C - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Beatos & Santos > Santos > C

SANTOS

  1. • Cadifano (?, ? - ?, ?) - Abade - 01/11
  2. • Cadoco (?, ? - ?, ?) - Abade - 25/09
  3. • Cadroé (?, ? - ?, ?) - 06/03
  4. • Caedwalla (?, ? - 688, Roma) - Rei que foi batizado pelo Papa Sergius e recebeu o nome de Pedro, enterrado na Igreja de São Pedro. - 20/04
  5. • Caetano de Tiene (1480, Itália - 1547, Itália) - 07/08 Nasceu em Vicência, na Itália, em outubro de 1480. Seu pai era um conde. Ainda jovem abre um asilo para idosos e hospitais. Foi para Pádua para concluir seus estudos, local onde se formou em direito, em 1504. Passou a fazer trabalhos eclesiais, mas não quis se ordenar por se achar indigno para o cargo. Em Rampazzo, numa propriedade de sua família fundou a Igreja Santa Maria Madalena, para homenagear aquela Santa. Foi convidado para ser secretário do Papa Júlio II e em 1506 vai para Roma para cumprir esta importante missão. Viveu num período conturbado da Igreja, pois muitos religiosos durante o Renascimento ital´ano estavam muito mais voltados para a riqueza do que para a palavra de Deus Pai e Filho, por esta razão resolveu lutar por uma reforma, foi quando foi estudar participando do Movimento laical Oratório do Divino Amor. Este movimento tinha como meta estudar a fundo e praticar tudo o que era descrito na Sagrada Escritura, foi quando decidiu pela ordenação, que ocorreu em 1516. Em uma certa data Nossa Senhora aparece para Caetano e coloca em seus braços o Menino Jesus. É então transferido para Veneza, local onde fundou o Hospital dos Incuráveis e lá permaneceu por três anos aproximadamente. Voltou para Roma. Caetano num trabalho conjunto com o Monsenhor João Pedro Caraffa, bispo de Chieti, que mais tarde viria a ser eleito Papa e passaria a se chamar Papa Paulo IV, Bonifácio Colli e Paulo Consiglieri, fundaram a Ordem dos Clérigos Regulares, mais tarde passou a se denominar Ordem dos Teatinos Regulares. Ordem aprovada e abençoada pelo Papa Clemente VII. A Regra desta Ordem determinava que os religiosos integrantes deviam viver de esmolas, mas era proibido que elas fossem pedidas, dependiam na realidade da generosidade e boa vontade dos fieis. Apresentava à população uma nova proposta para a verdadeira e única Igreja de Deus em face da crescente do protestantismo. Faleceu na Itália, no dia 07 de agosto de 1547. Foi Canonizadopelo Papa Clemente X, no ano 1671.
  6. • Caetano (Gaetano) Catanoso (?, ? - ?, ?) - Sacerdote e Fundador - 04/04 Nasceu em Chorio de San Lorenzo, Itália, no dia 14 de fevereiro de 1879. Muito dedicado, fez de sua vida o braço direito daqueles e daquelas que necessitavam de ajuda, ou seja, os pobres. Em 1934 fundou a Congregação das Religiosas Verônicas da Sagrada Face. Faleceu em Régio Calábria, na Casa Matriz da Congregação, na Itália, no dia 04 de abril de 1963. Fou Beatificado pelo Papa João Paulo II, no ano 1997. Foi Canonizado pelo Papa Bento XVI, no dia 23 de outubro de 2005.
  7. • Caio (?, Ioguslávia, atual Bósnia - 296, Roma) - Papa Mártir - 22/04 Nasceu em Dalmácia, Ioguslávia, atual Bósnia, em data não identificada por nós. É eleito Papa em 283. Na época Diocleciano estava dando início às perseguições aos Cristãos, por sinal este imperador era seu parente distante. Caio foi um Papa que voltou-se ao combate contra o paganismo e a atenção aos pobres e perseguidos. No dia 22 de abril de 296 é preso e condenado por Diocleciano à morte e executado. Faleceu em Roma, decapitado, nesse mesmo dia, 22 de abril de 296.
  8. • Calcedônio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 07/09
  9. • Calepólio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 10/05
  10. • Calisto I (séc. II, Itália - 222, Itália) - Papa mártir - 14/10 Nasceu em Roma, na Itália, durante o séc. II. Nasceu e morou num bairro pobre. Quando jovem foi preso e vendido como escravo. Quando jovem foi liberto e passou a trabalhar como comerciante para um rico mercador, mas os negócios fracassaram. Foi então obrigado a indenizar o patrão, mas como não tinha condições preferiu fugir. Foi para Portugal. Porém fora perseguido, preso e conduzido para a Ilha da Sardenha, onde teve que cumprir pena de trabalhos forçados. Foi na prisão que conheceu vários Cristãos, que o converteram, e que estavam cumprindo pena em razão da Fé. Passado alguns anos os Cristãos foram indultados e com eles Calisto. Calisto decidiu ir para Anzio, Itália, quando se tornou diácono. Mais tarde foi nomeado responsável pelas catacumbas subterrâneas da Via Ápia. As catacumbas, durante as perseguições eram usadas não apenas para guardar os mortos, mas para a realização dos cultos. Algum tempo depois organizou e construiu a Cripta dos Papas (no local estão enterrados 46 Papas e aproximadamente 200 mil mártires). Nesta época o Papa era Zeferino e por quem fora nomeado responsável pelas catacumbas. Numa data certa data de 217, o Papa faleceu e Calisto foi eleito o novo Papa. Seu pontificado foi marcado pelo preconceito de alguns religiosos que não aceitavam seu pontificado por ele ter sido pobre e principalmente escravo. Seu maior opositor era Hipólito. Foram seis anos de pontificado vencendo toda resistência. Em 222 foi violentamente atacado, espancado e atirado, ainda vivo num poço. Faleceu em Roma, na Itália, martirizado, no poço, em 222. Naquele local foi construída a Igreja de Santa Maria. As catacumbas passaram a ser denominadas de São Calisto.
  11. • Calixto Caravario (?, ? - ?, ?) - Mártir na China - 09/07
  12. • Calixto de  Corinto (?, ? - ?, ?) - 16/04
  13. • Calogéro (?, ? - ?, ?) - Mártir - 18/06
  14. • Calogéros (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Partênio - 19/05
  15. • Camerino (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Ciselo e São Luxório - 21/08
  16. • Camilo de Lellis (1550, Itália - 1614, Itália) - Sacerdote fundador - 14/07 Nasceu em Bucchianico, em Chieti, na Itália, no dia 25 de maio de 1550. Seus pais já tinham idade avançada quando ele nasceu. Sua mãe Cristã o educou seguindo as metas de sua Fé. Ela faleceu quando Camilo tinha treze anos de idade. Camilo era uma pessoa difícil, rebelde e não gostava de estudar. Foi quando passa a viver com o pai, um militar que vivia sendo transferido de quartel em razão de seu vício, o jogo. Era Cristão e cuidava bem de Camilo e para garantir seu futuro, pois Camilo era semi-analfabeto, arranja um emprego para o filho como soldado, isso aos 14 anos de idade. Quando tinha dezenove anos de idade foi a vez de seu pai falecer e teve uma herança deixada pelo pai, o vício pelo jogo. Era fanático, briguento e o pior, violento. Numa certa data de 1570 ao conversar com um frade Franciscano teve a vontade de ingressar na Ordem de São Francisco, mas por causa de uma grave ferida no pé foi recusado, mas não abandonado, pois foi encaminhado para o hospital de São Tiago, em Roma. Após exames médicos foi diagnosticado um tumor maligno, mas como não tinha dinheiro ou bens para pagar seu tratamento, negociou com o hospital uma troca, ele prestaria serviço como servente geral, pois era semianalfabeto. O jogo, esse vício que não salva ninguém, muito ao contrário seria o fim de um acordo, pois ele se afundou em dívida e trouxe seus problemas para dentro do hospital. Por esta razão foi demitido. Passou a viver por um tempo na rua quando decide procurar os responsáveis pela obra de construção de um Mosteiro dos Capuchinhos e ofereceu-se como ajudante de pedreiro e de imediato foi aceito. Trabalhando ao lado dos Franciscanos lhe mostrou quanto mal aquele vício lhe trazia e o colocou novamente nos caminhos da Fé, como a sua mãe lhe educará. Mesmo assim ainda não o abandonará. Quando aos 25 anos de idade, durante sua caminhada até a obra, teve uma visão que o faria mudar por completo, visão esta nunca revelada. Novamente solicita seu ingresso na Ordem dos Franciscanos, porém mais uma vez a ferida é motivo de recusa. Novamente é conduzido ao hospital de São Tiago. Desta vez aproveitou a oportunidade, pois depois de 4 anos de serviço e tratamento havia assumido a direção daquele local. Sob graça divina passa a cuidar do demais doentes, sempre como voluntário. Numa oportunidade percebeu que os funcionários não prestavam tanta atenção aos doentes em situação tenebrosa ou repugnante ou terminais. Geralmente estes eram largados a própria sorte. Então Camilo passou a dedicar-se mais a estes. Seu trabalho cresceu juntamente com o amigo e orientador, o padre Filipe Néri (Santo), fundaram uma irmandade para cuidar dos doentes pobres, todos daquela irmandade eram voluntários, denominada  mais tarde de Congregação dos Ministros Camilianos. Padre Filipe Néri o conduz pelo caminho do estudo e passa a vestir o hábito de sua própria Ordem. O hábito dos irmãos era negro e possuía uma grande Cruz vermelha, logo aprovada pelo Papa como uma Ordem religiosa. É então eleito para o cargo de superior, função que ocupou durante 20 anos. Ensinava a todos como tratar os doentes, dar a atenção que mereciam, mas sempre exigindo e cobrando, postura adquirida do pai, um militar. Era comum Camilo visitar os doentes em suas casa, mesmo com dificuldade de andar devido a ferida no pé. Em muitas oportunidades era visto carregando nas suas costas doentes em estado de saúde bastante complicado. Durantes estas visitas eram lhe atribuídos muitos milagres, pois através da oração e palavras muitos eram curados. Faleceu em Roma, Itália, no dia 14 de julho de 1614. Foi Canonizado pelo Papa Bento XIV, no ano 1746.
  17. • Canciano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Câncio e Santa Cancianila - 30/05
  18. • Câncio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Canciano e Santa Cancianila - 30/05
  19. • Caniço (?, ? - ?, ?) - Abade - 11/10
  20. • Canione de Atela (?, ? - ?, ?) - Bispo mártir - 25/05
  21. • Canuto (?, ? - ?, ?) - Mártir - 07/01
  22. • Canuto IV (da Dinamarca) (? - 1086, Dinamarca) - Duque da Boêmia - 10/01 ou 19/01* Nasceu na Dinamarca, em data não identificada por nós. Rei da Dinamarca foi grande devoto de Nossa Senhora. Sua vida como monarca foi exemplar e voltada para os mais pobres e esta foi a causa de ter sido assassinado por seus próprios súditos. Faleceu na Dinamarca, em 1086. Foi Canonizado pelo Papa Clemente X, no ano 1670.

