Apóstolos - VivaJesusBr

Santos Arcanjos, Gabriel, Miguel e Rafael sejam nossos guias!
Estamos a 17 anos evangelizando! Obrigado!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2019, novidades!
Ir para o conteúdo
Apóstolos > Apóstolos-I
Por: Vivaldo Armelin Júnior

Apóstolos - Mortes

Set./19

• Segundo a Tradição os Apóstolos morreram ou foram mortos (martirizados) após severa perseguição. Desses apenas Tiago Maior, foi apedrejado ou degolado, foi citado na Bíblia, novo testamento. João o único que teve morte natural. Todos, no entanto, se entregaram a serviço de Deus, sem nada desejarem para si.
Tiago Maior: Foi morto, degolado ou apedrejado, em Jerusalém, após pregar em praça pública, preso e condenado. Paulo teria participado do martírio, mas segundo a tradição sua participação foi apenas como observador.
Mateus: Foi preso, condenado e pela espada foi martirizado, em uma cidade da Etiópia.
Lucas Tadeu: Foi enforcado na Grécia.
Tiago Menor: Sua morte seguiu dois passos, lançado de uma torre do templo, em Jerusalém, já no solo recebeu bordoadas para garantir sua morte.
Marcos: A violência contra os Apóstolos e seguidores de Jesus Cristo continuou, Marcos foi arrastado pelas ruas de Alexandria, Egito, até a morte, provavelmente arrastado por cavalos em velocidade.
João: A primeira tentativa de matá-lo foi após a condenação à morte em uma caldeira de azeite fervendo, mas não deu resultado, pois milagrosamente saiu ileso, quando foi liberado. Foi morrer em Éfeso, Ásia Menor, de morte natural.
Pedro: Foi crucificado, pendurado de cabeça para baixo, após prisão e condenação, o imperador era Nero, na época havia muita perseguição. Segundo a Tradição foi o próprio Pedro que solicitou que fosse crucificado de ponta cabeça, pois não era digno de morrer como Jesus.
Paulo: Nero foi quem condenou Paulo à morte por decapitação. Foi martirizado em Roma.
Bartolomeu: Foi, segundo a Tradição, morto por esfolamento, para variar após perseguição por parte de um rei cruel. Não localizamos o país.
Felipe: Sua morte, martirizado por enforcamento, em Hierápolis, Frígia, Ásia Menor.
André: Mais uma morte por crucificação, o curioso e que deve ter deixado os seus perseguidores furiosos, mesmo crucificado continuou a pregar. Provavelmente morreu em Cítia, ao norte do Mar Negro, ou ainda, uma segunda hipótese, em Patras

• ORAÇÂO •

Ladainha a Santo André

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.

Deus Pai, tende piedade de nós.
Deus Filho, Redentor do Mundo, tende piedade de nós.
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, rogai por nós.

Santo André, rogai por nós.
Ilustre descendente de Davi, rogai por nós.
Primeiro Apóstolo, rogai por nós.
Irmão de Pedro, rogai por nós.
Vós que levastes Pedro a Jesus, rogai por nós.
Insigne defensor de Cristo, rogai por nós.
André justíssimo, rogai por nós.
André casticismo, rogai por nós.
André prudentíssimo, rogai por nós.
André fortíssimo, rogai por nós.
André obedientíssimo, rogai por nós.
André fidelíssimo, rogai por nós.
Amador da pobreza, rogai por nós.
Amparo das famílias, rogai por nós.
Alívio dos infelizes, rogai por nós.
Esperança dos enfermos, rogai por nós.
Padroeiro dos pescadores, rogai por nós.
Terror dos demônios, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Oremos:
Ó Deus, que, por uma infalível providência, Vos dignastes escolher o bem-aventurado Santo André para ser o primeiro discípulo do vosso Filho, concedei-nos que aquele mesmo que na terra veneramos como protetor, mereçamos tê-lo no Céu, como intercessor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos.
Amém.

São Bartolomeu

• Bartolomeu foi apresentado a Jesus por Felipe. Após a morte de Jesus e o seu aparecimento para os Apóstolos, Bartolomeu (Natanael) foi evangelizar na Arábia, Pérsia e, mais tarde na Índia e Armênia. Na Armênia pode converter muita gente nobre,  humilde e até o rei e sua família. São poucas as informações sobre esse Apóstolo de Jesus.
• Provavelmente seu nome era Natanael Bartolomeu, segundo alguns estudiosos, natural de Canã, Galiléia. Foi apresentado à Jesus por Felipe. Existem suposições que dizem ser irmão deste, mas não há nenhuma prova.
• Por estas conversões foi perseguido pelos sacerdotes politeístas defensores das divindades gregas.
• Após ser preso, estes mandaram martirizá-lo arrancando a sua pele e em seguida o decapitando, mas a tradição católica diz que ele foi crucificado de cabeça para baixo a seu próprio pedido. Nenhuma das informações tem ainda confirmação.

