Eucaristia 01 - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Sacramentos > Reflexão

EUCARISTIA 12 - Novo
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 04/08/2016

 
• A Eucaristia é o sacrifício de Cristo para o nosso bem, no entanto, nós também devemos nos sacrificar em benefício de Nosso Senhor. Essa é uma das várias explicações para a Eucaristia.
 
• Esse sacrifício vem do próprio Jesus Cristo, pois Ele é a nossa oferta a Deus e quando o sacrifício é nosso esta é a maneira de demonstrarmos a nossa fé e amor à Santíssima Trindade.
 
• Definir a Eucaristia não é tão simples como parece, ela é parte da complexidade de Deus e dos seus mistérios. Por essa razão, o Portal VivaJesusBr disponibiliza textos curtos e em continuidade para que a pessoa que o lê possa refletir e entende-los.
 
• Como todos os Sacramentos é importante conhecer e entender a Eucaristia, portanto não podemos nos esquecer de ler as Sagradas Escrituras, Antigo e novo Testamento, e melhor ainda, simultaneamente o Catecismo Católico, pois ele é a melhor opção para entende-las e também os Sacramentos. Vale lembrar que o catecismo Católico é um documento que explica a Bíblia, as duas, também os Sacramentos e outros eventos religiosos inerentes ao catolicismo.
 

• Espírito Santo, socorrei-nos e facilitai-nos no entendimento de suas palavras!

 

ANTERIORES

 


EUCARISTIA 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior


  • Em três passagens da Bíblia é possível entender melhor o que é e como foi instituído o Sacramento da Crisma, são elas as passagens: At 8, 14-17; At 10, 44-48 e At 19,1-7.

  • A Crisma ou Confirmação é o momento em que recebemos o Espírito Santo. Um momento de amor a Deus Pai e Deus Filho.

  • É importante destacar que ninguém poderá receber a Crisma sem antes ser batizado. Em um momento de tragédia ou morte a mesma regra deverá ser seguida, a realização do Batismo e em seguida a Crisma, mesmo que esse Sacramento seja realizado por um leigo em razão da ausência de um religioso, por exemplo no momento de um naufrágio.

  • O curso preparatório tem por objetivo apresentar as Sagradas Escrituras ao Fiel interessado, mas em casos de catástrofe, como descrevemos acima poderá ser dispensado naquele momento. Caso a(s) pessoa(s) sobreviva(m) e é(são) salva(s), na primeira oportunidade deverá procurar um Pároco para que este possa confirmar o Sacramento dado por um leigo. Não há nenhuma irregularidade nessa ação, muito ao contrário, é uma ação evangelizadora e de conversão, portanto apoiada pela Santíssima Trindade.

  • Os Sacramentos Batizado, Crisma e Primeira Comunhão (ou Primeira Eucaristia) são a base para a iniciação da vida cristã.

  • Durante a cerimônia do Sacramento Confirmação, na leitura o Sacerdote ou Bispo coloca as mãos sobre a cabeça do crismando(a), seja ela uma criança, um jovem ou adulto. Essa ação ocorre pouco antes do ato essencial e final que é a Unção com o Óleo Sagrado sobre a fronte (a testa) do crismando(a).


EUCARISTIA 02
Por: Vivaldo Armelin Júnior

  • Para dar continuidade e conclusão sobre a Páscoa judaica , pois não é nossa meta um estudo aprofundado, no momento, sobre esse tema.

  • No início de uma ceia o pai da família pegava um pão ázimo e o partia e pedaços correspondente ao número de pessoas (familiares) que estavam à mesa. Também tem a responsabilidade de distribuir os pedaços para cada um dos participantes. Estes aguardam que todos recebam seu pedaço antes de comê-lo. Após a ingestão do pão ázimo era servida a refeição.

  • No final da refeição o pai bebia mais um cálice de vinho, culminando com a reza da ação de graças.

  • Mais uma vez é importante lembrar que Jesus era seguidor da Igreja e Leis judaicas, por esse motivo, uma vez por ano participava das Festas de Páscoa, como lhe foi ensinado por seu pai José.

  • A Páscoa Católica surge desse ritual com a ressurreição de Jesus.

  • Na festa católica também acontece a Santa Ceia, mas agora inspirada na Última Ceia. As primeiras Ceias, logo após a Paixão, morte e ressurreição, organizadas pelos primeiros cristãos eram compartilhadas, quando cada um levava o seu prato, no entanto, como ocorriam abusos, essa forma de celebrar a Santa Ceia passou a acontecer no início da madrugada de domingo, momento próximo ao da ressurreição.

