Culto e Devoção01 - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Família Sagrada > Estudo > Santa Maria

Texto de:
Vivaldo Armelin Júnior

NOSSA SENHORA
Porque o Culto e devoção a Maria?
Entendendo VII
• Jan.18 •

• Simplesmente Maria, Santa Maria, Nossa Senhora, Mãe Rainha, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Lourdes ou Nossa Senhora Aparecida, entre muitas outras denominações desta santa mulher, nos permite concluir que se não aproveitarmos todos os ensinamentos deixados por ela, que não é deusa, mas a mãe de Deus e que pode interceder junto a seu Sagrado Filho.
São mais de quatrocentas denominações e de muitas delas derivam outras, por exemplo, Nossa Senhora da Conceição, a mesma daquela imagem que foi “pescada” no Rio Paraíba do Sul, em Aparecida. O povo a denominou Nossa Senhora da Conceição Aparecida e a Igreja referendou a sabedoria popular.
Uma mulher que é incansável na tentativa de melhorar a vida dos seres humanos, na preocupação com sua evolução, com a violência e até com as guerras.
Nela desvenda-se a Nossa Senhora dos Aflitos, dos Prazeres, do Bom Parto, da Luz, da Conceição, dos Pobres, da Família, do Lar. Como é possível alguém não acreditar que essa mulher, escolhida de Deus, não é importante e não intercede junto a seu Filho. Muitas seitas afirmam que ela é apenas uma mera personagem, mas a própria Bíblia nos demonstra que não é bem assim, ou melhor, não é assim. Ela não foi escolhida por Deus para ser apenas um coadjuvante na sua Aliança e nem ela se submeteria a esse papel. Uma prova estão nas aparições em todo mundo e de diversas formas. Será que se Deus não a quisesse entre nós proporcionaria tantas aparições para os seres humanos.
Nossa Senhora, nossa Mãe!

ANTERIORES


NOSSA SENHORA
Culto à Santa Maria
Entendendo I
• Jul13 •

— O que é oculto à Nossa Senhora?
— O que é devoção à Nossa Senhora?

• O culto é o ato de adoração, homenagem e devoção e ou a tudo que é sagrado. Também é um ritual onde se cultua a uma divindade, no nosso caso, católicos, a Deus, mas também aos santos e santas.
• A devoção é a aceitação, apego e ou adoração, com muita dedicação, a Deus, na Santíssima Trindade, aos santos e santas etc. Poderão ocorrer em atos litúrgicos, durante as preces, orações e rezas individuais e coletivas.
• Nós cristãos católicos apostólicos romanos cultuamos e somos devotos de Deus Pai, Deus Filho e do Espírito Santo, na unidade trina, de Nossa Senhora, a Mãe de Deus, de São José, pai de Jesus na terra, dos santos e santas, Cremos, portanto em um Deus único formado por três Pessoas.
• Como afirmamos acima, cremos num único Deus, portanto quando cultuamos Nossa Senhora, São José, São Pedro, Santo Antônio, são Francisco, Santa Clara, entre tantos e tantas Santos e santas, o fazemos não como deuses, mas como servos de deus Pai, Nosso Senhor. Nenhum deles consegue fazer milagres, mas podem interceder por nós humanos.
• E nossa Senhora é o caminho mais rápido para chegar ao Pai, pois o pai também é Filho, e o Filho atende e obedece à Mãe.

NOSSA SENHORA
Culto à Santa Maria
Entendendo II
• Jul13 •


• Cultuar e ser devoto de Maria, a Mãe de Jesus, não é adorar a uma deusa, pois Ela não é uma deusa. Maria é a Mãe de Deus, o Verbo Encarnado.
• Muitos irmãos e irmãs de outras religiões, mesmo as cristãs, tem erroneamente afirmado que nós católicos colocamos Maria em um altar como Deusa. Uma inverdade histórica. Uma inverdade que tem mais de quinhentos anos.
• Para a Igreja Católica Apostólica Romana, a Igreja de Jesus, Maria, a Mãe Virginal, é verdadeiramente a Mãe de Deus. Nunca cultuada ou venerada como deusa, mas como Mãe de Jesus.
• A Virgem Maria não tem poderes para curar, salvar, pois que os tem é seu Filho Jesus, quando alguém é agraciado com um milagre, não foi Ela quem o fez, na realidade quem o fez foi Deus, porém por sua intercessão.
• É parte da Sagrada Família, formada por seu marido José e seu Filho Jesus. Tanto Nossa Senhora, bem como seu esposo José, pai adotivo de Jesus, intercedem por nós, uma vez que estão sentados ao lado do Pai do Céu, Nosso Senhor, na Santíssima Trindade.
• Também não cultuamos imagens, nenhuma imagem. Então por que valorizam a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida? A resposta é simples, cultuamos a Mãe de Deus, como Mãe do Filho de Deus Encarnado, que viveu entre nós, como homem e também Senhor. A imagem é apenas uma referência. Como toda imagem, seja ela fotográfica, pintada, desenhada, gravada, digital, modelada ou esculpida.
• É, portanto, uma maneira de recordarmos da Mãe de Deus, como fazemos com as fotografias de entes queridos humanos. Deus, Jesus, Espírito Santo, São José, Santa Maria, os santos e santas, beatos e beatas, são todos entes queridos, são nossa família, nossos irmãos e irmãs.