  1. • Caprásio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 20/10
  2. • Caradoco (?, ? - ?, ?) - 14/04
  3. • Caranoco (?, ? - ?, ?) - Abade - 16/05
  4. • Carilefo (?, ? - ?, ?) - Abade - 01/07
  5. • Carlos I (de Ausburgo) (?, ? - ?, ?) - Imperador - 21/10
  6. • Carlos Borromeu (1538, Itália - 1583/4 - Itália) - Bispo e Cardeal - 04/11 Nasceu em Arona, na Itália, em 1538. Filho de um conde, bem cedo tornou-se clérigo, isso aos doze anos de idade. Demonstrou grande interesse pelos estudos até concluí-los, quando foi ordenado sacerdote. Aos 22 anos de idade é chamado a Roma pelo Papa quando recebeu o título de cardeal e depois bispo de Milão. O Papa daquela época era Pio IV, seu próprio tio. Naquela cidade fundou uma academia. Quando seu irmão mais velho faleceu, em 1562, foi chamado para assumir a administração dos bens da família, mas Carlos preferiu seguir sua carreira religiosa. Como bispo e cardeal pode se dedicar à pregação, através da visita às dioceses integrantes de seu bispado. Em Milão fundou hospitais, seminários, hospitais e casas de tratamento psiquiátrico, asilos etc. Sua herança foi dividida entre os pobres e necessitados a exemplo de São Francisco de Assis. Foi quando ingressou na Ordem Terceira de São Francisco. Em 1576, durante a epidemia da peste foi um dedicado atendente dos enfermos, muitas vezes ocupando a função de enfermeiro, mas principalmente prestava assistência espiritual. Faleceu em Milão, Itália, provavelmente contagiado pela peste, no dia 03 de novembro de 1584.
  7. • Carlos Cho Shin-ch'ol (?, ? - ?, ?) - Mártir coreano - 20/09
  8. • Carlos de Deus Murias (?, ? - ?, ?) - 18/07
  9. • Carlos de Santo André Houbens (?, ? - ?, ?) - 05/01
  10. • Carlos de Sezze (1613, Itália - 1670, Itália) - Religioso e estigmatizado - 06/01 Nasceu na Itália, em 1613. Batizado como João Carlos Melchiori, naquele mesmo ano, em Roma. Ingressa na Ordem Franciscana aos 22 anos como Irmão Menor, em Nazareno. Como Irmão exercia as funções de esmoler, cozinheiro, sacristão... Como Franciscano seguiu com dedicação as premissas e ideais, como a convicção na castidade, humildade, caridade e pobreza. Era uma pessoa alegre e esta alegria era passada para as suas poesias. Num certo dia de outubro de 1648, quando rezava na Igreja de São José um raio de luz, como um dardo transpassa o seu coração e parte a Hóstia Consagrada. Este raio produz uma chaga que nunca pode ser curada. Como seu objetivo era seguir a Deus na humildade, Fé, veneração, penitência, caridade e devoção. Por sinal sua devoção à Virgem Maria, à Paixão de Jesus Cristo e à Eucaristia foi agraciado por Deus em visões e revelações. Era muito austero na sua Fé, realizando grandes penitências, dedicando-se às orações e esforçando-se ao máximo para seguir as palavras e atos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Como esmoleiro, atividade exercida até bem próximo de sua morte, converteu muitas almas e pregou a palavra de Deus Pai e Filho. Faleceu na Itália, no dia 06 de janeiro de 1670. Foi Canonizado pelo Papa João XIII, no dia 12 de abril de 1959.
  11. • Carlos Eugênio de Mazenod (?, ? - ?, ?) - Bispo - 21/05
  12. • Carlos Garnier (?, França - 1646, Canadá) - Mártir  no Canadá juntamente com seus companheiros , Santo Antônio Daniel, São Gabriel Lalemant,  Santo Isaac Jogues, São João de Brebéuf, São João de la Land, São Noel Chanabel e São Renato Goupil  - 19/10 Nasceu na França, em data não identificada por nós. Ingressou na Companhia de Jesus. Embarcando em 1625, para o Quebec, no Canadá, como companheiro de João de Brebeuf (Santo). Como os demais foi um grande catequizador, pregador e evangelizador. Seu trabalho naquele país foi duro, pois teve que enfrentar as mais diversas dificuldades de comunicação, violência, superstição, descrença, ganância e até o canibalismo. Foram responsáveis pela conversão de mais de sete mil índios. João de Brebeuf,  Antônio Daniel  e seus companheiros são capturados por nativos, os Iroquois, e levados para a Missão de Santo Inácio, no Canadá. Naquele local passaram a ser agredidos, mutilados, queimados e canibalizados. Faleceu na Missão de Santo Inácio, em Quebec, no Canadá, martirizado no fogo e canibalizado, no ano 1649. Foi Canonizado pelo Papa Pio XI, no ano de 1930.
  13. • Carlos Hion Sok-mun (?, ? - ?, ?) - Mártir coreano - 20/09
  14. • Carlos Lwanga* (Luanga) (?, Uganda - 1885/6, Uganda) - Mártir juntamente São José Mkasa e seus 20 companheiros - 03/06 Nasceu em data e local não identificados por nós. Numa região pertencente a atual Uganda, governada pelo rei Mwanga, os Cristãos passaram a enfrentar severa perseguição, após se seis anos de sua chegada à aquela região. Numa manhã o rei convocou a corte e logo em seguida perguntou a um grupo de Cristãos se eles pretendiam continuar rezando, caso optassem por continuar deveriam se posicionar ao lado de um muro. Carlos foi o primeiro a se posicionar a frente do muro e logo seguido por outros. A cada um perguntou se queriam continuar a acreditar no Cristianismo, mas a resposta de todos era de que sim. O rei ordena então que todos fossem mortos, mas para cada um foi aplicada uma sentença diferente. Faleceu em Uganda, em 1885/6. Carlos foi levado ao local do seu martírio e foi queimado lentamente, começaram primeiro pelo seus pés para gerar muito sofrimento e ser exemplo da "força" do rei assassino. A cada condenado cumpriu-se uma sentença, foram 22 assassinados. Foi Beatificado pelo Papa Bento XV no ano 1920. Foi Canonizado pelo Papa Paulo VI, no dia 18 de outubro de 1964.
  15. • Carpos (?, ? - 250, Itália) - Mártir juntamente com São Pápilo e Santa Agatônica - 13/04 Nasceu em local e data não identificada por nós. As únicas informações que obtivemos é que Carpo foi martirizada juntamente com o Agatônica e o Diácono Pápilo (Santa e Santo). Faleceu na Itália, provavelmente no ano 250.
  16. • Cartaco (?, ? - ?, ?) - Bispo - 14/05
  17. • Casimiro da Polônia (1458, Polônia - 1484, Lituânia) - Príncipe - 04/03 Nasceu em Cracóvia, na Polônia, no ano de 1458. Era filho do rei Casimiro III/IV e sua mãe a rainha Isabel de Asburgo da Polônia, o casal teve treze filhos dos quais apenas um não assumiu o trono. Ainda muito jovem faz o voto de castidade em respeito a Santíssima Maria, de quem era devoto. Mais tarde lhe é apresentado a sua futura esposa, mas ele recusa casar-se. Assume o trono, mas sem a ambição e a desonra da corrupção praticadas por muitos governantes. Nas datas de comemoração  e homenagem à Virgem Maria fazia questão de participar e divulgar os atos desta Santa Mulher Mãe e Filha de Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo. Faleceu na Polônia, muito jovem, aos 25 anos de idade, de tuberculose, no dia 04 de março de  1484. Foi declarado padroeiro da Polônia e da Lituânia. Foi Canonizado pelo Papa Leão X, no ano 1521/22.
  18. • Cassiano (?, Espanha - 303/304?, Espanha) - Mártir juntamente com a Santa Engrácia e mais 17 companheiros, são eles: Fausto, Januário, Apodêmio, Félix, Luperco, Marcial, Urbano, Ciciliano, Evêncio, Primitivo, Maturino, Júlio, Quintiliano, Públio, Frontón, Obtato e Sucesso (todos Santos) - 16/04 Nasceu na Espanha e em data não identificados por nós. Apodêmio foi uma das vítimas da perseguição aos Cristãos por Diocleciano, quando acompanhava Engrácia (Santa), mais 17 cavaleiros, todos foram presos, torturados e condenados à morte. Em conjunto os seus companheiros seguem os passos de Engrácia e renegam os deuses pagãos de Diocleciano e confirmam a Fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Faleceu em Saragossa, na Espanha, martirizado, em 303 ou 304.
  19. • Cassiano (?, ? - ?, ?) - Mártir - 03/12
  20. • Cassiano (?, ? - ?, ?) - 05/08
  21. • Cassiano de Ímola (?, ? - ?, ?) - Mártir - 13/08
  22. • Cássio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 29/06

