estava em péssimas condições e em plena decadência, no entanto ele acaba deixando o cargo por não conseguir implantar Regras austeras e pelo intenso e contínuo boicote. Foi para Paris com o objetivo de pregar, mas seu dom de aconselhar com sabedoria e prudência lhe proporcionou mais popularidade e chamou a atenção do rei de Paris. O próprio rei o convida para ocupar o cargo de bispo no ano de 536 e ele o aceita. Pouquíssimo tempo depois o rei de Paris, Childewberto, é acometido por uma grave enfermidade, quando Germano realiza inúmeras orações e pedidos ao Pai solicitando a cura do rei, e ela veio logo em seguida. O rei agradecido mandou construir uma grande igreja e bem próximo a um grande Convento. Este local, alguns anos depois, viria a ser transformado no famoso Seminário de Paris. Era muito caridoso a ponto de doar suas roupas para aqueles mais necessitados e que passavam frio. Faleceu na França, no dia 28 de maio de 576. Sua Santidade era tão grande não demorou muito para que muitos relatos de milagres realizados pela intercessão de Germano junto ao Deus Pai e Filho.
  16. • Germério (?, ? - ?, ?) - Bispo - 16/05
  17. • Geraldo (?, ? - ?, ?) - 19/04
  18. • Geroldo (?, ? - ?, ?) - Eremita - 19/04
  19. • Gerôncio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 09/05
  20. • Gervásio (?, Portugal - séc. X/XI, Portugal) - Irmão de Santa Senhorinha - ??/?? Nasceu em Portugal, em data não identificada por nós. Irmão de Santa Senhorinha e sobrinho de Santa Godinha. Era um religioso dedicado e comprometido com Deus na figura de Jesus Cristo. Faleceu em Portugal, no séc. X ou XI.
  21. • Gervásio (séc. III, Itália - séc. III, Itália) - Mártir juntamente com São Protásio - 19/06 Nasceu em local não identificado por nós, no século III. Sabe-se muito pouco sobre a vida deste Santo. Gervásio e Protásio foram presos e condenados à morte por se dedicarem à Santa Igreja em Milão, itália. Faleceu em Milão, na Itália, martirizado, no século III. Seus corpo e o de Protásio foram encontrados no ano 386 por Ambrósio (Santo) às vésperas das Festas de Dedicação da Igreja aos dois Santos mártires.
  22. • Gervino (?, ? - ?, ?) - Abade - 03/03

  1. • Getúlio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com companheiros - 10/06
  2. • Gilberto de Sempringham (?, ? - ?, ?) - 16/02
  3. • Gilbriano (?, ? - ?, ?) - 08/05
  4. • Gil - Vide Santo Egídio, são a mesma pessoa.
  5. • Gilberto (?, ? - ?, ?) - Eremita - 06/06
  6. • Gilberto de Caithness (?, ? - ?, ?) - Bispo - 01/04
  7. • Gilberto de Sempringhan (?, ? - ?, ?) - 16/02
  8. • Gil Maria de São José (1729, Itália - 1812, Itália) - 10/02 Nasceu na região de Tarento, na Itália, em 16 de novembro de 1729. Sua família era formada por pequenos lavradores.Desde pequeno destacou por ser muito humilde e caridoso.Quando atinge dez anos de idade vai trabalhar em uma grande fazenda, local onde é muito admirado. Tinha como prática a de ir à Missa todos os dias antes do trabalho quando rezava por longo período. Quando seu pai falece ele precisa trabalhar para manter a própria família. mais tarde sua mãe casa-se novamente e Gil pode em fim realizar seu grande sonho, já com 24 anos, ingressa como noviço Franciscano. Em 1759 Gil passa a viver no Convento de São Pascal, em Nápolis. Neste local desempenhou os ofícios de cozinheiro, porteiro, esmoleiro etc. Evangelizava com alegria que contagiava a todos, pois sempre era muito humilde, caridoso, dedicado à Eucaristia e à Nossa Senhora. Sempre servia aos irmãos necessitados, enfermos, pobres, desvalidos... Muitos enfermos solicitavam a sua presença junto a seu leito, para ser confortado, por esta mesma razão era muito solicitado quando uma pessoa estava à beira da morte. Gil confortava o moribundo e lhe dava os últimos Sacramentos. Gil carregava em muitas oportunidades uma relíquia de São Pascal e através de orações conseguia muitos milagres. Faleceu em Nápolis, no dia 07 de fevereiro de 1812, aos 83 anos. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no dia 02 de junho de 1996.