EUCARISTIA 03
Por: Vivaldo Armelin Júnior

• A Santa Eucaristia é uma comemoração, mas principalmente o momento real e único da presença de Jesus.
• Na Eucaristia Jesus Cristo se faz presente na Hóstia e no Vinho, ambos Consagrados. O Corpo de Cristo está presente na Hóstia e seu Sagrado Sangue no Vinho, ambos vivos.
• Retomando, um pouco de história sobre a origem da Eucaristia, na antiguidade no fim da tarde do domingo de Páscoa era comum aos cristãos realizar uma ceia em favor dos menos privilegiados socialmente, ou seja, aqueles e aquelas pobres e doentes, abandonados(as), crianças, jovens, adultos e idosos. Esse ato era denominado de Ágape, ou seja, de maneira geral o momento da Eucaristia, pois aquele que ampara um irmão está amparando Jesus, mas também O oferecendo no alimento.
• Quem instituiu a Eucaristia foi Jesus, na Ceia Pascal, com os doze presentes, mas atos e ações realizadas por cristãos relembravam a Santa Ceia.

EUCARISTIA 04
Por: Vivaldo Armelin Júnior

• São Justino, no ano 150, escreveu para o imperador romano carta que descreve a Eucaristia.
• No texto destaca que a pessoa para recebe-la terá que ser batizada na Santa Igreja. Essa condição vem de Jesus Cristo, que primeiro foi batizado por João Batista, seu primo e anunciador.
• Mais tarde, aproximadamente três anos, durante a Santa Ceia nos apresentou a Eucaristia: — "Fazei isso em memória de mim, isto é meu Corpo..." e em seguida, tomou o cálice, deu graças e disse: — "Este é o meu Sangue, o Sangue da Nova Aliança..."
• A Eucaristia é a parte principal da Santa Missa, da Unção dos Enfermos, quando lhes é oferecido à Hóstia Consagrada, ou ainda, em outros momentos onde Ela é oferecida.
• Todas as partes da Santa Missa nos preparam para a Eucaristia, ou seja, para que recebamos o "Corpo e o Sangue" de Nosso Senhor Jesus Cristo.
• Como podemos observar neste e nos demais textos, desde a Igreja Primitiva, a Eucaristia é a Festa da Palavra, do amor e da compaixão de Jesus Cristo, nosso Pai e irmão.

EUCARISTIA 05
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 01/04/2014


• Na Santa Missa o padre, bispo ou até o Papa, ao consagrar o pão (Hóstia) e o vinho estão na realidade oferecendo a Deus as nossas fraquezas e Deus retribui com a consagração da hóstia em sua carne e o vinho em seu sangue.
• Os Apóstolos nos apresentaram, da mesma maneira que foram ensinados por Jesus, a Sagrada Eucaristia. Eles tiveram a oportunidade de comer a Carne e beber o Sangue recebido diretamente das mãos do Senhor.
• Ao recebermos o Sangue e sua Carne permite-nos atingir a salvação, mas isso só acontecerá quando os recebermos com fé, durante a cerimônia e principalmente após a essa. Não adiante receber a Eucaristia se ao deixar a igreja nos esquecermos de Deus.
• É preciso destacar que existe a proibição do recebimento da Eucaristia sem que antes sejamos batizados, feito o curso do Catecismo e recebido pela primeira vez a comunhão. Também não é possível receber a Eucaristia quando em pecado mortal, sem uma prévia confissão, após uma separação conjugal e nova união.
• Com a Eucaristia Deus Jesus que ver sua Igreja livre e distante do mal. A Igreja, o Corpo físico na terra de Jesus, é isenta do pecado, mas seus integrantes, humanos, não o são, portanto a Eucaristia é para todos leigos e religiosos.
• Na Eucaristia a conversão é fundamental, do contrário estaremos apenas consumindo um pedaço de pão e bebendo um gole de vinho. É crer sem ter visto, sem estar presente a aquele ato (Santa Ceia) e ter amor às coisas de Deus na Santíssima Trindade.

EUCARISTIA 06
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 27/04/2014


• Santo Inácio de Antioquia (+102), que foi bispo e mártir, afirmava que a Eucaristia era a melhor maneira de aniquilar as forças malignas que agem sobre nós humanos.
• O pecado se faz presente na avareza, na ganância por bens materiais, na prostituição, na infidelidade conjugal, nos atos criminosos, no tráfico e uso de drogas, na cegueira religiosa e na descrença na Santíssima Trindade. Todos esses pecados poderão ser perdoados após um boa Confissão e a Santa Comunhão.
• Ao receber o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo você e eu estaremos ganhando força contra as investidas do maligno, o perdão de Deus e encaminhados para a Luz celestial, a salvação.
• A Eucaristia, como afirmava Santo Irineu, é também uma maneira de fortalecer nosso corpo físico e espiritual.
• O vinho e o pão, na Eucaristia, se tornam o Sangue e o Corpo de Jesus Cristo, Nosso Deus e Pai, mas também um momento para receber a Palavra do Verbo Encarnado.