• ORAÇÂO •

• Brilhando entre os apóstolos, do céu nos esplendores, Bartolomeu atende pedidos e louvores! Ao ver-te, o Nazareno te amou com grande afeto, sentindo num relance teu coração tão reto. Messias esboçado no Antigo Testamento a ti se manifesta na luz desse momento. E tanto a ti se une em íntima aliança, que a ti manda o martírio, a cruz que o céu alcança. Tu pregas o Evangelho, proclamas o homem novo: se o Mestre é tua vida, das vida à todo o povo. Ao Cristo celebramos, por toda a nossa vida, pois leva-nos à Pátria, à Terra Prometida.

São Felipe

• Natural de Betsaída. Jesus encontrou com Felipe em Betânia quando o convidou para segui-lo. Aparece na Sagrada Escritura apenas no Evangelho de João. Foi talvez o único a ser convidado individualmente, pois os demais foram convidados por Jesus em pares.
Foi Felipe quem procurou a Jesus para perguntar como iriam alimentar as mais de cinco mil pessoas que o seguiam, sua preocupação é natural de um Apóstolo, pois aquelas pessoas são seus "irmãos", não de carne, mas de Fé.
• Divulgou o Evangelho para outros povos e por falar fluentemente o grego pode ter maior contato com este povo.
• Viajou para o Egito, Etiópia, França, Ásia Menor, depois para Grécia, mas nenhumas dessas informações tem confirmação por parte de historiadores e pesquisadores.

• ORAÇÂO •

• Santo e Apóstolo fiel a Jesus Cristo, intercedei junto ao Pai e a seu Único Filho, Jesus para atender ao pedido deste mortal pecador.. (fazer pedidos). Agradeço do fundo do meu coração.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São João

• Irmão de Tiago, filho de Zebedeu, segundo relatado no Evangelho de Marcos e autor do último dos quatro Evangelhos, mais três Epístolas e o Apocalipse. Os irmãos eram empregados de seu pai. Segundo a própria Bíblia João e seu irmão foram discípulos de João Batista.
• Estavam João e Tiago, seu irmão, consertando as redes quando Jesus chegou e os orientou para entrarem no barco e no meio do lago lançar a rede. Resultado a rede precisou ser puxada com muita força, pois estava cheia de peixes. Esse milagre foi o impulso que faltava para os irmãos se tornarem discípulos de Jesus.
• João foi o único Apóstolo que presenciou a crucificação e a ele Jesus entregou sua Mãe. Dos discípulos foi o primeiro a chegar ao túmulo vazio de Jesus após a ressurreição, mas deixou que Pedro entrasse primeiro.
• Foi o responsável pela escrita do quarto Evangelho, das Cartas e o Apocalipse.
• Levou a palavra de Deus a várias regiões da palestina, mas segundo a tradição católica foi em Éfero que permaneceu mais tempo após a morte de Jesus, pois cuidava de Maria, a Mãe Santíssima. Dizem que ele esteve presente ao lado de Maria até a sua morte.
• Anos mais tarde foi preso e levado para Roma, onde foi julgado e condenado ao exílio. Foi então transferido para as Ilhas Patmos, local onde viveu por muitos anos até a sua morte. Seu corpo foi transferido para Éfeso para que pudesse ser sepultado.

• ORAÇÂO •

• Santo e Apóstolo fiel a Jesus Cristo, intercedei junto ao Pai e a seu Único Filho, Jesus para atender ao pedido deste mortal pecador.. (fazer pedidos). Agradeço do fundo do meu coração.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

Judas Iscariotes

• Nasceu provavelmente em Queriote, Judéia. Era filho de Simão. Segundo historiadores, este Apóstolo era o tesoureiro do grupo e provavelmente de origem palestina. Foi um dos que Jesus escolheu, mas na Bíblia não há o registro sobre o momento do convite.
• Segundo pesquisas mais recentes há informação que Judas foi uma pessoa importante para o grupo, antes é claro de trair Jesus, pois era companheiro e dedicado, mas segundo relatos de João, na Bíblia (Jo 12 - 5), era extremamente materialista.
• Durante a Santa Ceia Jesus diz a suas discípulos que um o trairá e Judas pergunta se é ele, quando Jesus confirma. Judas sai, mas os demais não entendem o que está acontecendo.
• Não se sabe até hoje os verdadeiros motivos que levaram Judas a trair Jesus.
• Judas "vende" Jesus por 30 moedas de prata e um beijo, mas se arrepende e tenta devolver o dinheiro aos Sacerdotes. Estes recusam e dão continuidade à prisão de Jesus. Arrependido devolve as moedas, mas não impede a prisão de Jesus, quando foge e se enforca numa árvore.