  1. • Cecílio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - Fez parte do grupo conhecido como Sete "Varões Apostólicos" - 0?/0? Nasceu em local e data não identificada por nós. Segundo as tradições Católicas Cecílio foi ordenado sacerdote pelas mãos dos Apóstolos Pedro e Paulo, em Roma, que em seguida é enviado para a Espanha para evangelizar. Faleceu na Espanha, no século I.
  2. • Ceda (?, ? - ?, ?) - 26/10
  3. • Cedemão (?, ? - ?, ?) - Bispo - 11/09
  4. • Celedônio (?, ? - séc. II, III ou IV?, Espanha) - Mártir juntamente com seu irmão Santo Emetério - 03/03 Nasceu em Calahorra, na Espanha, em data não identificada por nós. Era irmão de Emetério (Santo). Sabe-se muito pouco sobre esse Santo. O pouco que se sabe é que era soldado, junto com seu irmão e por serem Cristãos foram presos e condenados à morte. Faleceu em Calahorra, na Espanha, martirizado, provavelmente no século II ou III, ou ainda, IV. A maioria dos historiadores apontam para o século III a data do martírio, mas há muita contradição.
  5. • Celestino I (?, Itália - 432, Itália) Papa - 27/07 Nasceu na Campânia, Itália, em data não identificada por nós. Foi eleito Papa em 10 de setembro de 422. Naquela época Roma estava sendo reconstruída em razão da invasão dos bárbaros. Acompanhou a restauração de diversas igrejas e Basílicas, destaque para a primeira Basílica em homenagem à Santa Maria, em Trastevere. Construiu a Basílica de Santa Sabina, na mesma localidade. Tinha por hábito de responder a toda correspondência que era recebida em seu nome, fosse para religiosos, autoridades civis, militares ou leigos. Determinou que nenhum bispo poderia negar a absolvição de alguém que estivesse morrendo. Também combateu as heresias. Foi responsável pelo Concílio de Éfeso, em 431. Durante este Concílio foi confirmado o dogma de que Maria era verdadeiramente a mãe de Deus. Faleceu na Itália, no dia 27 de julho de 432.
  6. • Celestino V (?, ? - ?, ?) - Papa - 19/05 Nasceu em Isérnia, na Itália, no ano 1215. Foi eleito Papa em 1284. Foi organizador da comunidade de Irmãos Eremitas, a Ordem dos Irmãos do espírito Santo ou Irmãos Celestinos. Faleceu em Roma, no ano 1296.
  7. • Celestino (?, ? - ?, ?) - Papa - 06/04
  8. • Celso (?, ? - ?, ?) - Arcebispo - 07/04
  9. • Celso (séc. I, França - ?, Milão) - Mártir - Vide também São Nazário * - 28/07 Nasceu em Nice, na França, no séc. I. Era filho de uma senhora nobre, rica e influente. Quando Nazário pregava em Nice e converteu sua família, sua mãe confiou a educação do seu filho Celso a Nazário. Os dois passaram a ser companheiros de Fé e de pregação. Nesta época durante as suas pregações ocorreram verdadeiros milagres, curas inexplicáveis e por esta razão muitos convertidos. Passaram pela Alemanha e naquele país conseguiram fundar uma comunidade Cristã grande e forte. Este fato chamou a atenção de autoridades locais em razão de denúncia. Foram presos e condenados à morte. A pena determinada foi a de morrerem afogados, ao serem jogados no rio amarrados. Um novo milagre aconteceu, os dois ao invés de afundarem, flutuaram e, em seguida puseram a caminhar sobre as águas, quando foram expulsos do país. Vão para Milão, na Itália e mais uma vez a perseguição é implacável e por ordem do imperador Nero os dois são presos e condenados à morte. Faleceram em Milão, Itália, martirizados, decapitados em praça pública, em data não identificada por nós.
  10. • Celso (?, ? - ?, ?) - 21/11
  11. • Cenelmo (?, ? - ?, ?) - 17/07
  12. • Centigemo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 14/01
  13. • Ceofredo (?, ? - ?, ?) - 25/09

  1. • Cesário (?, ? - 369, Constantinopla) - 25/02 Nasceu em local e data não identificados por nós. Toda família tornou-se santos, o pai São Gregório, o Velho, a mãe Santa Nona, o irmão São Gregório de Nazianzeno e a irmã Santa Gorgônia. Dedicou-se a Deus e era bom exemplo, pois vinham de família Cristã. Cesário era médico e o seu local de trabalho era a corte do imperador Juliano. Juliano era adepto aos deuses pagãos e era seu objetivo converter Cesário, fazendo abandonar a Fé Cristã. Um grande terremoto atinge a região, mas Cesário consegue sobreviver à catástrofe e interpreta esta sorte como sendo um aviso. Decide então abandonar a corte de Juliano, não apenas pela religião do imperador, mas também por ser uma corte corrompida. Faleceu em Constantinopla, no ano 369.

