Baal/Bula - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Glossário > Letra B

Baal

Total:
066

  1. • Baal: 1. Em hebraico significa senhor. 2. Título dada a uma divindade que representa a soberania, poder e domínio. 3. Os cananeus, ao contrário dos outros judeus, não tinham um único deus e este era o deus da fertilidade. 4. Nome que na Bíblia identificam os falsos deuses.
  2. • Báculo: 1. Bastão. 2. Cajado. 3. Cajado utilizado por pastores na antiguidade e que foi uma referência para o uso de religiosos. 4. Cajado ou bastão comprido, com uma das extremidades curvas geralmente utilizado pelos Bispos.
  3. • Báculo Episcopal: 1. Bastão ou cajado utilizado pelos Bispos. 2. Geralmente é bem alto e tem a sua extremidade superior curva.
  4. • Baldaquino: 1. Cobertura apoiada em colunas ou fixadas ao teto, ou ainda, às paredes que esta sobre o altar. 2. Trata-se de uma espécie de dossel. 3. O mesmo que "Cibório". 4. Também identifica um vaso sagrado, semelhante a um cálice com tampa onde são guardadas as Hóstias Consagradas para a Comunhão. 5. O mesmo que "Píxide".
  5. • Banquete: 1. Eucaristia. 2. Última Ceia. 3. Refeição 4. Momento de participação harmônica e hospitaleira. 5. Celebração de momentos importantes e religiosos. 6. Vide: "Banquete Messiânico". 7. Também refeição luxuosa. 8. Reunião em torno de uma mesa para uma refeição em data especial. 9. Refeição com a participação de Jesus na casa do pecador.
  6. • Banquete Messiânico: 1. Simboliza os sinais do início do Reinado de Deus. 2. A Santa Eucaristia O apresenta.
  7. • Barba: 1. Era usada pelos anciões para mais facilmente serem identificados. 2. Simbolizava sensatez, virilidade, autoridade, sabedoria, experiência, responsabilidade etc. Também poderia simbolizar a desonra, loucura, quando não era respeitado por seu possuidor. Nesse caso a barba poderia ser raspada.
  8. • Barbadinho - O mesmo que "Capuchinho".
  9. • Barbono - O mesmo que "Capuchinho".
  10. • Barrete: 1. Gorro era utilizado geralmente durante as celebrações litúrgicas. 2. Pelo que apuramos é muito raramente utilizado e quando o é, o motivo é uma data especial.
  11. • Batizado: 1. Aquele ou aquele que recebeu o Sacramento do Batismo.
  12. • Beatificação: 1. Cerimônia de proclamação, pelo Papa, de Beatificar um postulante à Santificação. 2. Aquele que foi considerado Bem-aventurado. 3. Fase anterior à Canonização. 
  13. • Beatificado: 1. Aquele ou aquela que foi proclamado pelo Papa Beato. 2. Bem-aventurado(a). 
  14. • Beatificar: 1. Ato proferido pelo Papa proclamando um ser humano Beato e postulante à Santificação. 2. Este recebe o título de Beato ou Bem-avendurado. 3. Declaração proferida pelo Papa permitindo que uma pessoa, já morta, seja venerada como Beato, mas com restrições. 4. Para que uma pessoa, religiosa ou não, seja declarada um(a) Beato(a) é preciso a comprovação de pelo menos um milagre ou ter sido martirizada em nome, por acreditar e se dedicar a Deus Pai e Deus Filho.
  15. • Beatitude: 1. Estado de permanente felicidade e santificação.
  16. • Beato: 1. Pessoa que foi proclamada pelo Papa Beato ou Bem-aventurado. 2. Servo de Deus que foi beatificado. 
  17. • Beelzebu - O mesmo que "Belzebu".
  18. • Beelzebub: 1. O mesmo que: Belzebu. 
  19. • Beijo: 1. Ato afetuoso, de saudação, amor, comemoração, saudade, amizade, carinho, culto etc. 2. Ato de Judas Iscariotes ao identificar Jesus, para os sacerdotes e romanos, quando O traiu. 