São Judas Tadeu

• Provavelmente era filho de Tiago.
• Durante algum tempo este Apóstolo foi confundido com o outro Judas (o Iscariotes), mas para não haver confusão João (Jo 14 - 22) o descrevia como Judas, não o Iscariotes. Esse recurso é usado para identificar outras pessoas também chamadas Judas, como Judas, o irmãos de Jesus; Judas o Galileu. Essa identificação permite que não se confunda com o Judas Iscariotes, mas mesmo assim houve confusão.
• Autor da Epístola que leva o seu nome.
• É considerado o Santo dos aflitos, desesperados e das causas sem solução.
• Ele é natural da Galiléia, filho de Cleófas (ou Alfeu) e Maria, prima de Maria a mãe de Jesus.
• Foi um dos escolhidos pessoalmente por Jesus.
• Testemunhou várias milagres de Jesus, como as curas, expulsão de demônios...
• Após a morte de Jesus teria ido pregar na Mesopotâmia, em Abgar, depois Suanir, na Pérsia, onde segundo a tradição católica foi assassinado a base de pedradas e pauladas.

• ORAÇÂO •

• São Judas Tadeu, glorioso apóstolo, fiel servo e amigo de Jesus, o nome do traidor foi a causa de que fôsseis esquecido por muitos, mas a Igreja vos honra e invoca universalmente como patrono nos casos desesperados, nos negócios sem remédios.
• Rogai por mim que sou um miserável. Fazei uso, eu vos imploro, desse particular privilégio que vos foi concedido, de trazer viável e imediato auxílio, onde o socorro desapareceu quase por completo.
• Assisti-me nesta grande necessidade, para que eu possa receber as consolações e auxílios do Céu em todas as minhas precisões, atribulações e sofrimentos, alcançando-me a graça de (aqui se faz o pedido particular), e para que eu possa louvar a Deus convosco e com todos os eleitos, por toda eternidade.
• Eu vos prometo, ó Bendito Judas Tadeu, lembrar-me deste grande favor e nunca deixar de vos honrar como meu especial e poderoso patrono, e fazer de tudo o que estiver ao meu alcance para incentivar a devoção para convosco. Amém. São Judas Tadeu, rogai por nós e por todos os que vos honram e invocam vosso auxílio.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Mateus

• Mateus provavelmente nasceu na Palestina, natural de Carfanaum. O seu verdadeiro  nome tenha sido Levi, pois Lucas em seus escritos algumas vezes o trata assim (Lu 5, 27-29), fato que levou muitos estudiosos a aprofundar as suas pesquisas a esse respeito e praticamente confirmar essa hipótese, mas existem outros que acreditam que Levi é um apelido do Apóstolo.
• Trabalhava como cobrador de impostos para os romanos. Uma profissão considerada indigna para os judeus, pois eram compatriotas trabalhando para os romanos, ou melhor, explorando a população para os romanos.Vale lembrar que o Império Romano cobrava todo tipo de impostos dos povos dominados.
• Essa profissão exigia conhecimento e domínio da leitura e da escrita. Eram conhecidos como publicanos.
• Mateus estava sentado recebendo os impostos, quando Jesus passa ao lado dele, o vê e diz: "Segue-me!" De imediato ele se levanta e passa a seguir Jesus, para o espanto de seus colegas de trabalho.
• Em comemoração oferece em sua casa um banquete, quando Jesus é indagado por alguns convidados, que dizem: "Como pode sentar-se com publicanos e pecadores". Jesus responde: "Não são os que tem saúde que precisam de médico, e sim os doentes... Com certeza eu não vim chamar os justos, mas os pecadores."
• Responsável pela escrita do primeiro dos quatro Evangelho.
• Não existem informações precisas e confiáveis sobre Mateus após Pentecostes. Algumas suspeitas conduzem a Ásia e outras para a Etiópia, região onde teria sido martirizado.