  2. • Cesário (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Juliano - 01/11

  3. • Cesário de Arles (470, França - 542, França) - Bispo - 27/08 Nasceu em Chalon-sur-Saône, na França, no ano 470. Sempre voltado para a vida religiosa, teve vários atritos com a família, até que na sua adolescência saiu de casa, tinha na época dezessete anos de idade. Foi então orientado e passou a estudar com a ajuda do bispo Sylvester, ainda com sua ajuda, ingressou no Mosteiro de Léris, na França. Após a sua formação passou a escrever. Seu desejo maior era evangelizar, porém numa certa data soube que poderia ser indicado como bispo, fugiu e passou a morar num túmulo. Algum tempo depois foi achado e acabou sendo convencido a aceitar a missão. Assume então o biospado de Arles, na França, era o ano 503, muito ativo fortaleceu a fé na região. Quando do cerco pelos francos e borgonheses a Arles, muitos foram presos pelos que atacavam aquela localidade. Então ordenou que vendessem vasos sagrados da igrejas para pagar o resgate dos prisioneiros. Presidiu vários Concílios, como, o de Arles (524), Carpentras (527), Vaison (529) e o II Concílio de Orange (529). Era um grande escritor, por essa razão nos deixou grande quantidade de livros e documentos. Faleceu em Arles, França, no ano ?542/543). Foi Canonizado pelo Papa Pio XI, no ano 1930.

  4. • Cesário de Nazianzo
    (?, ? - ?, ?) - ??/??

  5. • Cesídio Giamantonio (?, ? - ?, ?) - Mártir na China - 09/07

  6. • Charbel Makhlouf (Machlouf) (1828, Líbano - 1898, Líbano) - Monge - 24/12 Nasceu em Beka-Kafra, no Líbano, no dia 08 de maio de 1828. Seu nome de Batismo era Joseph Zaroun Makhlouf. Seu pai era um humilde condutor de mulas. Fez votos no Mosteiro no ano de 1853. Sabe-se que sua vida religiosa foi quase que em sua totalidade dedicada à vida solitária, quando fazia orações, penitências, jejuava e momentos de contemplação. Charbel foi agraciado com o dom dos milagres por Deus Pai e Filho. Faleceu em Annaya, no Líbano, de causas naturais, no ano 1898.

  7. • Chi Zhuze (?, ? - ?, ?) - Mártir chinês - 09/07

  8. • Cibardo (?, ? - ?, ?) - 01/07

  9. • Cibi (?, ? - ?, ?) - Abade - 08/11

  10. Ciciliano (?, Espanha - 303/304?, Espanha) - Mártir juntamente com a Santa Engrácia e mais 17 companheiros, são eles: Fausto, Januário, Urbano, Cassiano, Luperco, Marcial, Apodêmio, Félix, Evêncio, Primitivo, Maturino, Júlio, Quintiliano, Públio, Frontón, Obtato e Sucesso - 16/04 Nasceu na Espanha e em data não identificados por nós. Ciciliano foi uma das vítimas da perseguição aos Cristãos por Diocleciano, quando acompanhava Engrácia (Santa), mais 17 cavaleiros, todos foram presos, torturados e condenados à morte. Em conjunto os seus companheiros seguem os passos de Engrácia e renegam os deuses pagãos de Diocleciano e confirmam a Fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Faleceu em Saragossa, na Espanha, martirizado, em 303 ou 304.

  11. • Cipriano (?200/210, Cartago* - 252/8, Cartago) - Bispo mártir - * Atual Tunísia - 16/09 Nasceu em Cartago, atual Tunísia, provavelmente em 200/10. Cipriano era professor de filosofia  e advogado, naquela cidade, mas ainda pagão. No ano 246 após ter um contato mais próximo com Cristãos acabou se convertendo. Em 249 foi eleito arcebispo. Pouquíssimo tempo depois foi iniciada a perseguição por parte de Décio. O poder exigiu o cadastro de Cristãos e muitos com medo da morte renegaram a Fé, outros fugiram e ainda, alguns se mantiveram na Fé, mesmo ameaçados. Cipriano foge para o campo, pois achava que a sua hora ainda não devia chegar, pois ele tinha uma missão a cumprir e não estava errado. No seu exílio, Cipriano perdoou todos aqueles que renegaram a sua Fé. Esta atitude agradou ao Papa Cornélio, que pouco tempo antes fora apoiado por Cipriano. Cipriano quando soube que havia sido condenado retornou a Cartago para cumprir sua missão, mostrar que mesmo com sua vida ameaçada não renegaria a sua Fé. Em Cartago foi preso. Faleceu em Cartago, atual Tunísia, martirizado, entre os anos 252/8,.

  12. • Cipriano (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Félix e muitos outros - 12/10

  13. • Cipriano, o Mago (Séc. III, Antioquia - séc. IV, Nicomédia) - Mártir juntamente com Santa Justina - 26/09 Nasceu em Antioquia, na atual Turquia, no séc. III. Era um mago e realizava advinhações e previsões, quando num dia conhececeu Justina, uma bela jovem que tinha a sua vida dedicada a Deus. Cipriano encantou-se coma moça a ponto de desejar enamorá-la. A jovem recusou, mas Cipriano foi convertido e abandonou as "magias". Tornou-se sacerdote e algum tempo mais tarde foi nomeado bispo de Cartagena. Aconteceu que eram perseguidos e em 304 ambos foram presos, Justina estava em Damasco, já Cipriano em Antioquia. Ambos foram levados para Nicomédia, na atual Turquia e lá obrigados a recusar a sua fé. Condenados à morte por se recusarem aceitar um deus pagão e confirmar a fé em um único Deus. Faleceu martirizado em Nicomédia, atual Turquia, no séc. IV, provavelmente ano 304 ou 305.

  14. • Cirano (?, ? - ?, ?) - Abade - 09/09

  15. • Cirano de Saghir (?, ? - ?, ?) - Bispo - 05/03

  16. • Ciríaco (séc. IV, Palestina - ?361/3, Palestina) - Bispo mártir - 04/05 Nasceu provavelmente em Jerusalém, na Palestina, provavelmente no séc. III ou início do séc. IV. A história da vida deste Santo é um tanto complicada, pois existem duas versões e não há como confirmar nenhuma das duas, apesar das provas existentes em Ancara, na Itália. A Primeira: Seu nome de nascimento era Judas, mas para não ser perseguido em função do nome troca para Ciríaco quando se torna sacerdote. Realizou diversas peregrinações apostólicas pela Palestina até ser eleito bispo de Jerusalém. Nesta cidade durante a perseguição de Juliano, o Apóstata contra os Cristãos é preso juntamente com sua mãe e condenados ao martírio. Neste primeiro relato ele teria sido morto naquela região. A Segunda: Nesta segunda versão Ciríaco teria permanecido bispo até a perseguição, quando fugiu para Ancona, na Região de Nápolis, na Itália. mais uma vez é eleito bispo. Foi um dedicado e glorioso divulgador do Cristianismo com suas pregações e a propagação da Palavra de Deus Pai e Filho. Já idoso Ciríaco teria retornado a sua terra natal, local onde teria sido bispo, para rever os locais Santos, mas segundo esta versão foi quando ele foi preso e por ordem de Juliano, o Apóstata, foi condenado à morte. Faleceu palestina, provavelmente no ano de 361/3.

  17. • Ciríaco, o Eremita (449, Corinto - 557, região de Belém) - Eremita. 29/09 Nasceu em Corinto, na Atual Grécia, no ano 449. Sabe-se que decidiu partir em viagem para a Palestina, e chegando lá conheceu o Santo Eutímio, o Grande. Este vivia em no deserto próximo a Jericó, solitário. Santo Eutimio e São Gerásimo foram os orientadores de Ciríaco, este segundo foi o primeiro a fundar as comunidades anacoretas na região do Mar Morto. Ciríaco passou a viver próximo a Belém, em cavernas no deserto. Faleceu no deserto de Tekoa, Belém, Israel, no ano 557.

