Aba/Antropomo - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Glossário > Letra A

Abade

Total:
100

  1. • Abade: 1. Superior de um mosteiro ou comunidade de monges. 2. Título ou cargo de superiores de congregações religiosas monásticas masculinas.
  2. • Abadessa: 1. Superiora de um mosteiro ou comunidade de monjas ou freiras. 2. Título ou cargo de superiores de congregações religiosas monásticas fémininas.
  3. • Abadon: 1. Do Abhaddon. 2. Ruína; perdição; destruição. 2. Mundo dos mortos. 3. O termo aparece seis vezes no A.T. e uma no N.T. 4. Sepulcro; túmulo. 5. Raramente, mas ainda identificado com o mundo do príncipe do inferno. Vide: "Inferno"; "Sheol".
  4. • Abba: 1. Palavra e termo, de origem aramaica, que significava "Pai" ou "Papaizinho". 2. Esta era a maneira como Jesus se dirigia, quando falava com Deus (Mt 14,36). 3. Jesus sabia que era filho de Deus e como Filho se dirigia a Ele com carinho e amor.
  5. • Abençoado (a): Aquele ou aquela que recebeu uma benção. Vide Abençoar.
  6. • Abençoar: Ato de dar ou lançar a benção a uma pessoa, objeto, animal etc.. Benzer-se através do Sinal da Cruz. Ato realizado por um Padre, Bispo ou até mesmo o Papa pedindo a proteção dos fieis presentes ou não em um ato religioso.
  7. • Abismo: 1. Termo de origem hebraica "Trhóm". 2. Mundo dos mortos (N.T.). 3. Local de morada dos seres demoníacos, ou seja, o inferno. 4. Local de Castigo.
  8. • Ablução: 1. Banho ou lavagem para a limpeza física, moral ou espiritual. 2. No A.T. este "banho" era indicado para purificar o corpo de uma mulher logo após a menstruação, fluxos e parto. 3. Para todos aqueles ou aquelas que tivessem contato com mortos, enfermos, atos sexuais incorretos e impuros perante as Leis de Deus, como: infidelidade, homossexualismo, com criança, estupro etc. 4. O ponho poderia ser com água, água lustral (mistura de água e cinza), óleo, sangue de animais sacrificáveis... 5. Banho para exorcismo.
  9. • Abominação: 1. Termo aplicado a todo ato ou ação que provoque repugnância. 2. Atitudes imorais e antirreligiosas que causam escárnios ou escândalos. 3. Nome que identifica os cultos e ídolos pagãos. 4. Repúdio.
  10. • Abominação da Desolação: 1. Termo utilizado para identificar a profanação do templo de Jerusalém pelo então rei Antíoco Epífanes. 2. Em Dn 11,31 é possível encontrar este termo. 3. Por sua vez, em Mc13,14 e Mt 24,14 é encontrada uma expressão dita por Jesus quando profetizou a destruição de "Jerusalém" e do Templo.
  11. • Aborto: 1. Interrupção de uma gestação, por causas naturais ou provocadas pela ação do ser humano. 2. Destruição deliberada de uma vida intrauterina de um feto por meios cirúrgicos, medicamentos ou pelo rompimento da placenta com uma agulha de tricô, por exemplo. 3. Crime contra a vida e a humanidade. 4. Ato contra um indefeso. 5. No momento que o espermatozoide consegue penetrar no óvulo tem início a fecundação e consequentemente a vida, portanto o aborto é crime, pois estará destruindo a vida que acabou de ser gerada 6. A mulher que diz ser dona do seu corpo e acha que pode decidir pela interrupção da vida, está muito enganada! Ela não é dona daquela vida que está em seu útero. Ela, mulher, sede o corpo emprestado por Deus a ela para que aquela vida se desenvolva.
  12. • Absolver: 1. Perdoar. 2. Conceder perdão. 3. Inocentar. 4. Ato ou ação do religioso logo após na confissão.
  13. • Absolvição: 1. Ato ou ação de perdoar outrem. 2. Deus e Jesus com sua piedade perdoa. 3. Deus ou Jesus concede o perdão dos pecados, erros, faltas, culpas etc.
  14. • Absolvição Sacramental: 1. Ato ou ação do Sacerdote, Bispo ou Papa no final da confissão, sacramento da reconciliação ou penitência, em nome de Deus ou Jesus (que também é Deus, pois é filho Dele) e da Santa Igreja, vem conceder a absolvição.