• ORAÇÂO •

• São Mateus, intercedei junto ao Deus Pai e a Deus Filho para que eles nos segurem e nos protejam com tuas Mãos divinas e derramai sobre nós todos a Vossa Misericórdia.
• São Mateus, Apóstolo e amigo de Jesus em vida, companheiro na luta pela evangelização depois de Sua morte Obrigado por sua ajuda.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Pedro

• Nasceu em Betsaida, na Galiléia, Filho de Jonas. Pedro era pescador e foi casado. Trabalhava com seu irmão André, mais Tiago e João, pois possuía uma pequena frota de barcos pesqueiros.
• Provavelmente o Apóstolo mais próximo de Jesus e escolhido para ser a estrutura de  sua Igreja.
• É considerado o primeiro Papa da Igreja.
• Seu nome real é Simão Pedro, mas Jesus o denomina de "Cefas" (pedra). Quando o texto foi traduzido para o grego usou-se a palavra Pedro (pedra em grego).
• Morre crucificado de cabeça para baixo provavelmente entre os anos 64 e 68 d.C., e enterrado numa região próxima ao atual Vaticano.
• Em, Atos dos Apóstolos, há uma descrição bem detalhada sobre a atuação deste Apóstolo e é ele que integra ao grupo, em substituição a Judas Iscariotes, Matias. Juntamente com João foram os primeiros a realizar um milagre após Pentecostes.
• Viajou para Antioquia, Corinto, entre outras localidades do Oriente Médio e Ásia. Não há certeza, mas poderia ter pregado em Roma, mesmo porque a Basílica em Roma, que leva o seu nome, foi, segundo a tradição católica, construída sobre o seu túmulo. Durante escavações e estudos mais recentes, bem como escritos, tendem a confirmar essa tradição, fato que é bem aceito pela Igreja Mãe.
• Foi também responsável pela convocação do primeiro concilio dos Apóstolos.

• ORAÇÂO •

• Ó glorioso São Pedro, Príncipe dos Apóstolos, a quem o Senhor Jesus escolheu para ser o fundamento de sua Igreja, entregou as chaves do Reino dos Céus e constituiu pastor universal de todos os fiéis, queremos ser sempre vossos súditos e filhos.
• Confiantes na Palavra do Senhor que vos disse: "Tudo que ligares na terra será ligado nos céus" e no encargo que vos deu de confirmar os irmãos na fé, concedei-nos a graça de, diante da diversidade das opiniões dos homens, saber como vós professar com firmeza nossa fé em Cristo, filho de Deus, e permanecer naquele amor a Jesus, que por três vezes proclamastes após a ressurreição.
• Dai-nos que, fiéis aos ensinamentos do evangelho, permaneçamos unidos no rebanho do Senhor, confiado à vossa guarda, e no amor do Santo Padre, vosso legítimo sucessor, a fim de que, após o tempo desta vida, possamos nos unir para sempre à Igreja triunfante no céu. Amém!

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Simão

• Natural da Galícia. Mateus se referia a ele como Simão, o Cananeu e, Lucas - Simão, o Zelote. Possivelmente fez parte do grupo que lutava com violência, os zelotes, contra a dominação romana, mas esta informação não tem nenhuma confirmação material.
• É bem provável que tenha sido convidado a fazer parte do grupo junto com André e Pedro, pois não existe uma descrição mais precisa no Novo Testamento sobre esse fato.
• Pregou a Fé Cristã no Egito, Chipre, Mauritânia e outros países da África, Espanha até chegar às Ilhas Britânicas.
• Foi martirizado por ordem do Imperador Trajano, quando tinha 120 anos, em 107 d.C.

• ORAÇÂO •

• Um hino a vós, apóstolos, de júbilo e vitória.
• Unidos pela graça, também sois na glória. Simão, ardente impulso  levou-te a palmilhar  os passos de Jesus,  e o nome seu pregar.
• De Cristo em carne e espírito,  irmão e servo, ó Judas,  pregando e escrevendo  aos teus irmãos ajudas.
• Sois vítima e testemunha da fé que proclamastes.
• Provando-lhe a verdade, o sangue derramastes.
• Ó astros luminosos, ao céu todos guiai; por ásperos caminhos, inteira a fé guardai.
• Ao Pai, ao Filho, ao Espírito a honra e o louvor.
• Possamos para sempre gozar do seu amor.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Tiago Maior