  20. • Belém: 1. Cidade onde nasceu Jesus, na Cisjordânia, região de Judá.

  1. • Basílica: 1.  Entre os romanos, trata-se de um edifício destinado ao funcionamento de mercado, tribunais etc. Também local para reunião de moradores, banqueiros, comerciantes quando discutiam e organizavam os negócios. Sua forma era retangular, fechada, tendo três naves separadas por colunas, que sustentavam toda a cobertura. 2. Palácio Real. 3. Igreja que ocupava esse edifício, com as devidas adaptações ou edificada com todas aquelas características.  4. Designação dada às primeiras igrejas cristãs que tinham na edificação as mesmas características dos edifícios romanos. 5. De acordo com o Direito Canônico designação dada , como título, pelo Papa a certas igrejas. Esta tem certos privilégios especiais, em razão de algum fato, acontecimento, procura que lhe permitiu ser consagrada de maneira honorifica com esse título. 6. Igreja principal. 7. Refere-se ao conjunto dos integrantes e membros da basílica, como o clero, prelados, noviciado etc. 8. Umbela ou cobertura com essas características, geralmente forrada de seda, mas pode ser outro tecido, que cobre o sacerdote ou outro religioso que carrega a Santa Eucaristia entre espaços internos ou procissões. Deriva da 
  2. • Bastão: 1. Peça de apoio durante uma caminhada como uma peregrinação. 2. Instrumento de defesa. 3. Cajado. 4. Objeto de educação do filho. 5. Aparece em vários momentos tanto no A.T. e também no N.T. 6. Símbolo de poder e autoridade.
  3. • Batismo: 1. É a limpeza espiritual pelo "banho", "imersão" ou "lavação". 2. Ablução ou imersão em água que conduz a conversão, quando se obtém a renovação e o perdão. 3. Ato realizado por João Batista quando anunciava a chegada do Messias. 4. Sacramento realizado durante a infância, geralmente logo após o nascimento, ou ainda, naquele que ainda não recebeu Deus e Jesus como Pai e Criador. 5. Momento de conversão de um ateu.
  4. • Batismo de Adulto: 1.  Condição adotado por algumas Igrejas e seitas de Batizar apenas pessoas adultas alegando que só elas poderão entender e aceitar a Deus. 2. A Igreja Católica tem o Batizado como condição de perdão dos pecados, por isso é um Sacramento destinado a todas as idades e todos os seres humanos tem esse direito, seja uma bebê uma criança, um jovem, um adulto ou um idoso. 
  5. • Batismo de Criança: 1.  Desde os primórdios da Santa Igreja o Batizado era destinado a todos, crianças, jovens, adultos ou idosos, não se fazia distinção, pois todos tem o direito ao perdão do pecado original. 2. Durante o Batizado de um bebê a Fé e a Crença em Deus Pai e Filho é proclamada pelos pais, padrinhos e convidados. 3. É de responsabilidade dos pais e padrinhos formar essa criança na Fé Católica e na conscientização do Sacramento. 4. Os Ritos para o Batismo de Criança da Igreja Católica Apostólica Romana determina que os pais católicos devem levar para o Batismo nas primeiras semanas de nascimento. 5. Quando a criança corre risco de morte ou está internada o Batismo deverá ser feito naquele local e de imediato. 
  6. • Batismo de Martítrio: 1.  Refere-se a toda pessoa, nos primórdios da Santa Igreja que sofreu morte por crer e ter Fé em Deus Pai e Deus Filho antes de ter recebido o Sacramento do Batismo. 2. Essa condição vale para toda época de perseguição e martirização de católicos e seguidores por governos, seitas, crenças pagãs etc. 3. O mesmo que "Batismo de Sangue". 
  7. • Batismo de Sangue - Vide "Batismo de Martírio".
  8. • Batistério: 1. Trata-se de uma ala de uma igreja, geralmente em uma de suas laterais onde está localizada a Pia Batismal. 2. Poderá ser também uma sala em outra área da igreja ou ainda um construção independente onde estará a pia batismal. 3. É uma área especialmente reservada para o Sacramento do Batismo e nenhuma outra cerimônia. 4. Documento que atesta o Batizado.