  18. • Ciríaco (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Largo e Santo Esmeraldo - 08/08

  19. • Cirilo (826/7, Grécia - 868/9, Roma) - Monge - Co-patrono da Europa juntamente com São Metódio - 14/02 Nasceu na Grécia, no ano 826. Sua família era composta de sete irmãos. Seu pai, um juiz renomado e rico. Seu nome de nascimento era Constantino, sendo o caçula dos irmãos. Apenas ele e seu irmão mais velho seguiram os caminhos da Fé. Como ele seu irmão tinha outro nome de nascimento que era Miguel. Quando, aos catorze anos seu pai falece e é levado para estudar em Constantinopla, antiga capital do Império Bizantino, por um amigo da família. Estudou línguas, literatura, geometria, dialética e filosofia. Era uma pessoa muito dedicada, por isso, Constantino, se destacou em todas as áreas de estudo. Tornou-se professor na área de filosofia, mais tarde passou a exercer a função de diplomata junto aos povos árabes. Foi mais ou menos nesta época que seu irmão abandona a carreira política para ingressar na vida religiosa e tornou-se monge e muda seu nome para Metódio. Alguns anos mais tarde Constantino rejeita um casamento bastante vantajoso com uma mulher rica, pois ele já estava decidido em acompanhar o irmão Metódio. A princípio faz votos particulares, mas mais tarde recebeu o diaconato. Pouco tempo depois decide ir morar num mosteiro e escolhe a região de Bosforo, quando adota o nome Cirilo. Sua passagem pelo mosteiro foi muito rápida, pois apenas seis meses depois fora descoberto e designado professor de filosofia. Como era letrado, de excelente discurso e conhecimento é confiado a ele discutir e solucionar problemas delicados. Como diplomata religioso é encaminhado para uma discussão com João VII, o Gramático, a questão do culto das imagens. Quando solucionou esta questão e convocado para outra missão, não menos delicada, junto aos árabes sarracenos quanto ao entendimento da Santíssima Trindade e mais uma vez obteve sucesso, impedindo até mesmo uma disputa mais séria. Em 861, Cirilo segue a pedido do imperador Miguel III, para se juntar a seu irmão Metódio para atender ao rei da Morávia. Naquele país havia uma grande dificuldade quanto à língua, pois a maioria dos missionários não falavam a língua eslava. Era desejo do rei que seu povo pudesse aprender corretamente todas as letras da Religião Católica. Por esta razão os dois irmãos foram para Querson aprender hebraico e samaritano. Durante os estudos encontrou um corpo boiando no mar e que ao resgatá-lo descobriu se tratar do Papa Clemente I. Este Papa havia sido exilado de Roma e atirado ao mar. Cirilo providenciou seu sepultamento e mais tarde guardou as suas relíquias em uma urna. Esta foi entregue no Vaticano quando os irmãos completaram a sua missão. Os irmãos criaram um alfabeto chamado cirílico, traduziram a Bíblia, os Livros Sagrados e os  Missais para esse dialeto, também alfabetizaram padre missionários, que mais tarde iniciaram a evangelização e celebrar missas em eslavo, além de promoverem a alfabetização. Como os ritos Católicos, na época, eram realizados em grego ou mais comumente em latim, houve grandes conflitos no meio eclesiástico. A maioria dos sacerdotes não concordavam com a tradução destes documentos para outra língua e o fato chegou a Roma. Em conseqüência os dois irmãos foram convocados pelo Papa a comparecerem à Sede da Igreja em Roma. Quando foram recebidos pelo Papa Adriano II fizeram a entrega das relíquias do Papa Clemente I, logo em seguida houve um grande debate e ao final conquistaram o apoio do Papa, pois suas argumentações eram de alto nível e de conteúdo dignificante para a evangelização. O Sumo Pontífice além de aprovar as traduções, fez questão de abençoar aqueles livros e desta maneira encerrar o conflito de opiniões entre seu rebanho. Devido a longa viagem, Cirilo que já estava doente teve sua saúde agravada. Decide então receber o hábito em definitivo como monge e confirmar o nome religiosos adotado. Passaram cinqüenta dias de cama quando veio a falecer. Faleceu em Roma, Itália, no dia 14 de  fevereiro de 868/9?. O Papa Adriano II faz questão de celebrar os rituais fúnebres em eslavo e determinou seu sepultamento na Igreja de São Clemente. Ambos foram declarados ao lado de São Bento patronos da Europa, pelo Papa João Paulo II, em 1980.

  20. • Cirilo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santa Anastácia - 28/10

  21. • Cirilo Bertran (?, ? - ?, ?) - Mártir espanhol - 09/10

  22. • Cirilo de Alexandria (370, Egito - 444, Egito) - Bispo e Doutor da Igreja - 27/06 ou 09/02 Nasceu no Egito, no ano 370. Foi bispo de Alexandria até a sua morte. Sabe-se que este religioso participou do Concílio de Efeso, onde conseguiu a aprovação e a proclamação da Maternidade Divina de Nossa Senhora. Combateu todos que defendiam que Maria era apenas a mãe de um homem mortal e não a mãe do filho de Deus. fazia de tudo para que todos reconhecessem a Santíssima Trindade. Todos os bispos que não aceitavam a Santidade de Maria acabaram sendo excomungados. Faleceu no Egito, em 444. Foi Canonizado pelo Papa Leão XIII, em data não identificada por nós. Foi declarado pelo Papa Leão XIII, Doutor da Igreja, em data não identificada por nós.

  23. • Cirilo de Cesaréia (?, ? - ?, ?) - Mártir - 29/05

  24. • Cirilo de Constantinopla (?, ? - ?, ?) - 06/03

  25. • Cirilo de Jerusalém (315, ?Palestina - 386, ?Jerusalém) - Arcebispo e Doutor da Igreja - 18/03 Nasceu provavelmente na Palestina, em 315. Sabe-se apenas que foi educado em Jerusalém. Em 345 foi ordenado sacerdote iniciando seu trabalho de evangelização. Três anos depois, em 348 é ordenado Bispo de Jerusalém,. Como bispo lutou com todas as suas forças contra o arianismo, apesar de sua grande capacidade de evangelizar não escapou de perseguições e por três vezes foi exilado primeiro pelo imperador Constâncio e depois pelo imperador Valente. Quando foi exilado pela última vez teve que peregrinar durante onze anos pelas cidades da Ásia Ocidental e também Oriental. Teve a oportunidade de participar do III Concílio Ecumênico de Constantinopla. Deixou muitos documentos escritos. Faleceu provavelmente em Jerusalém, no ano de 386.