  9. • Gildas - O Sábio - (?, Escócia - 570, Grã-Bretanha) - 29/01 Nasceu na Escócia, em data não identificada por nós. Como Sacerdote Gildas trabalhou em outras nações das Ilhas Britânicas, como: Irlanda e na Inglaterra. Reformou muitos mosteiros e foi um ótimo pregador convertendo muitos pagãos. Faleceu na Grã-Bretanha, no ano 570.
  10. • Ginés (ou Gens) de Arles ( séc. III, França - 303/308, França) - Mártir - 03/06 Nasceu em Arles, na França, durante o século III. Ginés ou Gens era militar quando converteu-se ao Cristianismo. Procurou então o Bispo de Arles, França, para que pudesse ser Batizado. Foi preso e condenado à morte durante a perseguição de Maximiano e Diocleciano. Faleceu em Arles, França, decapitado, no ano 303 ou 308.
  11. • Gisleno (?, ? - ?, ?) - Abade - 09/10
  12. • Gleb (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Boris - 24/07
  13. • Glutaco (?, ? - ?, ?) - 11/04 - ABRIL
  14. • Goário (?, ? - ?, ?) - 06/07
  15. • Gobano (?, ? - ?, ?) - Mártir - 20/06
  16. • Godegrando (?, ? - ?, ?) - Bispo - 06/03
  17. • Goderico (?, Inglaterra - 1170, Inglaterra) - 21/05 Nasceu em Walpole, na Inglaterra, em data não identificada por nós. Já adulto, trabalhava como mascate, em seguida passou a viajar comercializando e comprando produtos pela Europa inteira. Nessas viagens veio a conhecer São Cultberto. Deste encontro passou a refletir e parte para uma viagem para a Terra Santa. Sua volta à Europa é diferente. Para sobreviver passa a trabalhar em uma propriedade rural quando tem contato com a exploração dos pobres. Revoltado abandonou tudo, vai então para o Santuário de São Gil, onde passou algum tempo. Ainda incomodado vai para Roma. Naquela cidade passou a viver com o eremita Aelrico por dois anos. Volta para a Terra Santa em peregrinação. Sua vida tem uma reviravolta bem grande e quando retornou à Inglaterra passa a viver isolado e com animais selvagens nas proximidades do Rio Wear. Sua santidade era tão grande que não tinha problemas com os animais, pelo contrário, ele os abrigava dos perigos. Era muito visitado, inclusive por dois futuros santos, os monges Aelredo e Roberto de Newminster. Em muitas ocasiões, quando trabalhava ou estava dialogando, interrompia sua ação para orar por alguém distante que necessitava. Ele tinha o dom da profecia. Faleceu naquele local, na Inglaterra, no dia 21 de maio de 1170.
  18. • Godescalco (?, ? - ?, ?) - Mártir - 07/06
  19. • Godofredo de Amiens (?, ? - ?, ?) - Bispo - 08/11
  20. • Godofredo Van Duynem (?, ? - ?, ?) - Mártir em Gorcum - 09/07
  21. • Godofredo Van Melveren (?, ? - ?, ?) - Mártir em Gorcum - 09/07

  1. • Gonçalo
    (?, ? - ?, ?)
    - 30/10

  2. • Gonçalo Garcia (1557, Índia - 1597, Japão) - 23/01 Nasceu na Índia Ocidental, no ano 1557. Seu pai era português e sua mãe indiana. Estudou no Colégio dos Jesuítas em Bazain. Aos 25 anos de idade muda-se para o Japão com o objetivo de construir a sua vida desenvolvendo atividades comerciais. Porém após algum tempo resolve dedicar-se à catequização em ajuda aos Padres Jesuítas. Sua dedicação foi tanta que permaneceu ao lado dos religiosos por dez anos. Mais uma vez resolve mudar a sua vida e viaja para as Filipinas, mas neste país observa a vida dos Franciscanos que seguiam fielmente os votos de São Francisco, principalmente no que se refere à pobreza e a penitência resolve ingressar na Ordem  dos Frades Menores como Irmão Religioso. Foi prontamente aceito e por falar fluentemente o japonês é indicado como companheiro e intérprete do Comissário Pedro Batista (Santo) quando este viaja para o Japão. No Japão após várias conversões o Imperador japonês ordena a prisão do grupo de Franciscanos e em seguida levados para Meaco, local onde começou o flagelo, pois foi cortada a orelha esquerda de todos os detidos. Foram então colocados em carro, como num desfile para que a população pudesse ver o que iria acontecer com aqueles que tentassem difundir a Fé Cristã até Nagasaki. Nesta cidade foram levados para a colina dos Mártires. Faleceram em Nagasaki, Japão, crucificados, no ano 1597. Todos foram crucificados, porém Gonçalo foi transpassado por duas lanças cruzadas de maneira a atingir seu coração, tinha 40 anos de idade. Foi Canonizado pelo Papa Pio IX, no dia 08 de junho de 1962.