  9. • Batista: 1. Aquele que realiza a  Cerimônia do Batizado. 2. Apelativo de João, primo de Jesus, filho de Zacarias e Isabel, aquele que batizava com água, como gostava de destacar. 3. Aquele que anunciou a vinda do Salvador.
  10. • Batizado: 1. Sacramento religioso que conduz ao perdão do pecado original e a conversão. 2. Nesse momento (o da cerimônia do Batismo) o ser humano recebe um novo "pai e mãe", os padrinhos. Esses tem por obrigação, na falta dos pais verdadeiros, cuidar do afilhado, tanto na educação formal, bem como na educação religiosa. 3. O Batizado deverá ser realizado por um religioso, Padre, Bispo, Papa etc. 4. Um leigo poderá realizar o Sacramento do Batizado no momento de uma catástrofe, da morte, isolamento, quando não esteja presente um religioso. 5. Quando aquele ou aquela que foi batizado por um leigo, após a situação de risco, um naufrágio, queda de avião, colisão, deverá procurar uma autoridade e confirmar a conversão.
  11. • Belial: 1. Nome que identifica o demônio no judaísmo. 2. Inutilidade, indignidade ou maldade. 3. Termo comumente empregado no Antigo Testamento para identificar o mal. 4. O anticristo apresentado por São Paulo.
  12. • Belzebu: 1. Príncipe dos demônios (Mt 10,25; 12,24; Mc 3,22; Lc 11,15). 2. Denominação de uma divindade fenícia. 3. Demônio chefe. 4. Ser principal dos espíritos infernais. 5. O mesmo que: Beelzebub. 6. O maligno. 
  13. • Bem-aventurado: 1. Aquele ou aquela que recebeu um estado de santidade e graça celestial. 2. Aquele ou aquela que foi Beatificada pela Igreja Católica Apostólica Romana. 
  14. • Bem-aventurança: 1. Aquele ou aquela que tem felicidade suprema, comparável a dos Anjos, Santos e Santas que estão ao lado de Deus Pai e Deus Filho, e é óbvio, ao lado da Santa Mãe. 2. Cada uma das oito perfeições evangélicas descritas por Jesus durante o Sermão da Montanha (vide), todas descritas no Evangelho de São Mateus. 3. Estado de alegria espiritual de profunda alegria, felicidade, bem-estar, ou ainda, beatitude (vide). 4. São as Palavras de Jesus ao iniciar o sermão da Montanha (Mt 5,3-12). 5. Aquele ou aquela que teve a felicidade de ser agraciado por Deus e ou Jesus.
  15. • Bênção: 1. Ato de transmitir energia positiva através da imposição sobre a cabeça do abençoado. 2. Ato de fazer o Sinal da Cruz em direção de uma ou mais pessoas, ou ainda, em direção ao espectador em programas de televisão, vídeo etc. 3. Ato ou efeito de Benzer. 4. Ato de abençoar uma pessoa, animal ou objeto com o Sinal da Cruz, para que estes recebam a graça e a proteção de Deus Pai e Deus Filho. 4. Graça concedida por Deus Pai ou Deus Filho 5. Forma de agradecimento a uma graça recebida. 6. Desejos ou necessidades dos seres humanos atendidas por Deus ou Jesus, mas também pela intercessão de Nossa Senhora, Mãe de Jesus, por algum ou alguma Santa ou ainda por um Beato ou Beata. 7. Bendizer.
  16. • Bênção do Santíssimo Sacramento: 1. Bênção que acontece com a Hóstia colocada em um Ostensório e que objetiva abençoar o povo. 2. Esta poderá acontecer durante uma Missa, Procissão, cerimônia em local aberto etc. 3. O principal objetivo é abençoar as pessoas ali presentes ou não pela presença de Jesus Cristo na Eucaristia. 4. A Hóstia é o Corpo de Jesus Cristo.