  26. • Cirilo de Turov (?, ? - ?, ?) - Bispo - 28/04

    1. • Ciro (?, ? - séc. IV, Síria) - Mártir - 16/06 Nasceu em local e data não identificados por nós. Diocleciano ordena a prisão de Julita, por ser Cristã, e junto com ela é preso também seu filho Ciro. Quando ela passava por severas torturas na presença de seu filho Ciro, desesperado ao ver sua mãe maltratada, pois ainda era uma criança, começou a gritar que também era Cristão. O caso foi levado a Diocleciano e este determina a morte dos dois. Faleceram na Síria, martirizados, filho e mãe, no século IV.
    2. • Ciro (?, ? - ?, ?) - Canonizado juntamente com São João - 31/01
    3. • Ciro (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santa Julita - 16/06
    4. • Ciselo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Luxório e São Camerino - 21/08
    5. • Clarêncio (?, ? - ?, ?) - 26/04
    6. • Claro (?, ? - ?, ?) - Abade - 01/01
    7. • Claro (?, ? - ?, ?) - Mártir - 04/11
    8. • Cláudio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Astério e São Neão - 23/08
    9. • Cláudio (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santa Hilária e companheiros - 03/12
    10. • Cláudio de Bensaçon (?, ? - ?, ?) - 06/06
    11. • Cláudio de La Colombière (1640/1, França - 1682, França) - Sacerdote jesuíta - 15/02 Nasceu em Viena, na França, por volta de 1640/41. Não se tem informações sobre sua infância. Foi um homem dedicado às coisas de Deus, era justo, equilibrado, respeitava a todos, por essa razão era admirado por todos, dos mais pobres aos mais ricos. Cláudio foi confessor e diretor espiritual de Margarida Maria Alacoque (Santa). Santa Margarida Maria Alacoque tinha grande confiança em Cláudio a ponto de confiar-lhe as visões e revelações. Ambos foram responsáveis pela divulgação da devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Durante sua vida foi perseguido e incompreendido por defender e questionar as influências do protestantismo sobre alguns religiosos católicos. Dedicou-se ao Sagrado Coração de Jesus. É nomeado capelão da duquesa de York, por esta razão é transferido para a Inglaterra. Naquele país foi preso por tentar converter e pregar o catolicismo, motivo pelo qual é banido. Seu retorno para a França foi marcado por uma grave enfermidade que causou seu falecimento. Faleceu em Paray-le-Monial, na França, no ano de 1682. Foi Beatificado pelo Papa Pio XI, no ano de 1899. Foi Canonizado pelo Papa João Paulo II, no ano de 1992.
    12. • Clemente I (?, Itália - 97/100, Itália) - Papa e Mártir - 23/11 Nasceu na Itália, em data não identificada por nós. Clemente foi o sucessor de São Cleto ou Anacleto e pela ordem o terceiro após São Pedro. Foi um Cristão preocupado com a união e integração dos Católicos. Em certa data escreveu uma carta aos Católicos de Corinto, pois naquela região havia uma discussão sobre a autoridade do Papa e em sua carta mostrava com firmeza e segurança o papel daquele que deveria continuar a administrar a Igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo. Na sua carta nunca houve ameaça à paz, mas um pedido de união e respeito aos irmãos que ocupavam cargos hierárquicos. Foi perseguido e preso por ordem de Domiciano, quando foi exilado para a Criméia, atual Ucrânia. No exílio teve que realizar trabalhos forçados, sofrendo todo tipo de calúnia e agressão. Faleceu na Criméia, martirizado, após violenta agressão, entre os anos 90/100.
    13. • Clemente (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santo Agatângelo - 23/01  
    14. • Clemente de Okrida (?, ? - ?, ?) - E companheiros - 17/07  
    15. • Clemente Inácio Delgado Cebrian (?, ? - ?, ?) - Mártir no Vietnã - 24/11  
    16. • Clemente Maria Hofbauer (1751, Morávia - 1820, Áustria) - Sacerdote - 15/03 Nasceu na Morávia, em 26 de dezembro de 1751. Sua família era muito pobre, por esta razão teve grandes dificuldades para concluir seus estudos e tornar-se sacerdote. Outro agravante é que Clemente ficou órfão de pai, um açougueiro, aos seis anos de idade. para garantir seus estudos no Seminário Clemente foi aprendiz de padeiro e quando ingressa no Seminário para pagar seus estudos torna-se o padeiro dos eremitas no Mosteiro de Bruck. Mais tarde com a expulsão dos eremitas pelo imperador José II, Clemente passa a trabalhar como padeiro em Viena. Resolve abandonar tudo e vai para a Itália onde se torna um eremita quando adota o nome de Clemente. Durante sua vida em solitária por duas vezes abandona o eremitério para cumprir peregrinações até Roma. Numa terceira peregrinação ingressa na Ordem dos Redentoristas, em San Guliano. Mais tarde estuda na Universidade de Viena e depois de Roma, quando é ordenado e é encaminhado para Viena. Trabalhou pelos pobres e desvalidos, fundou escolas e garantiu o estudo de muita gente pobre. Junto com seus companheiros e irmãos de Fé Redentoristas evangelizou e prego. Em 1808 são aprisionados e expulsos da Austrália por Napoleão, quando este acabou com as Ordens religiosas em seu domínio. Até esta data tinha sido diretor espiritual do Convento das Irmãs Ursulinas. Faleceu em Viena, Áustria, em 15 de março de 1820. Foi Beatificado pelo Papa Leão XIII, no dia 29 de janeiro de 1888. Foi Canonizado pelo Papa Pio X, no ano 1909.
    17. • Cléofas (Cléopas?) (?, Emaús - séc. I, Emaús) - Mártir - 24/09 Nasceu em Emaús, na Palestina, em data não identificada por nós. Sabe-se que ele foi uma das testemunhas da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Cléopas estava a caminho de sua terra natal, Emaús, quando Jesus que acabara de ressuscitar lhe apareceu. Acontece que ele só reconheceu a Jesus no final da conversa que os dois tiveram. Diz a tradição e algumas indicações que Cléopas estava presente durante a Santa Ceia, mas são poucas as informações sobre este Santo. Sabe-se pela tradição que ele foi pregador e seguidor de Jesus. Foi martirizado pelo seus próprios conterrâneos que não aceitavam a sua Fé no Messias e na sua ressurreição. Foi agredido violentamente até a sua morte. Faleceu em Emaús, provavelmente no final da primeira metade do séc. I.
    18. • Cleto (?, ? - ?, ?) - Papa mártir juntamente com São Marcelino (Papa) - 26/04  
    19. • Clodoaldo ou Cloud (?, França - séc. 560, França) - 07/09 Nasceu na França, em data por nós não identificada. Era filho e neto de reis, mas preferiu abandonar a vida real para viver por Deus. Foi viver isolado em oração e contemplação. Passou a viver como eremita em uma região próxima a Paris, com a companhia de Severino (Santo) que o orientava. Foi depois para Provença, mas decidiu retornar para os arredores de Paris em Saint-Cloud, onde construiu uma Igreja. Faleceu em Saint-Cloud, Paris, França, ainda no ano 560.
    20. • Clodolfo (Clodulfo) (?, ? - ?, ?) - Bispo - 08/06

    1. • Codrato (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com seus companheiros - 10/03  
    2. • Colmano (?, ? - ?, ?) - Mártir - 13/10  
    3. • Colmano de Cloyne (?, ? - ?, ?) - Bispo - 24/11  
    4. • Colmano de Dromore (?, ? - ?, ?) - Bispo - 07/06  
    5. • Colmano de Kimacduagh (?, ? - ?, ?) - Bispo - 29/10  
    6. • Colmano de Rossano (?, ? - ?, ?) - Abade - 26/09  
    7. • Conleto (?, ? - ?, ?) - Bispo juntamente com São Cataldo - 10/05  
    8. • Colomano de Lindisfame (?, ? - ?, ?) - Bispo - 18/02  
    9. • Colombo (?, ? - ?, ?) - Monge mártir juntamente com seus companheiros, também monges - 12/08  
    10. • Columba (?, ? - ?, ?) - Abade - 09/06  
    11. • Columba (?, ? - ?, ?) - Eremita - 01/09  
    12. • Columbano (543, Irlanda do Noste - 615, ?Itália) - Abade - 24/11 ou 23/11 Nasceu na Irlanda do Norte, no ano de 543. Tornou-se religioso num Mosteiro de Bangor, daquele país, que era dirigido por Comgall (Santo). Alguns anos depois partem para o continente europeu Columbano e alguns de seus discípulos, são eles: Quillano (Santo), Gallo (Santo), Fursy (Santo), Romualdo (Santo), Livino (Santo) e Virgílio (Santo), que tinham como missão discutir a vida monástica irlandesa. Aquele país estava com sérios problemas em razão da invasão pelos povos germânicos e Columbano e seus companheiros tiveram muito trabalho. Anos depois os seus mosteiros estavam espalhados por toda Europa. Era um homem caridoso, de sereno apostolado, mas uma pessoa difícil no trato e inflexível. Por esta razão acabou sendo expulso de Luxeulf, França. A embarcação que o transportaria de volta para a Irlanda teve problemas com o ventos contrários e Columbano interpretou que não deveria deixar aquelas terras, por esta razão se dirigiu à Itália. naquele país foi autorizado pela rainha Teodolinda a fundar o quinto Mosteiros de sua vida, em 614. Faleceu naquele Mosteiro, na Itália, no ano 615.
    13. • Comizio (?, ? - ?, ?) - Mártir - 02/06
    14. • Conano (?, ? - ?, ?) - Bispo - 26/01
    15. • Concórdia (?, ? - ?, ?) - Mártir - 13/08
    16. • Côndedo (?, ? - ?, ?) - 21/10
    17. • Congano (?, ? - ?, ?) - Abade - 13/10
    18. • Congato (?, ? - ?, ?) - Abade - 11/05
    19. • Conelo (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Conone - 29/05
    20. • Cono (?, ? - ?, ?) - 03/06
    21. • Conoaldo (?, ? - ?, ?) - Bispo - 06/09
    22. • Conone (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Conelo - 29/05  