  3. • Gontrão (?, ?França - 594, França) - 28/03 Nasceu em local e data não identificado por nós. Sabe-se no entanto que fazia parte da família real. Rei dos Francos, inicialmente governou com abusos e teve vida desregrada. O arrependimento veio e Gontrão passa a fazer penitência. Bem mais tarde abandona a coroa e vai morar no Mosteiro de Châlons. Neste local realiza penitência e muita oração até alcançar a Santidade. Faleceu na França, em 594.
  4. • Gordiano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Epimaco, São Alexandre e companheiros - 10/05
  5. • Gorgônio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 09/09
  6. • Gorgônio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Pedro e São Doroteu (?, ? - ?, ?) -  Mártir - 12/03
  7. • Gotardo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 04/05
  8. • Gotardo de Hildesheim (?, ? - ?, ?) - Bispo - 05/05
  9. • Grato (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/09
  10. • Graciliano (?, ? - ?, ?) - 12/08
  11. • Gregório Barbarigo (?, ? - ?, ?) - Bispo e Cardeal - 18/06
  12. • Gregório de Espoleto (?, ? - ?, ?) - Mártir - 24/12
  13. • Gregório de Girgenti (?, ? - ?, ?) - Bispo - 23/11
  14. • Gregório de Lilibeo (?, ? - ?, ?) - Bispo mártir - 05/06
  15. • Gregório de Narek (944, Armênia - 1010, na Turquia) - Monge e reformador - 29/02 Nasceu na Armênia, no ano de 944. Ainda jovem ingressou no Mosteiro de Narek onde formou-se. Era um monge dedicado e por esse motivo logo foi eleito mestre dos noviços. Seu trabalho reformador e restaurador foi tão intenso que pode trabalhar em vários mosteiro, onde reestabeleceu a disciplina monástica. É ainda hoje um dos maiores escritores da literatura universal (o absurdo é que tem gente que diz que a Igreja naquela época foi extremamente danosa para a humanidade). São muitos os escritos. Foi perseguido e sofreu grande número de acusações falsas. Faleceu em Narek, na Turquia, no ano de 1010.
  16. • Gregório de Nissa (330/5?, Capadócia - 395, ?) - Teólogo, escritor e místico - 10/01 ou 12/03* Nasceu em Cesareia, na Capadócia, Ásia Menor, entre 330 e 335. Filho de Basílio, o Velho e Amélia (ambos santos), neto de Santa Macrina, a Velha, irmão de Santa Macrina, São Pedro Sebaste e São Basílio Mágno. Por volta de 360 trabalhava como professor de retórica, quando passou a estudar a teologia com apoio de seu irmão Basílio (Santo). No ano de 371/2 foi proclamado Bispo de Nissa, Capadócia, atual Turquia, mas foi deposto por Valente. Pouco tempo depois este faleceu quando Gregório foi recolocado no cargo e logo depois foi proclamado Arcebispo de Sebastes, Capadócia, Ásia Menor, atual Turquia. No ano 381 ocorreu o II Concílio Ecumênico de Constantinopla, do qual fez parte e reconhecido como grande mestre e defensor da Fé Católica contra os arianos. Era grande escritor e nos deixou diversas obras que são estudadas e atuais mesmo nos nossos dias, por exemplo algumas obras e tratados: "O Grande Discurso Catequético"; "A Vida de Mácrima"; "Sobre a Virgindade"; "A Criação do Homem"; "Sobre o Amor dos Pobres"; "A Divindade do Espírito Santo"; "A Vida de Moisés", "Sobre a Fé", "Sobre a Trindade"; "Sobre a Alma e a Ressurreição" etc. Todos os escritos de Gregório são considerados ascéticos e místicos. Faleceu em local não identificado por nós, no ano 395.