  15. • Absolvido: 1. Agraciado com o perdão de Deus ou Jesus. 2. Aquele ou aquela que foi perdoado pelo sacerdote no final da confissão, penitência ou sacramento da reconciliação.
  16. • Abstinência: 1. Ato de abster-se por penitência do consumo de carne, ou ainda, outro alimento, de acordo com o Código de Direito Canônico, que tenha sido determinada pela Conferência Episcopal (ou dos Bispos)que determina o não consumo deste alimento toda sexta-feira do ano. 2. Também deve-se ocorrer na quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira da Paixão (cânon 1251).
  17. • A.c.: 1. Antes de Cristo. 2. Escreve-se desta maneira: a.C. 3. Tudo, fato ou acontecimento, que se ocorreu antes do nascimento de Jesus Cristo. 4. A data do nascimento de Jesus é tida como ano "0" (zero).
  18. • Ação de Graça: 1. Agradecimento a uma graça recebida. 2. Aquele ou aquela que recebeu uma graça ou bênção de Deus, Jesus, Nossa Senhora, Santos, Santas etc. 4. Reza em agradecimento. 5. Classe de oração que é proferida pelo fiel em agradecimento ou gratidão por graça, milagre, benefício concedido por Deus ou Jesus ou pela intercessão de Nossa senhora, São José, Santo Expedito, São Benedito, Santa Rita, Santa Cecília etc.
  19. • Ação Pastoral: 1. Trata-se de um grupo ou conjunto de atividades que fizeram, fazem ou farão parte de uma ou mais missões da Igreja. 2. É importante lembrar que todos os Cristãos Católicos não são apenas o rebanho de Deus e Jesus, mas também pastores, pois é função de todos divulgar as palavras de Deus e Jesus.
  20. • Acéter: 1. Trata-se de uma caldeirinha onde é armazenada água benta e que será aspergida sobre os fiéis durante uma bênção, missa, procissão, ou ainda, sobre o defunto em um velório. 2. O aparelho que fará a aspersão é o hissope ou aspersório.
  21. • Aclamação: 1. Ato jubiloso que é proclamado durante uma cerimônia religiosa. 2. São aclamações: amém, aleluia, graças a Deus, nós Te louvamos, louvemos ao Senhor, salve Rainha...
  22. • Acólito: 1. Ministro não ordenado, muitas vezes casado, que auxilia o Padre, Presbítero ou Diácono durante uma Missa e que poderá até mesmo distribuir a sagrada Hóstia durante a Comunhão. 2. Poderá também comungar aquele ou aquela que está com alguma enfermidade.
  23. • Acrópole: 1. Trata-se de um local elevado de uma cidade. 2. Termo grego oriundo da fusão entre as palavras acros = alto e polis = cidade. 3. Nestes locais geralmente eram construídos os templos e palácios na Grécia antiga.
  24. • Adelfinos: 1. Messalinos (vide). 2. Hereges surgidos como grupo ou comunidade no século IV, em Edessa, região próxima a Mesopotâmia.
  25. • Adivinhação: 1. Termo relacionado ao A.T. com o objetivo de determinar as vontades divinas. 2. Ato de adivinhar um sonho ou usando objetos, como: pedrinhas, palitos, galhos, conchas etc. Difere do termo profecia. Veja também: Oráculo; Sonho.
  26. • Administrador Apostólico: 1. Trata-se de um Prelado que administra uma igreja como um Bispo. 2. Título honorífico outorgado a Bispos, Abades, Provinciais etc. 3. Todo oficial da residência papal e que tem autorização para compor-se com hábito roxo.
  27. • Administrador Espiritual: 1. Bispo; Arcebispo.
  28. • Adoção: 1. No A.T. este termo está relacionado ao ato de assumir a criação de uma criança sem nenhum laço inicial familiar. Termo que mantém este significado até os nossos dias. 2. Teologicamente é o ato de aceitar a Deus, assumir a Deus...
  29. • Adocionismo: 1. Heresia que nega a cristologia trinitária surgida no século II. 2. Estes definem Jesus como um simples homem, até o Batismo, e filho de Deus por adoção após ele. Originado por Paulo Samosata. 3. Também como um ser divino inferior, definido inicialmente por Luciano de Antioquia. 4. O "Arianismo" surge baseado nessas heresias. Vide "Arianismo".
