Face de Deus/Fração - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Glossário > Letra F

Face de Deus

  1. • Fábula: 1. Trata-se de um gênero literário com a finalidade de transmitir ensinamentos no qual animais, objetos, plantas, seres inanimados ou imaginários ganham vida semelhante à dos seres humanos. 2. No Antigo Testamento encontramos fábulas, por exemplo: em Jz 9,8-15. 3. Jesus fez uso de parábolas e não de fábulas.
  2. • Face de Deus: 1. Mistério da Face de deus Pai não revelado ao ser humano e que muitas vezes é representado por este com a face de um ancião com longa barba. 2. A Face de Jesus que nos é revelada apenas no Santo Sudário.
  3. • Falar em Línguas: 1. Louvor a Deus em idiomas estranhos. 2. Linguagem ou língua dos Anjos. 3. Glossolalia.
  4. • Faldistório: 1. Local ou assento usado pelo bispo utiliza em momentos especiais em substituição à cátedra. 2. Um móvel que não tem encosto, coberto por tecido na cor litúrgica correspondente à celebração.
  5. • Família: 1. Grupo de pessoa que vivem em um lar por ligação sanguínea. 2. Geralmente formada pelo Matrimônio entre um homem e uma mulher e seus filhos. 3. Também faz parte da família aquele ou aquela que por adoção ou por vínculo sanguíneo, como, avô, avó, irmão etc. 4. É a menor partícula ou a menor unidade social organizada. 5. A família é o caminho para a salvação quando unida e dedicada a cada um dos membros.
  6. • Fanático: 1. Aquele ou aquela que se diz ou afirma ser agraciado ou inspirado por uma divindade pagã ou não. 2. Aquele que exagera na interpretação das Leis Divinas por dar interpretação a pequenos detalhes sem no entanto compreender o todo. 3. Aquele ou aquela que é intolerante, que pratica uma devoção cega e exagerada.
  7. • Fanatismo: 1. Aquele ou aquela que por zelo religioso exagerado e obsessivo não admite interpretações diferentes às suas. Esse extremismo pode conduzir à intolerância e a violência religiosa.
  8. • Fanatizador: 1. Aquele ou aquela que fanatiza.
  9. • Fanatizar: 1. Aquele ou aquela que se torna fanático.
  10. • Farisaico: 1. Relativo ao fariseu. 2. No sentido figurado é possível afirmar que é aquele que é fingido, hipócrita e/ou formalista.
  11. • Farisaísmo: 1. Doutrina seguida pelos fariseus. 2. No sentido figurado é possível afirmar que é aquele que é fingido, hipócrita e/ou formalista.
  12. • Fariseu: 1. Grupo religioso judaico que surgiu por volta do século II a.C. Este grupo era seguidor extremo das escrituras Sagradas do A.T. e qualquer fato ou acontecimento que segundo eles não seguissem as leis de Moisés era blasfêmia passível de condenação à morte, muitas vezes por apedrejamento. 2. Aquele que era membro deste grupo. Grupo radical na observância e formalista das Leis das Escrituras. 3. Na Sagrada Escritura do N.T. são considerados hipócritas, radicais e formalistas. 4. Aquele ou quem que segue os dogmas e ritos deste grupo, que se acha no direito de julgar e condenar outros, não olhando seus defeitos e pecados, pois se considera dono da verdade e de ser perfeito, mas na verdade tem a intenção a manutenção do poder e o controle doutrinal. 5. Toda pessoa que se auto-afirma como piedoso, possuidor de virtudes celestiais e dono da verdade na interpretação das Escrituras.
  13. • Fé: 1. No Catolicismo é a primeira das três Virtudes Teologais. 2. Todo(s) aquele(s) ou aquela(s) que acredita(m) em Deus Pai, Deus Filho e nas Sagradas Escrituras. 3. É por meio dela (a Fé) que os Cristãos creem nas verdades reveladas por Deus Pai e Deus Filho. Todo Cristão Católico segue o caminho indicado e a vontade de Deus, pois está associada às outras duas Virtudes Teologais, "Esperança" e a "Caridade (Amor)".
  14. • Felicidade: 1. Estado de satisfação, alegria, conquista, realização... 2. É salvar-se para viver no mundo de Deus onde haverá a felicidade total ou eterna. 3. Alegria recebida no momento de oração e reza.
  15. • Fermentum: 1. Trata-se do pão consagrado durante a eucaristia pelo Santo Papa e que era comumente enviado aos presbíteros das igrejas de Roma. 2. O pão era enviado aos presbíteros que não podendo participar da Missa presidida pelo Papa porque estavam presidindo uma celebração em sua comunidade naquele mesmo momento. 3. O Pão consagrado era colocado no cálice em sinal de comunhão com o Papa.
  16. • Festa: 1. Celebração na Santa Igreja que é marcada pela alegria, pois o acontecimento que a originou é o caminho para a santificação e salvação. 2. Toda festa interrompe a vida cotidiana para festejar a salvação, um anjo, santo ou santa, Nossa Senhora, São José, Jesus, Deus ou o Espírito Santo, mas também a um grupo como a Sagrada Família de Jesus e a Santíssima Trindade de Deus.
  17. • Festa de Guarda: 1. Está associado pela Santa Igreja ao dia do descanso ou uma data especial, quando o fiel participa de uma Missa, procissão, bênção etc. 2. Dia em que haverá a abstenção de um alimento, de uma tarefa, trabalho rotineiros e comuns no dia a dia. 3. Data de alegria por estar ao lado de Deus na Santíssima Trindade.