EUCARISTIA 07
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 01/06/2014


• Na Eucaristia estão presentes simultaneamente Deus Pai, Deus Filho e o Espírito Santo. Nós humanos fiéis damos Graças a Deus por ter nos enviados Teu Filho querido e único. Também damos graças ao Espírito Santo que sobre Maria nos trouxe o Encarnado.
• O Encarnado, Filho legítimo de Deus, que viveu entre nós, não como Deus, mas como um mortal. Porém, com a graça de Deus.
• Portanto, receber a Eucaristia é viver todas as fases e etapas vividas por Jesus Cristo quando estava entre nós, incluindo a Paixão, Morte e Ressurreição.
• Jesus nos ofereceu e entregou seu Sagrado e Santo Corpo, bem como seu Sangue para nos salvar.
• Por essa razão, oferecemos o pão e o vinho para a consagração e por uma graça divina se tornar o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo.
• Para recebermos a Eucaristia devemos confirmar nossa humildade e louvarmos a Deus, na Santíssima Trindade.
• Por fim, agradecermos a Deus, Nosso Senhor.

EUCARISTIA 08 
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 13/07/2014


• A morte e ressurreição de Jesus Cristo não sessou a perseguição aos cristãos e ela acontece até os nossos dias, em pleno século XXI. Saulo foi um deles, mas depois, após ouvir Jesus, foi batizado e converteu-se ao cristianismo.
• São Cipriano de Cartago (ǂ258) afirmou que os fiéis bebem diariamente do cálice do Senhor diante da perseguição imposta a todos os cristãos e que cada um iria derramar seu sangue em louvor e por Cristo, Nosso Senhor.
• Muitos cristãos são mortos por extremistas de fé exagerada que matam em nome de Deus, na verdade tudo ocorre não por Deus, mas pelo poder e o dinheiro.
• A Eucaristia é roubada de igrejas católicas e profanadas por vândalos e descrentes que desejam mostrar que aquele ato não traz nenhuma consequência, como se a Eucaristia fosse apenas uma encenação. Essas pessoas não são apenas ateus, mas vândalos que trabalham, muitas vezes até inconscientemente, para o maligno, mas na maioria das vezes é por algum benefício político, poder e ou financeiro.
• O melhor a fazer é rezar por essas almas perdidas!

EUCARISTIA 09 - Novo
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 10/02/2015


• No momento em que um homem ou uma mulher, não importando a sua idade, recebe a Santa Eucaristia está recebendo Cristo, o Corpo de Jesus Cristo.
• Seu corpo passa a integrar o Corpo de Cristo e o de Cristo o corpo deste ser humano.
• “Quem recebe a minha Carne e bebe o meu Sangue fica em mim e Eu, nele” (Jo 6,56)
• É recebido verdadeiramente a Carne e o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.
• Na Eucaristia o momento sagrado da comunhão é indiscutível para qualquer cristão que tenha fé e creia verdadeiramente na Santíssima Trindade. Essa pessoa nunca irá discutir ou colocar em dúvida esse momento.
• Do vinho consubstancia-se o Sangue e do pão a Carne de Jesus Cristo.
• Pode crer, tudo é verdade!

EUCARISTIA 10
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 23/07/2015


• São Cirilo de Jerusalém concluiu com base nas Sagradas Palavras ao partir o pão ditas por Jesus “Este é meu Corpo”, que ninguém ousará duvidar delas.
• Chegou a mesma conclusão quanto as palavras ditas antes de entregar o cálice com o vinho “Este é o meu Sangue...”.
• O mais interessante de todos esses acontecimentos é que ainda hoje tem ser humano que duvida dessas frases, alguns até da existência de Jesus.
• Esse Santo foi muito dedicado às coisas de Deus e nada inventou, mas estudou os acontecimentos.
• Jesus, na Santa Ceia, instituiu a Eucaristia no momento em que partiu o pão e distribuiu as fatias entre os Apóstolos. Em seguida entregou o cálice com o vinho.
• Na Eucaristia nós humanos participamos do Corpo e do Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, portanto somos Cristóforos, ou seja, estamos com e em Cristo, pois foi Ele que nos ofereceu seu Corpo e seu Sangue.
• Aceitar essa realidade é crer sem ver, é crer com o coração em favor da alma, é crer que existe uma oportunidade de salvação para a vida eterna, é crer que tudo o que existe foi criado por Deus e, por fim, é crer na Santíssima Trindade una.
• Santíssima Trindade, abençoai-nos!

EUCARISTIA 11
Por: Vivaldo Armelin Júnior - 27/08/2015


• Pessoas de outras religiões, mesmo as cristãs ou seitas, ateus, entre outras, não creem e não conseguem entender o que acontece com o pão e o vinho durante a consagração.
• Muitas desconhecem as Escrituras, outras as interpretam de maneira errônea ou até de modo que atenda às suas necessidades ou interesses pessoais.
• Outras são contrárias à fé em um único Deus formado por três Pessoas, por interesse financeiro, poder, ostentação, por seguir ao maligno...
• Nesse contexto, outros e outras tentam, atacando a Igreja de Jesus, e desta forma desacreditá-la para destruí-la.
• A Hóstia consagrada é o Corpo de Jesus Cristo, já o Vinho o seu sangue após a consagração. Ambos são fisicamente pão e vinho, mas consubstancialmente o Corpo s o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.
• Quem crê está próximo Dele, quem não crê é Ele que busca salvar e converter o descrente.
• Santíssima Trindade, abençoai-nos!

Voltar para o conteúdo