  30. • Adoração: 1. Palavra de origem do latim "Adoratio". 2. Ato de adorar. 3. Culto a uma divindade qualquer ou a Deus. 4. Por extensão, faz referência a um culto, reverência ou veneração. 5. Culto dirigido diretamente a Deus. 6. No judaísmo este termo é utilizado exclusivamente a Deus. Estes não permitem seu uso a não ser para cultuar a Deus. 7. Toda obra artística que representa a veneração dos Santos Reis Magos ao Menino Jesus. 8. O culto a uma imagem por seitas ou religiões pagãs. 9. A adoração a imagens na Igreja Católica Romana, ao contrário do que afirmam algumas seitas ou igrejas não católicas, é proibida, pois esta é uma obra material e não espiritual, ou seja, não faz parte do mundo de Deus. 10. A Santa Igreja Católica Apostólica Romana fez e faz uso das imagens (esculturas, pinturas, desenhos...) para permitir uma maior evangelização durante seus primórdios, pois a população em sua maioria era analfabeta. Esta foi uma maneira inteligente para a divulgação das palavras de Deus Pai, no Antigo Testamento e e de Jesus, no Novo Testamento. 11. Deus e Jesus são adorados, pois são divindades. 12. Adoração de Jesus após a ressurreição (Mt 28,17; Lc 24,52).

  1. • Adorar: 1. Ato de render culto a uma divindade pagã ou a Deus. 2. Reverenciar, cultuar ou venerar. 3. Idolatrar (vide).
  2. • Adultério: 1. Ato ilegítimo de relacionamento sexual entre uma pessoa casada segundo os Mandamentos de Deus e outra que seja ou não casada. 2. No A.T. e mesmo na época de Jesus era considerado um crime gravíssimo e resultava em condenação à morte por apedrejamento. Esta era considerada a mais indigna forma de morrer. 3. Ato ou atitude que desrespeita às Leis de Deus e à palavra dada e assumida em um altar perante a Deus, no momento da cerimônia do Sagrado Sacramento, o casamento. 4. Infidelidade de uma pessoa casada, na presença de Deus. 5. Homem ou mulher solteiro(a) ou viúvo(a) que tem relacionamento sexual com outrem casado. 6. Pessoa que por falta de honra, falta de respeito ao parceiro ou parceira, à palavra dada a Deus, comete um pecado mortal de traição. 7. Jesus nos mostra que aquele que ou aquela que pecou contra o Sacramento Matrimônio poderá ser perdoado desde que assuma não mais cometer este pecado, haja arrependimento e o compromisso com a fidelidade até a morte. 8. Mais raramente está associado à infidelidade do ser humano a Deus Pai e a Deus Filho.
  3. • Adultero: 1. Aquele ou aquela que comete adultérios, desrespeita as Leis de Deus do Sagrado Sacramento que é o casamento (matrimônio). 2. Pessoa em pecado perante as Leis de Deus.
  4. • Advento: 1. Trata-se do período que se inicia o Ano Litúrgico da Igreja. 2. Corresponde ao período de quatro semanas, mais precisamente os quatro domingos, que antecedem o Natal.
  5. • Afinidade: 1. Trata-se da relação familiar por ligação matrimonial de um parente, consanguíneo, com um ou uma pessoa não consanguínea. 2. Exemplo: cunhados, sogros, genro ou nora etc.
  6. • Ágape: 1. Feste realizada nos primórdios do cristianismo, com o objetivo de caridade, no qual aconteciam a celebração do Rito Eucarístico. 2. Designação da Eucaristia na antiguidade. 3. Ato de dar esmola entre os cristãos primitivos.
  7. • Agente Pastoral: 1. Membro direto ou indireto da Igreja que sob sua responsabilidade determinadas funções com o objetivo de valorizar a Deus Pai e Deus Filho e seu Reino no Céu.
  8. • Aggiornamento: 1. Termo empregado pelo Papa João XXIII, durante o Concílio Vaticano II, que identifica a vontade da Santa Igreja de se atualizar perante a seus fiéis e uma nova forma de se apresentar os princípios católicos no mundo moderno, mas sem se esquecer dos seus princípios, origens, tradições etc. 2. Vide "Concílio Vaticano II".
  9. • Agnosticismo: 1. Atitude ou doutrina que considera inaceitável ou incognoscível que o ser humano tenha compreensão das questões apresentadas pela metafísica e pela Santa Igreja sobre a existência de Deus e a outra vida no Reino de Deus.