  17. • Gregório de Tours (?, ? - ?, ?) - Bispo - 17/11
  18. • Gregório de Utrecht (?, ? - ?, ?) - Abade - 25/08
  19. • Gregório Grassi (1833, Itália - 1900, China) - Mártir na China juntamente com seus companheiros - 08/07 Nasceu em Castellazzo Bormida, Itália, no dia 13 de dezembro de 1833. Ingressou no Seminário no dia 02 de novembro de 1848, onde concluiu seus estudos e em 17 de agosto de 1855 é ordenado sacerdote. Pediu para ser enviado em missão e em 1860 vai para a China, mas antes passou pela Terra Santa e algum tempo depois chegou a Schang-Tong, na China. Tornou-se bispo naquele país, mas não parou de exercer suas atividades missionárias, para isso estudou muito a língua chinesa. Durante os 40 anos de missão construiu cerca de 60 igrejas. Seu maior sonho era retornar a Itália, mas isso não foi possível, pois a perseguição aos Cristãos o impediu. Quando teve início a perseguição aos Cristãos todos foram presos e condenados. Faleceu na China, martirizado, juntamente com seus irmãos de Fé, no ano 1900. Foi Beatificado pelo Papa Pio XII, no dia 27 de novembro de 1946. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no dia 01 de outubro de 2000.
  20. • Gregório João Barbarigo (1625, Itália - 1697, Itália) - 18/06 Nasceu em Veneza, na Itália, no dia 16 de setembro de 1625. Fazia parte de uma família aristocrática italiana e muito rica. Quando tinha quatro anos de idade ficou órfão de mãe. A partir desta data o pai se encarregou de educar os filhos na moral e na Fé Cristã. Aos 18 anos de idade tornou-se secretário do embaixador da cidade de Veneza. Quando de sua passagem pela Alemanha, ao acompanhar o embaixador, é encaminhado à vida religiosa por Fábio Chigi, então núncio apostólico, mais tarde Papa Alexandre VII. Em 1660 Gregório é nomeado cardeal. Neste cargo pode garantir ao Seminário de Praga os melhores professores da Itália e de outros países da Europa. Seu trabalho pastoral passava pela educação em escolas populares, instituições de ensino religioso, cursos de orientação aos pais e também, educadores etc. Quando da peste prestou assistência a mais de 13 mil pessoas, muitas vezes pessoalmente. Faleceu em Pádua, na Itália, no dia 18 de junho de 1697. Foi Canonizado pelo Papa João XXIII, em 1960.
  21. • Gregório Macário (?, ? - ?, ?) - Bispo - 16/03
  22. • Gregório (I) Mágno (540, Itália - 604, Itália) - Papa Dr. da Igreja - 03/09 Nasceu em Roma, atual Itália, em 540. Sua família era muito rica, seu pai um poderoso e renomado romano. Gregório perde seu pai ainda jovem. Foi então criado e educado por sua mãe, Silvia e duas tias, Tarsila e Emiliana (ambas Santas), e ainda muito jovem tornou-se prefeito de Roma. Quando o Mosteiro de Montecassino foi atacado os monges Beneditinos que ali viviam fugiram para Roma a procura de abrigo. Gregório compadecido doa um de seus castelos aos monges, local onde os monges fundam o Convento de Santo André. Foi nessa mesma época que Gregório abandona tudo e ingressa num Mosteiro, onde foi ordenado. Durante sua vida no Mosteiro o Papa Pelágio o encarregou de uma importante missão em Constantinopla. Aproveitou a missão para escrever. Ao retornar a Roma foi eleito abade do Convento de Santo André. Suas ações e dedicação deram fama ao sacerdote Gregório. Quando o Papa Pelágio faleceu, Gregório foi eleito Papa, mas como desde criança tinha uma saúde frágil relutou em aceitar, mas acabou cedendo. No dia 03 de setembro de 590 assume o cargo de Papa. Durante catorze anos comandou a Igreja com respeito a todas as tradições da religião, combateu os hereges e suas atrocidades contra o povo judeu que vivia em Roma. Faleceu em Roma, na Itália, no dia 12 de março de 604.