  17. • Bendicionário: 1. Ritual das Bênçãos. 2. Livro Litúrgico que contém de forma detalhada a doutrina da Igreja referente às diversas circunstâncias sacramental sobre a Bênção.
  18. • Bendito: 1. Referente a aquilo que foi abençoado. 2. Aquele ou aquela que foi abençoada por Deus ou Jesus, ainda pelo Padre, Bispo, Papa etc. 3. Que é abençoado. 4. De índole boa, bondoso, bom. 5. É aquele ou aquela que louva a Deus ou Jesus.
  19. • Bendito Seja: 1. Ato de glorificar Aquele que veio em nome do Senhor (Jesus). 2. Abençoado. 3. Referência à uma pessoa que é abençoada, que só faz o bem, generoso etc. 4. Ter Deus, Jesus, Nossa Senhora e São José no coração com a bênção do Espírito Santo. 5. Maria, mãe de Jesus, quanto a concepção.
  20. •  Bendizer - Vide "Bênção".

  1. • Benedictus: 1. Bendito. 2. Tradução do hebraico para o latim do cântico entoado por Zacarias quando seu filho João (Batista) nasceu. Este é apresentado no Evangelho de Lucas. 3. Parte da missa que é iniciada com esta palavra em oração à ação de graças. Esta poderá ser recitada ou cantada. 4. Trata-se também da segunda parte do "Sanctus" da Missa.
  2. • Beneditinos: 1. Termo que identifica a ordem religiosa fundada por São Benedito. 2. Aqueles ou aquelas que seguem as orientações e regras proclamadas por São Benedito. 3. Dessa ordem saíram mais de quarenta Monges que foram eleitos Papas.
  3. • Benção: 1. Ato de transmitir energia positiva através da imposição sobre a cabeça do abençoado. 2. Ato de fazer o Sinal da Cruz em direção de uma ou mais pessoas, ou ainda, em direção ao espectador em programas de televisão, vídeo etc. 3. Ato ou efeito de Benzer. 4. Ato de abençoar uma pessoa, animal ou objeto com o Sinal da Cruz, para que estes recebam a graça e a proteção de Deus Pai e Deus Filho. 4. Graça concedida por Deus Pai ou Deus Filho 5. Forma de agradecimento a uma graça recebida.
  4. • Benzer: 1. Ato de invocar a graça divina impondo as mãos sobre a cabeça do abençoado ou pelo Sinal da Cruz em direção do agraciado.
  5. • Benzido: 1. O mesmo que "Bento".
  6. • Beraká: 1. No Antigo Testamento e nos Salmos trata-se de uma bênção e louvação ou oração para a louvação, ou ainda, de ação de graças.
  7. • Bíblia: 1. Livros. 2. Formada por 73 Livros Sagrados (Escritos), sendo: 46 do A.T. e 27 do N.T. 3. O Antigo Testamento é anterior ao nascimento de Jesus Cristo. 4. O Novo Testamento foi escrito após a morte de Jesus Cristo pelos seus Discípulos. Vide: "Cânon", "Deuterocanônico", "Escritos", "Inspiração" e "Septuagina". 5. Escrituras Sagradas do Antigo e Novo Testamento.
  8. • Bíblico: 1. Relativo à Bíblia. 2. Tema ou assunto constante na Bíblia.
  9. • Bispado: 1. Relativo à Bíblia. 2. Tema ou assunto constante na Bíblia.
  10. • Bispo: 1. Eclesiástico, que por designação papal ou por outro eclesiástico superior com autoridade para este ato; tem plenitude do sacerdócio. 2. Este tem o poder de realizar os sacramentos da ordem e de confirmação. 3. Consagrado que administra uma diocese. 4. Administrador espiritual. 5. Este está subordinado diretamente ao Arcebispo e ao Papa. 6. Administrador Espiritual; Inspetor; Superintendente; Vigilante. 7. De acordo com o Direito Canônico são os sucessores dos Apóstolos. 8. Os Bispos são autorizados a ordenar Diáconos, Padres e até outros Bispos.