  10. • Agnóstico: 1. Relativo ou referente ao agnosticismo. 2. Aquele ou aquela que aceita como válida ou é representante do agnosticismo. 3. Sectário deste.
  11. • Agostinianismo: 1. Relativo ou referente Santo Agostinho (África, 354-430). 2. Relativo ou referente à Ordem Criada por Santo Agostinho.
  12. • Agostiniano(a): 1. Seguidor ou seguidora, religioso(a) ou leigo(a), da Ordem fundada por Santo Agostinho.
  13. • Agostinismo: 1. Doutrina teológica e filosófica fundada por Santo Agostinho, apologista da Igreja.
  14. • Agostinista: 1. Relativo ao agostinismo ou agostinianismo. 2. Seguidor ou seguidora, religioso(a) ou leigo(a), da Ordem fundada por São Agostinho. 3. Estudioso da vida e Ordem de Santo Agostinho.
  15. • Agraciado (a): 1. Aquele ou aquela que recebeu uma Graça Celestial de Deus Pai e ou Deus Filho..
  16. • Agraciar: 1. Aquele ou aquela que intercede junto a Deus Pai e Deus Filho para que outrem receba uma Graça. 2. Benção dada por um(a) religioso(a) e que resulta em uma Graça. 3. Benção dada por um leigo quando de uma tragédia, e que não tem um religioso(a) nas proximidades, a um ser humano em situação crítica ou com risco de morte.
  17. • Ágrafo(a): 1. O que não foi escrito. 2. Palavra de origem grega. 3. Textos apócrifos do Novo Testamento.
  18. • Água: 1. Elemento natural e que faz parte do processo de origem e manutenção da vida. 2. Elemento natural usado em "Ablução", aparece no A.T. 3. Vida; elemento da vida e vital. 4. Instrumento de castigo no A. T., ou seja, o dilúvio. 5. Um dos componentes do Batismo que simboliza a purificação e a liberação dos pecados originais. 6. Salvação. 7. Benção divina, do Espírito Santo e de Jesus Cristo. 8. Usada também para limpar e purificar as mãos do sacerdote. 9. Adicionada ao vinho durante a Missa para simbolizar a união entre Deus e o ser humano. 9. Por fim, é utilizada para purificar o cálice e a âmbula, também durante a Missa e antes do Sacramento da Comunhão.
  19. • Água Benta: 1. Água que foi benzida. 2. Água que é utilizada no Sagrado Sacramento do Batismo. 3. Água abençoada que é espargida sobre os fiéis durante o ato de bênção em uma cerimônia. 4. Água que foi glorificada pela bênção de Deus Pai e Deus Filho para um processo de exorcismo, purificação de corpos, libertação etc. Vide "Água Sagrada".
  20. • Água Sagrada: 1. Água que foi benzida. 2. Água purificada pelo Dom de Deus Pai e Deus Filho. Vide "Água Benta".
  21. • Águia: 1. Este termo aparece na História da Igreja antiga como símbolo celeste, por sua capacidade de voo, visão e domínio do espaço.
  22. • Alá: 1. Designação constante do Corão para identificar Deus e também usada pelos muçulmanos.
  23. • Alba: 1. O mesmo que "Alva". Designação antiga dada à bata litúrgica.
  24. • Albigense: 1. Hereges adeptos do albigensianismo.
  25. • Albigensianismo: 1. Seita dos cátaros, cristã, originária do sul da França (séc. XII até XIII). 2. Estes professavam a dualidade maniqueísta. 3. Doutrina maniqueísta.
  26. • Alcorão: 1. Livro sagrado dos muçulmanos. 2. Escrito por Maomé. 3. Corão.
  27. • Aleluia: 1. Aleluia significa "Louvem a Javé". Exclamação canônica de alegria, louvor, e enaltecimento durante um culto. Aparecia muito no A.T., nos Salmos.
  28. • Além: 1. Na Bíblia aparece com o significado de outro mundo, o mundo onde vivem os espíritos. 2. também além-mundo.
  29. • Além-Mundo: 1. Espaço onde iremos após a morte. 2. A vida após a morte. 3. A eternidade.