    1. • Conrado de Constança (?, ? - ?, ?) - Bispo - 26/11
    2. • Conrado de Parzão (?, ? - ?, ?) - Religioso - 21/04
    3. • Conrado de Piacência (ou Placenza, ou ainda, Piacenza) (1290, Itália - 1351, Itália) - Religioso 19/02 Nasceu em Piacenza, na Itália, em 1290. Conrado e um amigo tinham o hábito de caçar, porém num naqueles dias, quando caçavam por acidente colocam fogo na mata, acontece que este sai do seu controle e provocam grandes danos, não apenas na mata, mas também em propriedades vizinhas. Sorrateiramente os dois fogem para a cidade. Acontece que os proprietários comunicam as autoridades e após investigação prendem um pobre. Este homem é julgado e condenado à morte. Na data de sua execução, no meio da praça, o homem é levado para cumprir a sentença. Conrado vendo que um inocente iria morrer, arrependido se revela. O homem é solto e os dois amigos perdem tudo o que tem e também os bens de suas esposas. A indenização foi tão grande a ponto de ficarem na miséria total. Conversando com sua esposa, Conrado chega a um acordo e entendendo que aquele fato fora um sinal do Céu. Ela ingressa no Mosteiro das Clarissas e ele na Ordem Terceira Franciscana. O remorso transformou-se em muita oração e penitência e a toda sexta-feira era destinada à visita ao hospital local. Outro compromisso era a oração na Catedral diante do Crucifixo desta. Pediu em oração ao Pai e Filho pelos doentes e milagres acontecera. Faleceu na Itália, no dia 19 de fevereiro de 1351. Foi enterrado na Catedral. Foi Canonizado pelo Papa Urbano VIII, no dia 12 de setembro de 1625.
    4. • Conrrano (?, ? - ?, ?) - Bispo - 14/02
    5. • Constâncio (?, ? - ?, ?) - 29/01
    6. • Constâncio de Capri (?, ? - ?, ?) - Bispo - 14/05
    7. • Constâncio de Vercelli (?, ? - ?, ?) - 14/05
    8. • Constantino (280, Itália - 337, Constantinopla) - 21/05 Nasceu em Dardanelos, Império Romano, no ano de 280. Pertencia à família imperial, pois seu pai era Cesar de  províncias ocidentais do Império Romano. Em 306 sucedeu a seu pai, quando tinha 26 anos de idade. Por volta de 312 dá início a uma grande invasão, atacando a Itália e até Roma, porém quando avançava sobre Roma viu no céu uma grande Cruz luminosa, naquele mesmo ano. No ano seguinte concedeu a liberdade de culto para os Cristãos. No ano de 314 foi eleito imperador do império do Oriente e do Ocidente. Nesta época transfere a capital do império da Roma Antiga para a Roma nova. A nova capital é denominada por Bizâncio como sendo Constantinopla. Foi Batizado, já muito doente. Faleceu em Constantinopla, em 22 de maio de 337. Seus restos mortais encontram-se na Igreja dos Santos Apóstolos, em Constantinopla.
    9. • Constantino (da Escócia) (séc. VI, Escócia - 598, Escócia) - Rei e mártir - 11/03 Nasceu na Escócia, no séc. VI. Era da família real. Mais tarde tornou-se rei da Cornualha, Escócia e depois casou-se com uma princesa, filha do rei da Bretanha. Era tido como um rei duro e não justo, pois cometia assassinatos, sacrilégios e impunha as suas vontades mesmo que elas prejudicassem a outros. mais tarde divorciou-se e passou ater uma vida mundana e cometendo crimes. Esta atitude durou muitos anos de sua vida. Num certo dia é informado da morte de sua ex-esposa, o choque foi tanto que o fez pensar e decidir modificar a sua vida. Num primeiro momento abdicou do trono, e de seus bens. Em seguida procura um padre Cristão e se converte, quando recebe o Batismo em Nosso Senhor Jesus Cristo. Por fim muda-se para o Mosteiro de São Mócuda, na Irlanda, onde passa a viver isolado. Durante sua permanência no Mosteiro realiza como penitência as mais duras tarefas, sem nenhuma reclamação ou palavra. Foram seis anos impondo penitências em razão do arrependimento pelos seus erros. Quando é ordenado sacerdote, quando de uma passagem de Columbano em missão evangelizadora. Constantino decide seguir Columbano e em missões apostólicas passa a converter seu próprio povo. Durante a perigrinação Santa fundou vários Mosteiros, Conventos, Igrejas e trouxe muitos fiéis para estes locais. Quando estava pregando em uma praça pública Constantino é atacado por um pagão, que não admitia a conversão e é ferido mortalmente. Mesmo ferido abençoou seus seguidores e ouvintes, fato que contribuiu na conversão de muitos que ali estavam. Faleceu na Escócia, no dia 11 de março de 598.
    10. • Constantino (?, ? - ?, ?) - Canonizado juntamente com São Davi e São Teodoro * - 19/09
    11. • Contardo (?, ? - ?, ?) - 16/04
    12. • Corbiniano (670, França - 730, Itália) - 08/09 Nasceu em Chartres, na França, no ano 670. Pouco se sabe sobre sua vida da infância à juventude. Fundador de uma pequena comunidade religiosa ao lado de alguns poucos companheiros onde se praticava penitência, orações, muito caridosos, produziam seu próprio alimento. O fato marcante foi sua peregrinação à Roma, quando falou com o Papa Gregório II que o ordenou sacerdote. Depois nomeado Bispo pelo mesmo Papa. Foi o fundador do bispado de Freising, na Alemanha. Foi duramente perseguido e teve sua vida ameaçada de morte. Faleceu em Merano, Itália, no dia 08 de setembro de 730. Seu corpo foi transladado para Freising, na Alemanha, no ano 765, pelo Bispo Arbeão, seu biógrafo.
    13. • Corentino (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/12
    14. • Cornélio (séc. II?, Itália - 253, Itália) - Papa mártir - 16/09 Nasceu na Itália, em data não identificada por nós. Nesta época a Igreja ficou sem um líder em razão da severa perseguição praticada por Décio. Em 251 Cornélio é eleito Papa, mas sua eleição é anulada por religiosos que o acusavam de ter renegado a sua Fé. Cipriano, bispo de Cartago, atual Tunísia, África, foi um forte aliado do Papa Cornélio. Cornélio é enviado pelo imperador Galo para. Faleceu Civitavecchia, Itália, martirizado, no ano de 253.
    15. • Cornélio - o Centurião (?, ? - ?, ?) - Bispo - 20/10
    16. • Cornélio van Wijk (?, ? - ?, ?) - Mártir de Gorcum - 09/07
    17. • Cosme (?, ? - séc. III e IV, Ásia Menor) - Mártir juntamente com São Damião - Médico - 26/09 Nasceu em local e data não identificados por nós. Era irmão de Damião, provavelmente irmão gêmeo. Sabe-se pouco sobre a vida deste Santo e tudo que se sabe está ligada a idade adulta. Os irmãos eram médicos e não cobravam pela consulta quando atendiam os pobres, pois além de curarem o corpo, também o faziam na alma. Eram Cristãos fervorosos. Muitas das curas realizadas foram verdadeiros milagres, pois tinham Deus no coração. Durante a perseguição comandada por Diocleciano (284/305) foram presos. No cárcere foram torturados na tentativa de renegarem a sua fé. Como a agressão não surtiu efeito foram condenados à morte. Faleceram na Ásia Menor, martirizados, por decapitação, entre o final do século III ou início do IV.
    18. • Cosme Takeya (?, Japão - 1597, Japão) - Mártir japonês - 15/02 Nasceu no Japão, em data não identificada por nós. Sabe-se que sua família era nobre, mas perdeu toda a sua fortuna e esta nova condição de extrema pobreza obriga Cosme a trabalhar bem sedo. Arranja o emprego de fabricante de armas, mas acompanhava de perto os trabalhos dos Franciscanos e por eles foi convertido e Batizado. Mudou-se para Meaco onde conheceu os Franciscanos que vieram das Filipinas. Quando os conheceu eles já estavam construindo igrejas, hospitais, abrigos e conventos, além de fazer a pregação e a conversão daquele povo. Cosme era um grande colaborador e interprete, pois freqüentemente fazia visitas aos pobres e enfermos e junto a estes ajudava na catequização e pregação do Santo Evangelho. Por suas ações é acolhido na Ordem Terceira Franciscana Secular juntamente com sua família, esposa e filho. Confia aos religiosas a formação educacional e espiritual de seu filho Máximo, pois era desejo deste e do próprio pai, se tornar um sacerdote. Quando o governo local inicia a perseguição aos religiosos e ordena a prisão destes e de seus seguidores, Cosme é perseguido e cercado no Convento pela guarda. mesmo sendo perseguido continuou  ao lado dos missionários a pregação e em um destes momentos foi preso, como os demais teve a sua orelha esquerda arrancada ao fio da espada e levado em cortejo para Nagasaki. Acontece que durante a prisão seu filho proclama-se Cristão e que queria ser levado junto com o pai. Um guarda lhe desfere um violento golpe na cabeça provocando seu desmaio. Enquanto Máximo é conduzido para a sua casa, seu pai é enviado para Nagasaki oude seria martirizado. Máximo veio a falecer pouco tempo depois em razão do golpe. Faleceu em Nagasaki, Japão, martirizado, por enforcamento, no dia 05 de fevereiro de 1597. Foi Canonizado pelo Papa Pio IX, no dia 08 de junho de 1862.
    19. • Cremete (?, ? - ?, ?) - Abade - 06/08