  23. • Gregório Maria Grossi (?, ? - ?, ?) - Mártir na China - 09/07
  24. • Gregório Nazianzeno (ou de Nazianzo) (329?, Nazianzo - 389/90?, Nazianzo) - Bispo e Doutor da Igreja - 02/01 Nasceu em Nazianzo, atual Turquia, em 329. Como seus irmãos teve excelente educação. São Gregório não é o único da família a ser Canonizado, seu pai São Gregório, o Velho, sua mãe Santa Nona, suas irmã Santa Gorgônia e seu irmão São Cesário. Foi o Presidente do Primeiro Concílio de Constantinopla, onde foi proclamada a divindade do Espírito Santo. Foi ordenado por seu pai. Durante sua vida religiosa foi muito perseguido. Faleceu provavelmente em Nazianzo, atual Turquia, no ano de 389/90. Foi proclamado Doutor da Igreja, em data não identificada por nós.
  25. • Gregório, o Iluminador (240, Armênia - 326, Cesaréia) - Bispo - 30/09 Nasceu na Armênia, no ano 240. Sua família foi toda assassinada por questões políticas, mas ele foi salvo por sua ama, uma cristã, que o levou para Cesaréia, na Capadócia. Durante a viagem e a estadia naquela cidade a ama o converteu para o cristianismo, sendo batizado. Alguns anos depois casou-se com uma jovem de nome Julita. Passado alguns anos resolveu voltar para sua terra natal com sua esposa. Ao chegar lá acabou sendo preso, pelo que obtivemos só ele foi preso, por ordem do Rei Tirídates III. Aconteceu que este rei tinha uma doença grave e Gregório, com sua fé o curou. AQlém de ganhar o perdão, foi solto e também converteu toda a corte. Foi então nomeado Bispo de Cesaréia, na Capadócia. Faleceu em Cesaréia, na Capadócia, no ano 326.
  26. • Gregório, o Velho (?, ? - ?, ?) - Pai de família, depois bispo. Esposa, filhos e filha santos Nasceu em local e data não identificados por nós. Casado com Nona (santa) não era cristão e por ela foi convertido. Foi pai de três filhos Gregório Nazianzeno, São Cesário e Santa Gorgônia. No ano 328 é nomeado bispo de Nazianzo, atual Turquia. Faleceu em Nazianzo, atual Turquia, no séc. IV.
  27. • Gregório Taumaturgo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 17/11
  28. • Gregório II (séc. VII, Roma - 731, Roma) - Papa - 11/02 Nasceu em Roma, atual Itália, no séc. VII. Sua família era muito rica, seu pai um poderoso e renomado romano. Pouco se sabe sobre sua infância. Ingressa ainda jovem na vida religiosa, primeiro como diácono e depois como sacerdote. Era um incansável servidor da Santa Igreja e da Palavra do Pai. No ano 715 é eleito Papa. Deu continuidade ao trabalho do Papa Gregório Mágno (Santo), seu predecessor. Na época a Itália era dominada pelos bizantinos e os lombardos, fato que exigiu muito trabalho e paciência. Foi grande estudioso da vida eclesiástica, por isso pode fortalecer e organizar a Igreja. Foi grande combatente aos iconoclastas. Em razão de guerras provocadas pelos bizâncios o obrigou a tomar atitudes sérias para salvar Roma. Foi ele que favoreceu o surgimento da Roma como cidade da peregrinação pela Fé Cristã. Nessa época já apresentava sinais de cansaço e saúde fragilizada. Faleceu em Roma, de causas naturais, no dia 11 de fevereiro de 731.