  30. • Aliança: 1. Termo referente ao relacionamento entre Deus e o ser humano ou entre o ser humano e Deus. No A.T. é associado à aceitação das Leis de Deus, nesse caso a antiga Aliança. 2. A nova Aliança é apresentada com a morte de Jesus Cristo (cumpriu-se a Aliança) e também referente à aceitação do Espírito Santo e seus Dons. A aliança também acontece: na Promessa, Comunhão, Batismo, Casamento, Crisma, reconciliação, todas com o Reino de Deus. 3. Pacto de amizade. 4. Pacto, contrato, acordo formal e união. 5. Relação especial entre Deus e seu povo.
  31. • Aliança Nova - Vide "Nova Aliança".

  1. • Alma: 1. Âmago do ser vivo. 2. "Energia" espiritual. 3. Espírito. 4. Eu verdadeiro. 5. Vida. 6. Força espiritual vital dada apenas aos seres humanos. 7. Parte espiritual do ser humano. 8. Parte do ser humano que tem a função de animar o corpo. 9. Parte do corpo que não se repete em outros seres humanos, individual.
  2. • Almúcia: 1. O mesmo que "Almuz". 2. Capa ou murça contendo um capuz que foi muito utilizada pelos cônegos, hoje em desuso. Geralmente era utilizada sobre a sobrepeliz.
  3. • Altar: 1. Local elevado (Altus). 2. A definição hebraica reporta para um local de sacrifício. 3. Local onde Deus está presente. 4. Local onde Deus se apresenta perante ao ser humano. Ver também: "Altar-mor" e "Sacrifício". 5. Ara ou pedra destinada ao sacrifício. 6. Mesa onde ocorreu e ocorre o sacrifício da Eucaristia. 7. Tradicionalmente é colocado, em muitas igrejas, as relíquias de mártires e santos(as). 8. Sobre o altar são colocados apenas os objetos e decoração com significado litúrgico, como o cálice, âmbula, pão (hóstia), vinho, trigo, vela(s), crucifixo, uva etc.
  4. • Alva: 1. Branca. 2. Vestimenta litúrgica, em forma de túnica, branca, usada por Padres, Bispos, Diáconos, Papa, ministros etc., durante a Missa ou outro evento religioso. 3. Simboliza a pureza, a limpeza, ausência de pecado, a ressurreição etc. 4. Vestes sagradas.
  5. • Amaldiçoado: 1. O demônio (vide). 2. Aquele que foi objeto de maldição. 3.  Aquele ou aquela que foi castigado(a).
  6. • Ambão: 1. Trata-se de um local elevado de onde são feitas as leituras e o Salmo Responsorial. 2. Pedestal em local de destaque e boa visualização e audição para o mesmo fim.
  7. • Âmbula: 1. Trata-se de um pequeno vaso sagrado onde são guardadas as hóstias, muito semelhante ao cálice, com uma tampa feita do mesmo material. Antes e após a Missa permanece guardada no Sacrário. 2. Recipiente  para guardar óleo sagrado ou óleo santo. 3. O mesmo que "Cibório" e "Píxide".
  8. • Amém: 1. Sim. 2. Aceitação e confirmação. 3. Assim seja. 4. Maneira de agradecer a Deus. 5. Momento em que se assume um compromisso com Deus. 6. Reverenciar, rever-se. 7. Termo utilizado no final de um sacramento, oração ou reza para confirmar a Fé. 8. Em verdade. 9. Assim seja ou assim é. 10. Expressa adesão. 11. Confirmar o acordo. 12. Ratificar e reafirmar o acordo com Deus. 13. Portanto: é verdade.
  9. • Amito: 1. Vestimenta litúrgica que é constituída de uma espécie de lenço e que é geralmente utilizada sob a Alva usada opcionalmente pelo Presbítero.
  10. • Amizade: 1. Relação de compartilhamento entre dois seres humanos onde existe respeito, solidariedade e amor. 2. Tudo sem interesses pessoais ou materiais. 3. Relação de Jesus com seus discípulos.
  11. • Amor: 1. Relação e relacionamento entre Cristãos e com os não Cristãos. Jesus Cristo usou a palavra amor em vários momentos, como é descrito na Bíblia, nos momentos de elevação a Deus. 2. O amor é: a convivência saudável, a compaixão, a amizade, o respeito, a irmandade, o ato de aceitar a Deus Pai, Deus Filho, a Santa Mãe Maria, os Santos e Santas... 3. A terceira das Virtudes Teologais, que também é identificada com a "Caridade". Por meio dela (a Caridade ou o Amor) é que "amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos" e respeitamos todos os ensinamentos nos revelados por Jesus Cristo enquanto homem ou aqueles após a Sua Paixão.