NOSSA SENHORA
Culto à Santa Maria
Entendendo III
• Out13 •


• O culto tem dois sentidos como vimos no primeiro texto, porém, no Antigo Testamento o culto é a aproximação, o encontro e o respeito a Deus, é também a comunhão entre o ser humano e Deus.
• Naqueles mesmos documentos sagrados há a identificação de culto como serviço religioso. Esse serviço era realizado durante os ritos e sacrifícios.
• Neles era muito comum a leitura dos textos do Antigo Testamento como ato e ação principal.
• O culto a Maria é mais completo e complexo, pois é todo amor de filhos para com a Mãe, mas não uma mãe comum, simplesmente a Mãe de Deus Encarnado. Por essa razão é importante entender o que é um culto e devoção.

NOSSA SENHORA
Culto à Santa Maria
Entendendo IV
• Fev14 •

• O culto à Santa Mãe de Deus é extremamente justificável e coerente, pois quem respeita e ama a Mãe de Deus também O ama. A Mãe de Deus é também nossa mãe, pois Deus é nosso Pai.
• Todo filho atende a sua mãe e Jesus não é diferente, Ele a ama, como ama seu pai terreno, São José, por isso, pedir com fé por intercessão a um dos dois é a melhor maneira de ser atendido.
• Maria, filha de São Joaquim e Santa Ana, foi educada para receber em seu ventre o Filho de Deus, por essa razão nasceu sem o pecado original.
• Nossa Senhora, como Mãe, seguiu e segue seu Filho Jesus, viveu a seu lado nos momentos de alegria, de tensão, medo e tristeza. Nunca O largou.
• A grandeza da Santa Maria está na sua bondade, na honestidade, na compaixão, no amor e na maternidade.
• O amor que vem dela é gratuito, espontâneo e sincero. Portanto ela nos ama e por isso sofre.
• Seu sofrimento vem dos erros cometidos por nós, humanos, quando ofendemos a seu Filho com nossas ações, atitudes e iniciativas egoístas, mesquinhas, por poder e riqueza.
• Percebemos isso durante as aparições da Mãe em Lourdes, Fátima, La Salette etc. Em todas estas aparições e em outras, a Virgem Santa Maria entristeceu-se e até chorou.
• Acho que não é necessário outras explicações, pois quem crê acredita, no entanto, quem não crê ou não quer crer será infeliz, pois não demostrou amor à Mãe de Deus.

NOSSA SENHORA
Dia das mães é também o dia da Santa Maria
Entendendo V
• Mai14 •

• A Mãe de Deus também é mãe terrena, é uma humana, uma mulher privilegiada, abençoada por Deus, Mãe de seu único Filho.
• Como mãe também deve ser lembrada no dia das Mães, a todo segundo domingo de maio.
• A homenagem prestada às mães humanas deve ser estendida à Mãe de Jesus, pois quando homenageamos nossas mães é a ela que dirigimos nossos pedidos.
• No dia das mães Maria, a Virgem Mãe, a Imaculada Conceição, está mais atenta a tudo e é a Ela que devemos entregar a vida de nossas mães.
• Santa Maria sofreu, teve uma espada transpassando seu coração, sentiu a dor dos cravos que fixaram os braços de teu Filho na cruz, mas em momento algum Ela nos abandona, mesmo nos momentos mais desesperadores, tristes, de abandono etc.
• Crer em Deus é crer na Sagrada Família, ou seja, que São José foi escolhido e abençoado por Deus, que a jovem Maria foi abençoada já na concepção, liberta do pecado original, imaculada e em Jesus, Filho de Maria por ação do Espírito Santo de Deus e seu Filho único.
• Homenagear as mães é também homenagear Maria e a Jesus, por consequência a Deus.

NOSSA SENHORA
O surgimento do Culto a Maria
Entendendo VI
• Nov.14 •

• Há muitos séculos atrás, a aproximadamente 2000 anos atrás, na chamada Igreja Primitiva, surgiu o culto a Maria, Mãe de Jesus.
• Essa admiração na realidade foi iniciada durante as pregações de Jesus Cristo, pois sua Mãe o acompanhou.
• Mas, durante os cultos e pregações primitivas a importância da Mãe de Jesus ganhou corpo e desta maneira Ela ganhou um lugar especial na Liturgia.
• Condição comprovada desde os primórdios da Santa Igreja e confirmada pela Tradição e Magistério da Santa Igreja.
• Os Apóstolos, nas Escrituras do Novo Testamento, já destacavam a importância da Mãe de Jesus, a Escolhida, Pura e livre do pecado original.

Voltar para o conteúdo