  29. • Gregório III (?, ? - ?, ?) - Papa - 28/11
  30. • Gregório VII (1020/1, Itália - 1085, Salerno) - Mártir e Papa - 25/05 Nasceu em Toscana, Itália, no ano 1020/1. Seu nome de Batismo era Hidelbrando. Seus pais eram pobres. Foi para o Mosteiro de Clony, onde tornou-se monge Beneditino. Estudou depois em Laterano. Já ordenado é consagrado cardeal. Foi auxiliar direto de  dois Papas, primeiro de Leão IX e depois de Alexandre II. Em 1073 faleceu o Papa Alexandre II, Hidebrando é eleito Papa, quando passou a se chamar Gregório VII. Seu trabalho foi destacado pela reforma da igreja. Porém estas reformas não foram tranqüilas, pois havia oposição do poder civil que se achava no direito de interferir na nomeação de bispos e dentro do próprio clero. Um dos maiores opositores era o imperador Henrique IV, que se achava no direito de indicar quem ele achasse melhor para este cargo, mesmo que a pessoa fosse despreparada e até incapaz de ocupar este cargo tão importante. O Papa Gregório não teve dúvida quanto a sua atitude e o excomungou. Esta atitude do Papa provocou uma forte pressão sobre o imperador a ponto deste se dirigir ao Papa e pedir perdão, em 1077. Seu pedido tinha por objetivo anular a excomunhão, ato que acabou acontecendo. Mas Henrique IV era sovina e toda esta encenação foi estratégica, pois consegue depois Gregório VII e eleger Clemente III. O Papa Gregório enfrentou o imperador ao continuar a sua reforma, fato que provocou ainda mais a ira do governante. Este inescrupuloso e arrogante imperador ordena a sua prisão e, em seguida, o exila em Salerno, Itália. Faleceu em Salerno, Itália, martirizado, no dia 25 de maio de 1085. Foi Canonizado pelo Papa Paulo V, em 1606. Após muitos relatos e comprovações de milagres por meio de sua intercessão.
  31. • Gregório X (1210, Itália - 1276, Itália) - 10/01 - Papa Nasceu em Piacenza, Veneza, Itália, em 1210. Mas sabe-se que seu nome de nascimento era Teobaldo Visconti e que estava em visita à Palestina quando foi comunicado sobre a sua eleição para Papa. Foi um dos responsáveis pela organização da Cruzada para libertar a Palestina da dominação sarracena. Consegue a união parcial da Igreja Ortodoxa Grega e a Igreja Católica. Quando regressava de Lion parou em Arezzo de Toscana, na Itália. Faleceu em Arezzo de Toscana, na Itália, no dia 10 de janeiro de 1276. Foi Canonizado por Benedito XIV, em data não identificada por nós.

  1. • Grimbaldo (?, ? - ?, ?) - 08/07
  2. • Grimoaldo (?, ? - ?, ?) - 29/09
  3. • Gualdfado (?, ? - ?, ?) - 30/04
  4. • Gualter (?, ? - 1099, França) - 08/04 Nasceu em local e data não identificados por nós. Gualter era uma pessoa muito humilde e dedicado ao Senhor. Numa certa data é eleito abade do Mosteiro São Martinho de Pontoise, mas pela sua humildade ele recusa o cargo. Gualter não se considerava digno para ocupar aquele cargo, mas a pressão dos irmãos de Fé o fez aceitar. Em várias oportunidades inconformado com a função, por ter em seu coração que não era digno de tamanha responsabilidade, foge do Mosteiro, mas é sempre seguido por seus irmãos de Fé e seguidores e reconduzido ao cargo. Como não conseguia convencer as pessoas c de que aquele cargo deveria ser ocupado por uma pessoa digna apela ao Papa Gregório VII  (Santo). O esforço para convencer o Santo Padre foi muito grande, mas nem mesmo as suas argumentações foram suficientes. O Papa Gregório VII (Santo) descobre em Gualter uma grande virtude, a humildade diante de Deus, por esta razão toma a sua decisão baseada na grande dignidade de Gualter, por esta razão ordena que reassuma o cargo de Abade, pois era suficientemente digno para tal e que nunca mais pensasse ou tentasse abandoná-lo. Gualter reassume as suas funções com mais vontade, pois mesmo discordando no passado de seu merecimento, nunca deixou de exercer com dignidade, caridade e amor as suas funções, por esta razão é que todos insistiam. Faleceu em seu Mosteiro, como abade, na França, no ano de 1099.