• Filho de Zebedeu e irmão de João.
• Foi o primeiro Apóstolo a seguir Jesus, abandonando tudo quando era discípulo de João Batista, pedindo para conhecer onde Jesus morava e também o primeiro a ser martirizado entre os Apóstolos.
• Ao lado de Pedro e João formavam o grupo de discípulos mais próximos de Jesus.
• São os três que são chamados e sobem com Jesus ao monte onde ocorre a transfiguração de Jesus para receber Elias e Moises.
• Também o acompanham quando Jesus vai orar no Monte das Oliveiras, pouco antes de ser preso, e adormecem.
• Foi martirizado entre os anos de 41 e 44, por ordem do rei Herodez Agripa (neto do primeiro rei Herodes, aquele que mandou matar as crianças tentando matar Jesus), quando teria retornado para Israel e teria sido preso, ferido e morto decapitado. Segundo a tradição Tiago foi enterrado em Santiago de Compostela, na Espanha, pois ele teria passado boa parte de sua vida evangelizando naquela região.

• ORAÇÂO •

• Ó Senhor, peço-Vos perdão por todas as vezes em que fui incrédulo e não permiti que Vossa mão poderosa conduzisse minha vida.
• Agora meu Jesus, pelo exemplo de São Tiago, coloco-me aos Vossos pés e clamo com todo o meu amor e devoção:
• São Tiago, rogai por mim, um pecador, agora e sempre.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Tiago Menor

• Nasceu em Jerusalém e era filho de Alfeu. São poucas as informações sobre a vida desse Apóstolo, apenas Mateus e Lucas (Mt 10.3; Lc 6.15) fazem pequena referência sobre ele. Não se tem confirmação, mas existe a possibilidade de Tiago Menor ser irmão de Mateus pela coincidência com o nome do pai, Alfeu (Mc 2.14), no entanto essa hipótese não tem nenhum aparo vivo e real.
• Peregrinou divulgando a palavra de Jesus, mas infelizmente não existem muitas informações sobre ele na Bíblia.
• A hipótese de sua morte conduz a informações que indicam para a sua martirização na cruz quando pregava na Pérsia, mas não há concretamente uma confirmação sobre esses fatos.

• ORAÇÂO •

• Deus, nosso Pai, São Tiago nos advertiu contra a intemperança em nosso modo de falar, pois é através da linguagem que construímos ou destruímos nossas relações com o próximo, criando inimizades, rixas e sofrimentos. Nossas palavras sejam respeitosas, prudentes, verazes e edificantes. Saibamos discernir entre a verdade e a mentira; não enganemos a ninguém, tampouco nos deixemos enganar por demagogos que se servem da palavra para defender seus interesses. Não nos calemos diante das injustiças; expulsai de nós "os demônios do medo disfarçados em silêncio, ortodoxia, disciplina, prudência, prestígio, segurança". Enfim, Senhor, saibamos ouvir a Palavra do Evangelho e colocá-la em prática, deixando que ela nos converta e nos faça instrumentos do Reino.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Tomé

• Natural da Galiléia.
• Trata-se do Apóstolo que por não estar presente, não ter presenciando a primeira aparição de Jesus aos seus discípulos, quando foi informado pelos companheiros não acreditou afirmando que só acreditará se pudesse ver e tocar as chagas. Oito dias depois Jesus volta a aparecer aos seus discípulos e Tomé passa a acreditar.
• Foi também um grande divulgador das doutrinas deixadas por Jesus Cristo.
• Viajou principalmente pelo Oriente levando as palavras de Deus e de Jesus, mais precisamente na Índia, onde teria sido preso e martirizado. Supostamente foi morto naquele país, em Mylapore (hoje subúrbio de Madrasta). Seu nome aparece no nome da Igreja do Mestre Tomé.

• ORAÇÂO •

• Ó Senhor, peço-Vos perdão por todas as vezes em que fui incrédulo e não permiti que Vossa mão poderosa conduzisse minha vida. Agora meu Jesus, pelo exemplo de São Tomé, coloco-me aos Vossos pés e clamo com todo o meu amor e devoção:
• “Meu Senhor e meu Deus!”
• São Tomé, rogai por mim, agora e sempre.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