  11. • Bispo Auxiliar: 1. Bispo que foi designado por um Bispo superior de uma diocese para exercer a função de seu auxiliar.
  12. • Bispo-Cardeal: 1. Bispo que adquiriu o direito de eleger o Papa durante o Concílio de 1059. 2. O mesmo que: "Cardeal". 3. Em Portugal, da Idade Média, Bispo que administrava a primitiva diocese.
  13. • Bispo Coadjutor: 1. Bispo que substitui um titular de uma diocese quando esse último, por diversos motivos, como saúde fragilizada, não pode exercer sua função adequadamente. 2. O titular geralmente não é destituído do cargo, mas quem administra é o coadjutor, até que o substituto se recupere.
  14. • Blasfemador(a): 1. Aquele ou aquela que profere blasfêmia.
  15. • Blasfemo: 1. Aquele ou aquela que profere blasfêmia.
  16. • Bodas: 1. "Casamento" de Deus com o ser humano e vice-versa. 2. Banquete de Deus com o ser humano. 3. Casamento entre um homem e uma mulher. 4. União matrimonial, religiosa e espiritual. 5. Por extensão, compromisso assumido. 6. Festa de casamento. 7. Núpcias. 8. Voto feito por uma mulher ao se consagrar à vida religiosa e ao se tornar freira. 9. Casamento com Deus e Jesus.
  17. • Bodas de Canaã - Vide "Bodas de Caná"
  18. • Bodas de Caná: 1. Ou Canaã. Trata-se de uma localidade da Galileia 2. Festa de casamento (Jo 2,11) em que foram convidados Maria, Jesus e seus discípulos. Nesta festa o vinho acabou e Maria, Mãe de Jesus, ao saber o procurou e naquele momento ocorreu o milagre do vinho e a primeira manifestação da divindade de Jesus.
  19. • Bolandistas: 1. Grupo de estudos da vida e história dos Santos (Hagiografia), que era formado por jesuítas e foi iniciado provavelmente no final do século XVII. 2. Era e é um trabalho intenso, crítico e minucioso.
  20. • Bom Pastor: 1. Aquele que guia seu rebanho pelos bons caminhos e bons pastos, ou seja, os caminhos de Deus e Jesus. 2. Título aplicado a Deus no Antigo Testamento. 3. Também passou a ser utilizado para identificar Jesus e suas lições por meio de parábolas, pois todas são indicação para o bom caminho.

  1. • Bom Samaritano: 1. Parábola (Lc 10,29) contada por Jesus.
  2. • Braço: 1. Ação de Deus e ou Jesus durante as realizações e milagres usando os braços, mãos e os dedos. 2. Símbolo de amor, justiça, proteção, ajuda, socorro, da Criação, julgamento etc. 3. Vide: "Dedo de Deus" e "Mão".
  3. • Braço do Senhor: 1. Imagem textual que está associada à salvação de Deus dirigida aos seres humanos.
  4. • Branco: 1. Sinal de paz. 2. Luz que clareia ou ilumina. 3. Luz eterna. 4. Salvação. 5. Identifica a pureza dos Anjos, Querubins e Arcanjos.
  5. • Breviário: 1. Nome que identificava e identifica o livro(s) que contenha(m) a oração oficial, ofício divino, da Igreja para santificar a(s) hora(s) e até o dia. 2. Também recebe outras denominação, são elas: "Liturgia das Horas" ou "Ofício Divino".
  6. • Bula: 1. Trata-se de um documento de extrema importância, qualidade e solene que é expedido pelo Papa, quando recebe o selo oficial ou selo pontifício. 2. Poderá também ser uma carta aberta do Papa com o selo oficial. 3. Em qualquer um dos casos poderá conter orientação(ões), ordem(ns), concessão(ões) de benefício(s), permissão(ões) etc.
  7. • Bursa: 1. Está fora de uso, trata-se de um saco ou estojo rijo, geralmente na forma quadrada, quadrangular, onde era armazenado (guardado) o "Corporal". Este tinha a cor litúrgica específica da época do Ano Litúrgico.

Voltar para o conteúdo