  5. • Gualtério (?, ? - ?, ?) - 22/07
  6. • Guarino (?, ? - ?, ?) - Bispo e Cardeal - 06/02
  7. • Guarino (?, ? - ?, ?) - Bispo- 06/01
  8. • Gudval (?, ? - ?, ?) - 06/06
  9. • Guiberto (?, ? - ?, ?) - 23/05
  10. • Guido (?, ? - ?, ?) - Bispo - 02/06
  11. • Guido (?, ? - ?, ?) - Confessor - 20/05
  12. • Guido Anderlecht (séc. X, Bélgica - 1012, Bélgica) - 12/09 Nasceu Brabante, na Bélgica, provavelmente na segunda metade do séc. X. Quando jovem distribuiu todos os seus bens com os pobres, abandonou sua família e foi para Laken, próximo a Bruxelas. Naquela localidade passou a ser sacristão. Como sacristão dedicava aos afazeres da igreja, aos pobres, mas em especial às orações e penitências. Numa certa época decide se tornar comerciante, pois achava que desta forma teria como ajudar ainda mais aos pobres e necessitados, comprou uma grande quantidade de mercadoria, mas quando esta estava sendo transportada o barco afundou, no rio Sena, e ele perdeu tudo. Guido entendeu nesta tragédia que sua opção não teria sido a correta, por esta razão assume a peregrinação assistencial física e espiritual. Passou por vários santuários europeus, ajudou muitas pessoas, quando partiu para a Terra Santa. Depois de algum tempo retorna a seu pais, mas estava bastante debilitado. Foi para a cidade de Anderlecht, cidade próxima a Bruxelas, e lá ficou hospedado na casa do sacerdote local. Sua fama de Santidade já era muito grande, mas ele pouco podia fazer, pois estava muito fraco e doente. Faleceu Anderlecht, cidade próxima a Bruxelas, na Bélgica, no ano 1012.
  13. • Guido de Pomposa (?, ? - ?, ?) - Abade - 31/03
  14. • Guilherme (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Estevão, São Raimundo e companheiros - 29/05
  15. • Guilherme (?, Itália - 1142, Itália) -Ermitão Beneditino - 25/06 Nasceu em Vercelli, Itália, em data não identificada por nós. Ainda jovem fez uma peregrinação a pé e descalço até Santiago de Compostela, na Espanha. Quando retornou adotou a vida de ermitão, num dos montes que cercavam Nápoles, Itália. Sua tranquilidade durou muito pouco, pois logo vários seguidores e discípulos. Guilherme era seguidor das Regras de São Bento e com base nela trabalhavam para produzir seus alimentos e ainda para serem doados aos pobres. Todos os dias o grupo se reunia para fazer as orações e meditar sobre a Bíblia. Faleceu em Nápoles, Itália, no ano 1142.
  16. • Guilherme (?, Dinamarca - 1070, Dinamarca) - 02/09 Nasceu provavelmente na Dinamarca, em data não identificada por nós. Foi um sacerdote que se dedicou aos pobres, principalmente a aqueles que eram pagãos, aos quais além de prestar assistência material, não os deixava sem a assistência espiritual. Sua evangelização foi tão intensa e de ótimos resultados a ponto de converter muitos dos pobres pagãos. Seu trabalho lhe valeu a nomeação para o cargo de bispo de Roskilde, mas não parou de trabalhar pelos pobres. Faleceu na Dinamarca, no ano de 1070.
  17. • Guilherme (?, França - 1637, Japão) - Mártir juntamente com São Pelegrino - 26/04 Nasceu na França, em data não identificada por nós. Associado Dominicano que seguiu em missão para o Japão. Naquele país, em 1636 foi preso juntamente com seus 15 companheiros. Alguns deles: São Lorenzo Ruiz, Santo Antônio Gonzales, São Lázaro de Kioto, São Miguel de Aozaraza e São Vicente Shiwozuka da Cruz. Faleceu no Japão, martirizado, pendurado amarrado pelos pés, no dia 18 de outubro de 1637. Foi Beatificado pelo Papa João Paulo II, em Manila, Filipinas, no dia 18 de fevereiro de 1981. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, em Roma, no dia 18 de outubro de 1987.
  18. • Guilherme (Guillermo) Courtet (?, França - 1637, Japão) - Mártir no Japão juntamente com seus Companheiros - 28/09 Nasceu na Espanha, em data não identificada por nós. Sacerdote Dominicano que seguiu em missão para o Japão. Naquele país, em 1636 foi preso juntamente com seus 15 companheiros. Alguns deles: Antônio Gonzáles, São Lázaro de Kioto, São Lorenzo Ruiz, São Miguel de Aozaraza e São Vicente Shiwozuka da Cruz. Faleceu martirizado, pendurado amarrado pelos pés, no dia 18 de outubro de 1637. Foi Beatificado pelo Papa João Paulo II, em Manila, Filipinas, no dia 18 de fevereiro de 1981. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, em Roma, no dia 18 de outubro de 1987.