Santa Madalena

 Evangelho de São João (8,2-3)
Santa Madalena
• Nasceu em Magdala, Galiléia, em data não identificada por nós. Pouco se sabe sobre Maria Madalena, pois existe sim muita especulação em torno de seu nome, mas nada de concreto. Muitos dos estudiosos que fizeram ou fazem algum estudo sobre esta personagem, que viveu ao lado de Jesus, são inconclusivos e de pouca profundidade. Muita informação vem dos chamados textos apócrifos, material que a Igreja também usa para suas pesquisas, mas que são interpretados a revelia por muitos estudiosos no afã do sucesso.
• Lucas diz que algumas mulheres libertadas de demônios ou doenças seguiam a Jesus (Lc 8, 1-3), mas em momento algum deixa entender que ela era prostituta. No capítulo anterior (Lc 7, 36-50) o próprio Lucas descreve uma passagem onde uma pecadora lava os pés de Jesus e é perdoada, fato que foi associado a Maria Madalena, no entanto não há neste relato a identificação do nome de Maria Madalena, portanto provavelmente pode haver um grande engano em afirmar que ela era uma prostituta, mesmo porque a própria Igreja já admitiu essa confusão.
• Maria Madalena seguiu Jesus por toda a sua vida, foi quem ao lado de Maria (Nossa Senhora), a irmã de Maria e Maria esposa de Cléofas, presenciou a crucificação de Jesus Cristo. Foi uma das pessoas que evangelizou e pregou as palavras de Jesus. Ela também é responsável pelo Evangelho apócrifo (não reconhecido pela Igreja), antigamente denominados "Não Canônicos", "Contestados" ou "Livros que não podem ser lidos na Igreja". Alguns textos apócrifos afirmam que Jesus foi casado com Maria Madalena, no entanto são textos escritos após o século um e dois.
• Quando da Ressurreição foi a primeira pessoa a testemunhá-la no momento que fora visitar o túmulo de Jesus. Ele apareceu para ela e pediu-lhe que anunciasse a boa nova, o Senhor Ressuscitara.
• Faleceu provavelmente em Éfeso, no séc. I, local onde, também provavelmente morou Maria (Santíssima) e João (Apóstolo).
1 Depois disso, andava Jesus por várias cidade e aldeia pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus; 2 e iam com ele os Doze, bem como algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios. 3 Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes; Susana, e muitas outras que os serviam com os seus bens.”
 
Importante:
• Este texto aponta Maria Madalena como uma mulher possuída por maus espíritos e que pela ação de Jesus sobre eles, quando foi liberta. É ainda destacado pelo Evangelista João que dela saíram sete demônios.
• Essa descrição confirma que Maria Madalena era sim possuída por espíritos malignos, porém após ser liberta passa a seguir Jesus e se torna uma figura importante na evangelização.
• Na Bíblia, Novo Testamento, aparecem várias mulheres com o nome Maria, nome comum naquela época, como ainda hoje é muito comum no Brasil.
• Vários estudiosos leigos e religiosos estão pondo em cheque a afirmação de que esta Santa também era prostituta e afirmam que pode ter havido um erro de interpretação ou confusão entre os nomes.
• O então Papa João Paulo II, hoje Santo, chegou a afirmar que até poderia ser verdade, pois são homens que interpretam as escrituras, mas que seriam necessários mais estudos para modificar inclusive informações que vem da Tradição Católica.
• Portanto, não há como afirmar que Maria Madalena não era prostituta, mas sim uma possuída por espíritos malignos.

• ORAÇÂO •

• Senhor, que, na vossa infinita bondade, quisestes que Maria Madalena fosse a primeira a receber do vosso Filho a missão de anunciar a alegria pascal, concedei-nos, por sua intercessão, que, seguindo o seu exemplo, anunciemos a Cristo ressuscitado e O contemplemos no reino da glória.
• Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Matias

• Judas Iscariotes por ter se arrependido e se enforcou abriu uma vaga entre os Apóstolos de Jesus. Esse fato fez com que o grupo de Apóstolos reduzisse para onze. Foi quando Mateus sugeriu o ingresso de um novo Apóstolo, esse era Matias (At 1.15-22).
• Para a escolha haviam dois nomes, José, o Justo e Matias, apenas um teria que ser escolhido, por essa razão resolvera (os Apóstolos) lançar sorte e Matias foi o agraciado.
• Não se tem nenhuma informação sobre o ministério desse décimo terceiro Apóstolo e mesmo a Bíblia nada cita. Algumas informações oriundas da tradição católica e de outros documentos indicam que ele faleceu apedrejado e depois decapitado, provavelmente e segundo estudos mais recentes Colchis, região costeira do Mar Negro, na Ibéria.