  12. • Amoral: 1. Aquele ou aquela que não respeitam os bons costumes e os preceitos morais. 2. Nem imoral, nem moral, mas sim neutro. 3. Aquele ou aquela que é indiferente à moral.
  13. • Amoralismo: 1. Falta ou ausência de moralismo. 2. Estado do ser humano amoral.
  14. • Amuleto: 1. Objeto em que se acredita possuir poderes ou efeitos sobrenaturais, oriundos da superstição popular. 2. Objeto utilizado por seitas e grupos que aderem ao misticismo. 3. Objeto que trará sorte ou azar. 4. O crucifixo não é um amuleto, mas sim um símbolo da Fé, não é adorado, pois se adora a Deus Pai e a Deus Filho.
  15. • Almuz: 1. O mesmo que "Almúcia".
  16. • Ana: 1. Cheia de Graça; Abençoada por Deus. 2. Mãe de Maria. 3. Santa casada com São Joaquim. 4. As informações sobre esta Santa estão descritas nas Tradições Católicas e em textos apócrifos.
  17. • Anacoluto: 1. Frase quebrada, sem concordância, incompleta ou sem antecedente. 2. Uma característica presente nos textos escritos por São Paulo. Este erro ocorria pela pressa da escrita e a sua rapidez no pensar e construir ideias não acompanhados pela mão. 3. No entanto não há impedimento nem produz erro na interpretação de seus textos.
  18. • Anafora: 1. Oração ou elemento litúrgico cujo a sequência  não está desassociada de um termo anterior, mas sim o repete. 2. Oração Eucarística.
  19. • Analogia: 1. Semelhança entre entre coisas e palavras distintas, mas que há uma certa relação quanto ao sentido ou significado..
  20. • Anamnese: 1. Parte da Oração Eucarística. 2. Vide: "Missa".
  21. • Anátema: 1. Trata-se da expulsão do seio da Igreja. 2. Homem ou mulher que foi excomungado. 3. Amaldiçoado. 4. Maldição; execração. 5. Maldito; amaldiçoado; condenado.
  22. • Ancião: 1. Pessoa idosa e que é muito respeitada por sua vivências, experiências e conhecimentos (sabedoria). 2. Aquele ou aquela que pelo tempo de vida pode fazer ligação entre o presente e o passado. 3. Religiosos (idosos) e experientes que ocupavam um lugar especial na mesa de refeição, nos cultos, reuniões e assembléias. 4. A palavra destes anciões eram muito respeitadas, pois eram carregadas de sabedoria. 5. No A.T. os anciões são descritos como membros dos conselhos e tinham o poder de decidir, julgar, agir como pai que cuida de um filho, mestre, conselheiro etc. 6. Aquele que tem a sabedoria suficiente para dar testemunho. 7. O mesmo acontece, nas descrições do N.T., quando adotavam esta mesma extrutura.
  23. • Animal: 1. É descrito no A.T. a definição de animais puros, aqueles que poderiam ser sacrificados, e os impuros. 2. Referência ao demônio. 3. Ser maligno. Vide "Animalesco", "Demônio" e "Monstro".
  24. • Animalesco: 1. Bruto; estúpido. 2. Aquele ou aquela que tem atitude demoníaca.
  25. • Anglicanismo: 1. Referente a Igreja Anglicana e o protestantismo.
  26. • Anjo: 1. No Catolicismo, Judaísmo e no Islamismo é identificado com um ser espiritual que tem a função de servir a Deus. 2. Mensageiro de Deus. 3. Protetor do ser humano. 4. Ser ou criatura de natureza celestial e espiritual.
  27. • Anjo da guarda: 1. Anjo designado por deus para proteger sua Criação, o ser humano. 2. Protetor ou guarda do ser humano. 3. Vide "Anjo".
  28. • Anjo do Mal: 1. Diabo. 2. Capeta. 3. Imundo. 4. Amaldiçoado. 5. Gênio do mal. Belzebu. 6. Demônio. 7. Espírito maligno. 8. Satanás. 9. Anjo que se rebelou contra Deus, seu criador.