    1. • Crescêncio (?, ? - séc. IV, Ásia Menor) - Mártir juntamente com São Vito e São Modesto- 15/04 Nasceu em local e data não identificados por nós. Era um Católico e Cristão fervoroso, por esta razão lutava com todas as suas forças contra os cultos pagãos. Sua luta ocorreu em um período quando havia muita perseguição aos Cristãos. Quando Crescêncio se declara publicamente contra os cultos pagãos é preso e condenado. Faleceu na Ásia Menor, martirizado, queimado vivo em público, no séc. IV.
    2. • Crescente (?, ? - ?, ?) - Mártir - 15/04
    3. • Crescentino (?, ? - ?, ?) - Mártir - 01/06
    4. • Crisanto (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com Santa Daria - 25/10
    5. • Crisógono (?, ? - ?, ?) - Mártir - 24/11
    6. • Crispiniano (séc. III, ?Roma - 285/6, Roma) - Mártir juntamente com Crispim - 25/10 Nasceu em Roma, em data não identificada por nós. Alguns estudiosos dizem que era romano e irmão de Crispim, mas outros afirmam que eram naturais da França. Outro detalhe controverso é de que eles eram filhos de família nobre. Sabe-se que eram sapateiros e quer pregavam o Evangelho na Gália. Ambos pregavam durante o dia e durante a noite realizavam concertos e também fabricavam sapatos. Essa atitude evitava que dependessem de esmolas. Faleceu em Roma, martirizado, por tortura e decapitação, entre 285/6 d.C.
    7. • Crispim (?, ? - 250, Itália) - Bispo - 07/01
    8. • Crispim (?, ? - ?, ?) - 04/06
    9. • Crispim (séc. III, ?Roma - 285/6, Roma) - Mártir juntamente com Crispiano - 25/10 Nasceu em Roma, no séc. III. Alguns estudiosos dizem que era romano e irmão de Crispim, mas outros afirmam que eram naturais da França. Outro detalhe controverso é de que eles eram filhos de família nobre. Sabe-se que eram sapateiros e quer pregavam o Evangelho na Gália. Ambos pregavam durante o dia e durante a noite realizavam concertos e também fabricavam sapatos. Essa atitude evitava que dependessem de esmolas. Faleceu em Roma, martirizado, por tortura e decapitação, entre 285/6 d.C.
    10. • Crispim (?, ? - séc. IV, Espanha) - Bispo mártirs - 19/11 Nasceu em local e data não identificados por nós. São poucas as informações sobre este Santo. Sabe-se que foi Bispo de Paiva, na Lombardia, Itália, durante o séc. III. Faleceu em Paiva, Itália, provavelmente de causas naturais, entre 250 d.C.
    11. • Crispim de Viterbo (1668, Itália - 1750, Itália) - 19/05 ou 23/05* Nasceu em Viterbo, na Itália, no dia 13 de novembro de 1668. Seu nome de Batismo era Pietro Fioretti. Filho do casal Ubald e Marsha. Fica órfão de pai ainda criança e em seguida de sua mãe. Sua mãe, Marsha, era consagrada à Nossa Senhora e por essa razão o jovem Pietro torna-se devoto e se consagra à Mãe do Céu. Trabalhou como auxiliar de sapateiro para o seu tio. Numa certa data observa uma procissão de Frades Menores Capuchinhos. Esse ato lhe abre o coração para a vida religiosa e o conduz a ingressar como Irmão Franciscano Leigo, em 23 de julho de 1693, em Viterbo, Itália, quando adota o nome de Crispim, por causa de sua profissão ser relacionada à de São Crispim (séc. III). Quando foi admitido passou a viver religiosamente no Mosteiro dos Capuchinos de Viterbo, nessa época tinha em torno de 25 anos de idade. Mais tarde muda-se para Tolfa, depois Roma e, mais tarde, para Albano. Era uma pessoa extremamente humilde. Por sua santificação era procurado por muitas pessoas a procura de orientação espiritual, cura e perdão. Tinha o dom do milagre, da cura pelo toque e de profetizar. Faleceu no Mosteiro da Imaculada Conceição, em Roma, provavelmente de causas naturais, no dia 19 de maio de 1750. Seu corpo está até os nossos dias incorrupto. Foi Beatitificado pelo Papa Pio VII, no ano 1806.
    12. • Crispolo (?, ? - ?, ?) - Mártir - 10/06
    13. • Cristino (?, ? - ?, ?) - 29/04
    14. • Cristovão (1514, Máxico - 1527 - Máxico) - Crianças martirizadas por não renunciar a sua fé, juntamente com Antônio (+1529) e João (1529). ??/?? Local e data de nascimento não identificados por nós. Crianças que eram cristãs católicas foram atacadas pelo povo, que não era cristão, quando exigiram que renunciassem à fé. Como se recusaram foram brutalmente assassinados. Antônio e João dois anos depois. Foram martirizados pelo povo em Tlaxcala - México, no ano de 1527. Canonizado pelo Papa Francisco, no dia 15 de outubro de 2017.
    15. • Cristóvão (?, ?Palestina - ?250, Lícia*) - Mártir - *Atual Turquia - 25/07* ou 10/07 Nasceu provavelmente na Palestina, em data não identificada por nós. Segundo se conta Cristóvão ajudava as pessoas a atravessarem um rio, a sua missão facilitada pela sua grande estatura. Num determinado dia um menino ainda pequeno solicitou-lhe que o ajudasse a transpor o rio. Como sempre Cristóvão foi ajudar o pequeno menino e o colocou sobre os seus ombros. Durante o percurso o menino se tornava cada vez mais pesado e Cristóvão fazia de tudo para sustentar a criança e desta forma impedir que viesse a se afogar. Quando ele achava que não iria agüentar mais a criança se revelou como sendo Jesus Cristo e este lhe disse que havia carregado todo peso do mundo. Cristóvão foi martirizado e morto em Lycia, região da atual Turquia e suas relíquias estão em Paris e Roma. Segundo estudos São Cristóvão viveu no séc. III. Faleceu na antiga Lícia, atual Turquia, martirizado por ordem do imperador Décio, por volta de 250 d.C.
    16. • Cristóvão Magalhães (?, ? - ?, ?) - Mártir mexicano - 21/05
    17. • Cromácio (?, ? - ?, ?) - Bispo - 02/12
    18. • Cronano de Roscrea (?, ? - ?, ?) - Abade - 28/04
    19. • Cronião (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Julião e São Besas - 27/02
    20. • Cronides (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Leôncio e São Serapião - 12/09
    21. • Ctesifone (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com São Segundo, Santo Indelécio, São Cecílio, Santo Eusíquio e Santo Eufrásio - Todos Bispos - 01/05
    22. • Cumiano (?, ? - ?, ?) - Abade - 12/11
    23. • Cungar (?, ? - ?, ?) - Abade - 27/11
    24. • Cuniberto (?, ? - ?, ?) - Bispo - 12/11
    25. • Cutberto (?, ? - ?, ?) - ??/??
    26. • Cutiberto Mayne (?, ? - ?, ?) - Mártir inglês - 30/11
    27. • Cutiberto (?, ? - ?, ?) - Bispo - 20/03

    Voltar para o conteúdo