• ORAÇÂO •

• Senhor, que escolhestes São Matias para tomar parte no ministério dos Apóstolos, concedei, por sua intercessão, que nos alegremos sempre no vosso amor e sejamos um dia contados entre os vossos eleitos.
• Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

São Paulo

• Nasceu em Tarso, Cilícia, atual Turquia, no ano 10, séc. I. Essa cidade era um importante porto. Seu nome de nascimento era Saulo.
• Seu pai provavelmente era romano ou tinha algum familiar direto que o era, por essa razão Paulo era considerado cidadão romano, mas é preciso destacar que ele possuía ascendência judaica. Paulo era fariseu e filho de um.
• Era um grande perseguidor dos judeus cristãos, uma pessoa violenta e com muito ódio, fato que nunca se perdoou. A violência era tanta a ponto de Paulo invadir  residências e arrastar para fora também mulheres e crianças. No entanto a gr4ande perseguição aos cristãos fez apenas aumentar o número de fieis.
• Paulo parte para Damasco com o objetivo de acabem com os devotos de Jesus. Portava documento que o autorizava prender e transferir para Jerusalém todo acusado de ser cristão, fosse homem, mulher ou criança. Durante a caminhada, quase em Damasco, ouviu uma voz que o questionava:
— Eu sou Jesus, a quem tu persegues.

•Assustado Paulo cai ao chão e atônito continua ouvindo aquela voz:
— Levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que deve te convier fazer"

• Paulo passa a não enxergar e precisa ser conduzido por um auxiliar. Foram três dias sem nada enxergar e também não comer ou beber. Na cidade foi orientado a procurar uma tal Ananias, um discípulo de Jesus em Damasco. Em oração Ananias faz a conversão de Paulo e foi quando um novo milagre aconteceu, Paulo voltou a enxergar.
• Foi também naquela cidade que Paulo passou a testemunhar a sua Fé. Passou a pregar que Jesus era verdadeiramente o Filho de Deus. Teve grande dificuldade de se desfazer da imagem de perseguidor dos cristãos, pois as pessoas não confiavam nele. A desconfiança era tão grande a ponto de alguns acharem que era uma armadilha.
• A suspeita não era apenas dos fieis e discípulos, mas ele passou a ser odiado pelos perseguidores de Jesus. Parte de Damasco para a Arábia e depois de algum tempo retorna a Damasco, pois acreditava que lá poderia levar a palavra de Jesus. Aconteceu que as pessoas não haviam se esquecido de quem ele fora um dia. Houve até ameaça a sua integridade física e a própria vida.
• Retorna a Jerusalém, mas sua imagem era a mesma do povo que vivia em Damasco, desconfiança por parte dos cristãos e ódio por parte de seus ex-companheiros. Essa perseguição faz com que Paulo sinta na pele o que praticava e então foge de Jerusalém. Na fuga decidiu se afastar do convívio com a sociedade e passou a meditar, escondido, sobre a vida de Cristo, oportunidade que lhe permitiu o amadurecimento de suas convicções cristãs e religiosas.
• Passaram alguns anos quando Paulo é procurado por Barnabé, em Tarso. Barnabé já o conhecia desde Jerusalém.
• Foram juntos a Antioquia para prestar assistência a Cristãos que passavam fome. Juntos fizeram um grande trabalho de apoio e Fé. Acabada a missão retornaram, mas agora acompanhados de um sobrinho de Barnabé chamado de João.
• Vendo seu trabalho junto aos famintos a Igreja de Antioquia resolveu enviá-los para uma missão. Partem em viagem, quando embarcaram em um navio. Durante a viagem a embarcação fez uma parada em Salamina, na Ilha de Chipre, local onde nasceu Barnabé. O comando da missão era de Barnabé, Paulo era o segundo e João um auxiliar.
• Acompanhou por longo tempo Barnabé e com ele aprendeu e experienciou pregações e conversões.
• Paulo passou a assessorar os convertidos para que não se desorganizassem. Percorre todo o caminho feito em conjunto com Barnabé para fortalecer os laços da Igreja.
• Novamente juntos Paulo e Barnabé, agora sem a presença de João que abandonara o grupo, retornam a Jerusalém. Logo após retornaram para Antioquia e foi naquela localidade que Paulo, Pedro e barnabé se desentendem. Desse fato ocorreu a separação de Paulo e Barnabé. Paulo então escolheu Silas como auxiliar. Em Listra Paulo encontrou um substituto para João, era um jovem chamado Timóteo.
• Paulo viajou pelo Oriente, passando por diversos povos e nações. Na Europa passou por Atenas e Corinto.
• Três anos depois retorna para Antioquia para garantir a obediência às palavras de Jesus. Passou por Éfeso, Derbe, Listra, Icônio... Para não perder o contato com os povos convertidos e as congregações criadas por ele, Barnabé e Pedro, escrevia cartas se informando e orientando-os. Paulo realizou muitos milagres em nome de Deus Pai e do Deus Filho, Jesus. Conforme aumentava o número de seguidores, também aumentavam o número de descontentes e perseguidores, em sua maioria adoradores de ídolos e deuses pagãos.
• Quando retornou a Jerusalém foi preso e falsamente acusado. No cárcere confidenciou ao tribuno que era um cidadão romano. Imediatamente este o soltou e o conduziu ao Sinédrio para ser inquirido. Durante o interrogatório Paulo consegue convencer o Sinédrio da ameaça a sua vida, por essa razão foi conduzido às escondidas para Cesaréia, mais precisamente para o palácio de Herodes, onde permaneceu preso por dois anos.
• Com a chegada de seus acusadores Paulo mais uma vez usou dos privilégios de ser um cidadão romano. Então seu caso foi levado a César. Foi então embarcado para Roma como prisioneiro, mas cidadão romano. Aconteceu que durante a viagem o navio sofre avalias sérias e é obrigado a aportar na Ilha de Malta. Lá permaneceram durante três meses até que outra embarcação os levassem para Roma. Junto com Paulo haviam outros presos.
• A chegada em Roma foi surpreendente, pois os cristãos daquela cidade vieram para desejar boas vindas a Paulo. Paulo então é colocado em prisão domiciliar, direito de todo cidadão romano que não tivesse cometido um grave crime. Paulo alugou uma casa enquanto aguardava o momento de ser ouvido por César.
• Não se sabe qual o resultado desse encontro. Para alguns estudiosos Paulo fora liberto e continuou a sua pregação, mas outros indicam segundos outros documentos datados do século III indicam que ele fora decapitado em Roma.