  29. • Ano Litúrgico: 1. Refere-se a organização que a Igreja Católica fez, durante o Vaticano II, com o objetivo de celebrar e revelar os mistérios de Jesus cristo. 2. Esta está dividida da seguinte forma: a. Advento - corresponde às quatro semanas que antecedem o Natal, ou seja, vinte e cinco de dezembro. b. Natal e epifania - iniciada no dia vinte e quatro de dezembro seguindo até a semana da Festa da Epifania. c. Quaresma - são os quarenta dias que precedem a Páscoa. d. Tempo da Páscoa - Tem início no domingo de Páscoa até Pentecostes. e. Tríduo Pascal - Tem início com uma Missa vespertina, na Quinta-feira  Santa, continuando na Sexta-feira Santa, com a celebração da morte de Jesus na cruz e, por fim, termina com a Vigília Pascal. f. Tempo Comum - Tem início na primeira Segunda-feira depois de Pentecostes, terminando no início do Advento, período que compreende entre trinta e três ou trinta e quatro dias..
  30. • Ano Jubilar: 1. Ano Santo. 2. Comemorado a cada 25 anos.
  31. • Ano Sabático: 1. Evento, que aparece no Antigo Testamento, que ocorria no último ano de um período de sete anos. 2. Nesse último ano era dada a liberdade aos escravos, não cultivavam os campos, as dívidas era perdoadas e a produção espontânea do campo eram doadas aos pobres (Êx 21, 2-6; 23, 10-13), por exemplo.
  32. • Ano Santo: 1. O mesmo que Ano Jubilar.
  33. • Anomia: 1. Sem lei. 2. Falta ou carência de lei. 3. Desobediência à Lei de Deus. 4. Anarquia e desorganização quanto a moral.
  34. • Antes de Cristo - Vide "A.C."
  35. • Anticlerical: 1. O que faz oposição ao Clero. 2. Aquele ou aquela que é contrário e por isso faz oposição aos representantes da Igreja e de Deus. 3. Pessoa que se opõe à religião. 4. Oposto ao "Clericalismo".
  36. • Anticlericalismo - Vide "Anticlerical".
  37. • Anticristo: 1. Qualidade daquele ou daquela que renega a Fé Cristã. 2. Aquele ou aquela que não reconhece a existência de Jesus Cristo. 3. Todo ser humano que ataca ou denigre a imagem de Jesus Cristo. 4. Quem faz oposição a Jesus Cristo. 5. Termo que surge durante a pregação dos Apóstolos pelo mundo após a crucificação de Jesus e consta do N.T.  6. Por extensão: o chefe ou líder maior que é inimigo de Jesus Cristo. 7. Refere-se a um personagem misterioso que se opõe a Jesus Cristo. 8. Vide: "Abadon", "Demônio" e "Monstros".
  38. • Antigo Testamento (A.T.): 1. Denominação dada aos Livros e Textos da Bíblia primeira. 2. Todos Escritos Bíblicos e que constam dela anteriores ao nascimento de Jesus Cristo. 3. Esta é composta por 46 (quarenta e seis) Livros. Vide: "Bíblia", "Escrituras", "Escrituras Sagradas", "Novo Testamento", "Textos Sagrados".
  39. • Antipapa: 1. Aquele que se elege Papa em oposição a um eleito legitimamente. 2. Do início da Igreja até os nossos dias já ocorreram aproximadamente trinta incidentes, sendo o mais recente ocorrido durante o século XV.
  40. • Antissemita: 1. Aquele ou aquela que é contrário ao povo judeu e que poderá até promover perseguição, atentado ou outra ação violenta para erradicar os judeus do mundo..
  41. • Antissemitismo: 1. Movimento que é contrário ao povo judeu e que pode chegar até a perseguição, resultar em agressão e até atentados aos seres humanos deste povo. 2. Grupo, movimento e até nação que é contra o estado e o povo judeu (israelense)..
  42. • Antropocentrismo: 1. Forma de pensamento, sistema ou filosofia que tem o homem como centro da visão, a medida do Universo ou a finalidade última do mundo..
  43. • Antropologia: 1. Ciência ou sistema que estuda o ser humano em seus diversos aspectos. 2. Ciências humanas.
  44. • Antropomorfismo: 1. Relação de semelhança entre Deus e o ser humano, conforme a criação, de acordo com a imagem, formas, gestos, atos. 2. Atribuição de semelhança entre os sentimentos humanos aos das divindades ou Deuses.

Voltar para o conteúdo