  19. • Guilherme de Bourges (séc. XII, França - 1209, França) - Bispo - 10/01 Nasceu na França, no século XII. A família de Guilherme era nobre e seu pai era um dos condes de Nevers. Quando jovem ingressou na Ordem de Cister, onde se formou. Foi então designado Bispo de Bourges, na própria França. Era muito admirado e respeitado pela população, pois era muito caridoso, com destaque o respeito aos pobres e dedicado Pastor da Doutrina de Deus. Faleceu na França, no ano 1209. Sua santidade era tão grande e notória a ponto de ter sido Canonizado apenas nove anos após a sua morte.
  20. • Guilherme de Eskill (?, ? - ?, ?) - 06/04
  21. • Guilherme de Gellone (?, ? - ?, ?) - 28/05
  22. • Guilherme (ou Guilerme) de Mateval (?, ? - ?, ?) - 10/02
  23. • Guilherme de Norwich (?, ? - ?, ?) - 24/03
  24. • Guilherme de Rochester (?, ? - ?, ?) - Mártir - 23/05
  25. • Guilherme de Roskilde (?, ? - ?, ?) - Bispo - 02/09
  26. • Guilherme de São Benigno (?, ? - ?, ?) - Abade - 01/01
  27. • Guilherme de Vercelli (ou do Monte Vergine) (1085, França - 1142, França) - Abade - 25/06 Nasceu em Vercelli, na França, no ano de 1085. Sua família era parte da nobreza francesa e muito rica. Com 15 anos de idade veste o hábito de monge. Tornou-se um grande peregrino, percorreu toda a Europa. Era uma pessoa bastante simples. Numa certa data Guilherme é atacado por ladrões e é surrado violentamente. Por esta razão procura se isolar numa área próxima a Avelino, na França, mais precisamente na Montanha de Montevergine. Na montanha, uma área de vida selvagem, seu burro é atacado por uma matilha de lobos e morto. Guilherme não teve dúvida, domesticou todos os animais daquela matilha, fato que mais tarde foi lhe benéfico, pois aqueles animais foram extremamente úteis. Dedicava a maior parte do tempo ás orações, contemplação e a meditação, mas foi por pouco tempo, pois a sua fama se espalhou e o número de religiosos, eremitas e fiéis passaram a frequentar a região. Vendo o número de acompanhantes crescer decide fundar o Mosteiro de Montevirgine do qual era o abade. Como era um peregrino nato ele passa a função a um monge do Mosteiro e segue para novas peregrinações. Na sua caminhada acaba fundando outro Mosteiro Beneditino, agora dedicado a Maria Santíssima, no Monte Cognato. É eleito abade, mas permaneceu na função por pouco tempo, pois mais uma vez parte em peregrinação. Passa a viver no interior de um buraco de uma árvore, por um ano, na planície de Goleto. Seu isolamento mais uma vez é interrompido pela sua descoberta e desta vez funda um mosteiro com duas unidades, uma masculina e outra feminina. Fundou a Congregação Beneditina de Montevergine. Faleceu no Mosteiro de Galeto, na França, no dia 25 de junho de 1142. Foi Canonizado pelo Papa Pio XII, no ano 1942.
  28. • Guilherme de York (ou Yorque) (?, ? - ?, ?) - Arcebispo - 08/06
  29. • Guilherme Firmato (?, ? - ?, ?) - 24/04
  30. • Guilherme Pinchon (?, ? - ?, ?) - Bispo - 29/07
  31. • Guilherme Tempier (?, ? - ?, ?) - Bispo - 29/03  
  32. • Guinvaleu (?, ? - ?, ?) - Abade - 03/03
  33. • Gumaro (?, ? - ?, ?) - 11/10
  34. • Gunardo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 25/06
  35. • Gudeleu (?, ? - ?, ?) - Canonizado com Santa Gúdula - 29/03
  36. • Guntrano (?, ? - ?, ?) - 28/03
  37. • Gunuforto (?, ? - ?, ?) - Mártir - 26/08
  38. • Gurias (?, ? - 305, Síria) - Mártir juntamente com São Samonas e Santo Abibo - 15/11 Nasceu em local e data não identificados por nós. Pouquíssimo se sabe sobre este Santo. Foi preso juntamente com Samonas e Abibo (Santos) e julgados. Foram condenados à morte. Faleceu em Edessa, Síria, martirizado, por decapitação, no ano 305.
  39. • Gustavo (?, ? - ?, ?) - 27/09

Voltar para o conteúdo