• ORAÇÂO •

• São Paulo, incansável Apóstolo dos gentios, em Éfeso destruístes livros que prejudicavam o povo. Olhai agora para todos nós. Estais vendo que uma imprensa escrita, falada e televisada vai arrancando a fé e minando os bons costumes do nosso povo.
• Santo Apóstolo, iluminai os jornalistas e escritores que trabalham na comunicação: que espalhem somente mensagens construtivas. Daí a todos coragem, para que evitem tudo quanto se opõe à libertação e promoção das pessoas, famílias, comunidades e nações.
• Alcançai-nos a graça de sermos cristãos ativos. Que aprendamos a discernir, com senso crítico, as mensagens que recebemos diariamente das leituras, do rádio, da televisão e do cinema, dos audiovisuais em geral. E possamos divulgar, de acordo com nossa capacidade e possibilidade, uma imprensa que orienta para Deus, promove o conhecimento da verdade e ajuda o bem estar temporal e eterno de todos.

Rezar uma Ave Maria e Três Pai Nosso.

Santo André

• Era discípulo de João Batista, mas quando conheceu Jesus decide abandonar João e segui-lo. Foi ele que presenciou o milagre dos pães trazendo o cesto para distribuição e alimentar o povo que seguia Jesus.
• Era uma época conturbada com a invasão romana à Palestina. André era discípulo de João Batista, como já foi descrito acima, quando passou a seguir Jesus. Tão logo se assumira como discípulo foi ao encontro de seu irmão Simão Pedro. Filho de Jonas, como o irmão era pescador. André nasceu em Betsaida, no norte da Galiléia, região onde Jesus passava, segundo Mateus, e acenou aos irmãos convidando-os a segui-lo.
• Os dois acompanham Jesus por toda sua passagem terrena sempre dedicados e crentes nas Palavras e ensinamentos do Filho de Deus.
• Evangelizou na Macedônia, Ásia Menor, Galícia, Danúbio, Acácia, na Grécia, Éfero e  Capadócia. Acredita-se que ele foi martirizado em Petras, crucificado em uma cruz na forma de um "X". Essa cruz passou a ser conhecida como "Cruz de Santo André". Alguns documentos existentes e originários do século I até o 3 apontam para algumas informações novas e que estão sendo analisadas por pesquisadores e historiadores, principalmente o documento "Atos de André", que provavelmente foi redigido no séc. III, provavelmente por volta de 260 d.C., época posterior a vida dos discípulos. Até o fechamento desse texto, não se sabe a identidade do autor e em que documentos ou depoimentos ele se baseou para chegar a aquelas informações, no entanto, muitas delas estão se confirmando.
• Alguns historiadores e pesquisadores, além da tradição dizem que esteve na Rússia.

Voltar para o conteúdo