  1. • Fidelidade: 1. Aquele ou aquela que respeita, ama, cre e é leal às Leis de Deus Pai e Deus Filho. 2. Fiel do Catolicismo que segue as suas Leis e dogmas. 3. Virtudes como bondade, cordialidade, misericórdia, benevolência, caridade etc. 4. Aquele ou aquela que respeita as Leis de Deus e a palavra dada no altar, em relação ao Sacramento do Casamento, não mantendo outro(s) relacionamento(s) conjugais.
  2. • Fiel: 1. Aquele ou aquela que segue, evangeliza e professa os princípios e valores do Catolicismo.
  3. • Figueira: 1. Planta que aparece em vários momentos na Bíblia. 2. É citada juntamente com a videira e a oliveira.
  4. • Filactério: 1. Estojo de couro ou faixa de pergaminho que era colocado em torno do braço ou testa, dos israelistas, contendo os principais textos da Lei.
  5. • Filantropia: 1. Amor ao homem, ou seja, amor ao ser humano, seu semelhante. 2. Palavra de origem grega, sendo: Philia = amor, anthropos = homem. 3. Todo aquele ou aquela que ama seu semelhante. 4. Pessoa de bem, benfeitor, cuidador etc.
  6. • Filho adotivo: 1. Aquele ou aquela que é adotado e passa a fazer parte da família. 2. Este passa a ter todos os direitos e deveres como membro daquela família mesmo não sendo do mesmo sangue. 3. Deve dar atenção, carinho, respeito, amparo e recebê-los. 4. Deve receber também educação, formação para a vida e espiritual.
  7. • Filho de Deus: 1. Jesus Cristo, o Encarnado. 2. Por extensão todos os seres humanos (a criação), homens e mulheres, crianças, jovens, adultos e idosos.
  8. • Filho do Homem: 1. Maneira como Jesus fazia referência a Sua própria pessoa. 2. No A.T. o termo era utilizado para identificar uma figura celeste associada a Deus.
  9. • Filiação divina: 1. Jesus Cristo, o Encarnado, Filho único de Deus. 2. Aquele que descende de Deus.
  10. • Fim dos tempos: 1. Trata-se da chegada, ou melhor, do retorno do Filho de Deus. 2. Início de um novo tempo. 3. A renovação do mundo e dos seres humanos.
  11. • Flagelação: 1. Castigo ou punição proferida por uma autoridade por meio de açoites ou azorragues a um criminoso, blasfemo, escravos etc. 2. Castigo aplicado a Jesus Cristo por ordem de Pôncio Pilatos mesmo este não tendo cometido nenhum crime.
  12. • Flores: 1. São usadas para enfeitar a igreja durante um Sacramento, como o casamento, ao lado do altar ou altar-mor, mas nunca sobre eles. Sobre ele são colocados elementos naturais ou não que tenham motivo ou significância litúrgica, por exemplo, o crucifixo, ramo(s) de trigo, chacho de uva, vela(s) etc. 2. Durante o tempo da Quaresma não se usa flor para enfeitar o altar ou a igreja. 3. Durante o tempo do Advento, período de preparação para o Natal, o uso de flores é controlado e em pouca quantidade, isso ocorre para que não haja uma antecipação interior das festas e alegrias do Natal.
  13. • Fontes: 1. Na exegese literária é a identificação de todos os documentos que devem ter utilizados os "hagiógrafos". 2. Refere-se a cada um dos livros do Antigo Testamento que não estão incluídos no pentateuco e nos Profetas. 3. Autor de um desses livros sagrados. 3. Também refere-se aos biógrafos de santos e santas.
  14. • Fonte da Catequese: 1. Trata-se das Sagradas Escrituras, da tradição, o magistério e da liturgia. 2. Toda fonte que leve a formação de um cristão católico ao caminho da santificação e salvação.
  15. • Fonte da Revelação: 1. Trata-se dos locais ou lugares nos quais o ser humano encontra a manifestação de Deus, de si mesmo, de seu Filho e ou do Espírito Santo. 2. As principais fontes são: as Sagradas Escrituras, o magistério da Santa Igreja e a tradição.
  16. • Forâneo: 1. Denomina-se o pároco que administra ou tem foro sobre os párocos de paróquias vizinhas. 2. O mesmo que "Decano".
  17. • Forania - Vide "Decanato". 
  18. • Foro eclesiástico: 1. Referente à jurisdição própria ou privilegiada que se refere aos clérigos que não poderiam ser julgados por tribunais ordinários ou leigos. Era estabelecido um tribunal próprio para este fim. 2. Surge na época de Constantino.
  19. • Fortaleza: 1. Uma das quatro "virtudes cardeais". 2. Em cumprimento a elas conduz-nos, mesmo com as dificuldades inerentes, à prática constante ou contínua do bem e em favor do bem.
  20. • Fração do Pão: 1. Termo utilizado pelos Cristãos Primitivos para a Celebração da Eucaristia repetindo a ação de Jesus na Última Ceia. 2. Na Santa Missa é o Rito da Comunhão.
  21. • Frade Menores: 1. Refere-se a todo religioso que segue as regras de São Francisco de Assis.
  22. • Franciscanos: 1. Seguidores de São Francisco de Assis.
  23. • Fraternidade: 1. Ação e atitude de amor familiar. 2. Irmandade.
  24. • Furto: 1. Pecado por apropriação indevida de um bem de terceiro. 2. Roubo.

Voltar para o conteúdo